1. Spirit Fanfics >
  2. Tão quente! Jikook (18 anos) >
  3. Simplesmente acabou? Tudo?

História Tão quente! Jikook (18 anos) - Capítulo 29


Escrita por:


Capítulo 29 - Simplesmente acabou? Tudo?


O beijo começou calmo como qualquer um outro e foi mudando gradativamente, virando um mais necessitado, as línguas de enrrolavam uma na outra formando um ósculo gostoso.

Os arfares de Jimin viravam cada vez mais fáceis de serem ouvidos, Jungkook apertava a cintura fina do mesmo o fazendo ir de encontro com a cama, onde fez o mesmo se deitar ficando por cima.

Jimin abriu as suas pernas as envolvendo em volta da cintura de Jungkook, fazendo os corpos terem um contato mais próximo, mas não o sulfissiente para ambos.

Quando a falta de ar se fez presente, Jeon não enrrolou ao levar os lábios finos até o pescoço branquinho de Park, começando a marcar a pele com chupões, as vezes deixando pequenas mordidas ou beijos molhados. Jimin só soube virar o rosto para o lado deixando o pescoço mais exposto para Jungkook.

Jimin não soube como conseguiu, mas em um movimento rápido jogou Jungkook para o lado  fazendo desta vez Jeon estar por baixo. Sentou em cima da eração que começava a se formar e ficar a mostra naquela calça social apertada.

Não tardou a voltar a beijar o mesmo, desta vez ficando no controle, enquanto o ósculo era feito de um jeito selvagem, Jimin levava sua mão até a cinta de Jeon, a tirando do corpo do mesmo e a jogando em qualquer lugar, onde logo todas as peças de roupas também estariam.

Tirou o blazer que Jungkook usava, parando o beijo  para conseguirem o ar que faltava nos pulmões. Estavam cada vez mais quente, e aquilo era a melhor sensação para ambos.

Enquanto desabotava a camisa de botões de Jungkook podia ver um pouco do sorriso safado nos lábios finos do maior que estava a baixo de si.

-Desta vez vai ficar no controle senhor Park? -Jungkook perguntou com aquela voz que tanto tirava Jimin de órbita-

-Eu sempre fico... -Jimin sorriu soprado terminando de dasabotoar-

Jungkook se levanto um pouco para assim tirar de vez aquela peça, mas logo se deitou novamente ao sentir Jimin depositar as mãos em seu abdômen definido.

Jimin se apoiou apenas nos joelhos deixando sua bunda empinada para trás enquanto levava os lábios gordinhos até um dos mamilos de Jeon, qual ele lambeu os vendo ficar durinhos, mordeu de leve e deu um chupão, foi para o outro e repetiu o mesmo ato vendo JungKook extremesser.

Jimin tirou sua camisa de botões e a jogou no canto do quarto desabotoando desta vez sua calça e a tirando, ficando apenas de boxe. Tirou a calça de Jungkook logo depois, deixando os dois no mesmo estado. 

Aprk como um bom provocador, fez questão de sentar em cima do sexo ainda vestido de Jungkook, começando a rebolar um pouco vendo o mais alto em baixo de si soltar suspiros e levar as mãos até a sua cintura, apertando a carne logo descendo para bunda cheinha de Park.

Colocou a mão dentro da cueca de Jimin, tocando de vez na pele branquinha e a apertando, sabia que ficaria vermelha, e só de imaginar sorria safado, e ele sorriu, e caldo não passou despercebido por Jimin, que apenas aumentou a velocidade das reboladas sentindo o sexo abaixo de si ficar cada vez mais ereto.

-Deixa de bruços pra mim amor... -Jungkook falou ainda ofegante enquanto ameaçava colocar seu dedo na estradinha de Park, oque fez o baixinho extremecer-

Jimin saiu de cima de Jungkook se deitando de bruços na cama como o mesmo tinha pedido, empinou sua bunda farta para o mesmo e Jungkook em um ato repentino levou seus lábios finos até a entradinha de Jimin, chupando alí.

Ouviram um barulho, um barulho realmente alto e se assustaram ao olhar para o lado se deparar com Sohui, os cabelos bagunçados e a maquiagem borrada podia demonstrar que ela estava com raiva e talvez tivesse acabado de sair de uma briga ou algo do tipo.

Maldita hora que não trancaram a porra da porta de novo!!

Jungkook em um ato rápido pegou o edredom e cobriu ele e Jimin -que se encontrava tampando suas partes íntimas com o travesseiro sentado na cama-.

-Oque pensa que está fazendo, Sohui? -Jungkook perguntou estressado-

-Oque vocês penssam que estão fazendo... -a mulher sorriu vitoriosa- Querido, agora Jeon JungKook é meu! -Olharam de relance na porta e lá puderam ver um homen elegante um tanto assustado, era o próprio pai de Sohui- Meu pai é a prova disso!

Viram o homen negar com a cabeça, o homen não parecia estar bem, e Sohui completamente alterada!

-Park Wooseok e Jeon Ji Won acabaram de ter uma briga feia e adivinha... Terminaram! -a mulher gargalhou- acabou o contrato da família Park com a Família Jeon. Agora é Jeon com Kim!! E vocês não podem mudar isso nem se quisessem!!

-SAI DAQUI SOHUI! NÃO VE QUE OQUE ESTÁ FAZENDO É ALGO COMPLETAMENTE SEM NOÇÃO?

E com as falas de Jungkook, Sohui gargalhou cada vez mais. O casamento de vocês está completamente arruinado.

Viram o pai e mãe de Jungkook entrarem com olhares tristes, Jungkook entendeu oque era aquilo. Sohui saiu do quarto.

-Acabou filho, não tem jeito, se não aceitarmos será algo que teremos que pagar muito mais do que temos, e olha que temos muito!

Todos saíram do quarto. Jeon encarou Jimin que estava apenas olhando para baixo pensativo, parecia estar pensando longe.

-Então é assim? Simplesmente acabou? Tudo?

Os olhos de Park já estavam mostrando o quão triste estava, mas não daquela vez, não era daquela vez que iria chorar perto de Jungkook.

Iria chorar outra-hora, quando estivesse sozinho no quarto de hóspedes na casa de sua mãe. Sozinho como sempre preferiu ficar, mas naquele momento ele só não queria ficar sem Jungkook. Igual Jungkook não queria ficar sem ele.

Não queria tanto que permitiu chorar na frente de Jimin, fazendo Jimin fracassar, e acabar chorando contra gosto.

Não queriam mas foram obrigados a separar os corações e se vestirem. Ficando quietos o resto do tempo, como se se eles falassem alguma coisa, tudo iria piorar.

Saíram da casa e foi cada um para o seu canto, sem ao menos um abraço de despedida.


Notas Finais




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...