História Taro - Uma fanfic Reylo - Capítulo 21


Escrita por:

Postado
Categorias Star Wars
Personagens Kylo Ren, Rey
Tags Episode Ix, Reylo, Star Wars, Stormpilot
Visualizações 59
Palavras 587
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Ficção, Romance e Novela
Avisos: Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Essa fanfic foi escrita com base em todos os filmes da saga Star Wars. Sua linha histórica se passa depois dos acontecimentos do episódio VIII - Os últimos Jedis, e usa como base as histórias das músicas da banda Alt-J (o link de todas as músicas são postadas nas notas finais por questões de regras do site). Os capítulos são postados de acordo com o tamanho do conteúdo e disponibilidade do autor. Boa leitura!

P.S.: Estou postando os capítulos o mais rápido possível por conta do tamanho deles, mas ao longo da fic vou determinando melhor as datas de postagem. Próximo capítulo sai amanhã. :-)

P.S. 2: Irei parar de postar os gifs porque estou montando sequências de aesthetics para cada capítulo (quero montar boa parte antes de postar, espero que vocês gostem.

Capítulo 21 - XX - Dancing in the Moonlight


Well it's three o'clock in the morning

and I'm on the streets again

disobeyed another warning

Say's I'm living in a trance

ALT-J - DANCING IN THE MOONLIGHT (THIN LIZZY COVER)

Pela primeira vez havia acordado no escuro. Todo o tempo de sua vida lembrava-se de ter acordado no AT-AT permitindo raios de luz ultrapassar os buracos enferrujados. Em Ahch-To, esses raios invadiam os espaços entre as pedras e as pequenas janelas de madeiras de onde havia se instalado. No espaço não havia exposição brusca ao sol, mas as luzes do centro médico eram raramente desligadas e as de seu quarto, não sabia desligar as que havia sobrado. Todavia os aposentos de Kylo Ren eram absurdamente escuros. A enorme vidraça que ilustrava o espaço em grande escala havia sido revestida com um adesivo escuro interativo e não haviam luzes em foco no seu quarto. Quando acesa, era uma luz ambiente que Rey até teria facilidade em dormir também. Porém já não era na luz que Rey pensava.

Havia acordado sozinha. Pela primeira vez também havia dormido tão bem que esqueceu de se questionar o que estava fazendo ali. Lembrou-se então do momento de fraqueza de Ben e da morte de Leia. Não sabia responder se estava triste por conta de Ben ou porque realmente sentia falta da general, mas aquilo lhe transbordou uma melancolia que a deixou assustada por ter acordado sem Kylo Ren do seu lado.

Ela arrastou os pés para fora da cama e procurou o líder pelo gigante quarto, afastando a ideia de o encontrar em algum momento de intimidade ou até mesmo nu, mas não havia o visto por nenhum lugar ali. Calçou suas botas em tom de angústia e preferiu procurá-lo pela nave.

Não queria ter de compartilhar daquele sentimento horrível porque não havia feito nada com Ben. Havia dormido com ele e só isso, só havia o abraçado para consolá-lo e os dois caíram em um alucinante sono, seria tão desconcertante um momento de pura inocência? Mas ela sabia que não era só isso. Se fosse só isso ele teria ficado na cama, os dois teriam acordados e ele iria agradecê-la por ter ficado. Não sabia se ele havia ido embora antes dela acordar por temer o desenvolvimento daquilo que estavam começando a consolidar, mas compartilhava o mesmo medo. Só havia ficado triste porque queria continuar, e ele havia quebrado mais uma vez essa chance.

Havia passado por inúmeros locais enquanto tentava localizar o rosto que procurava, mas não via vestígios nem pistas para ajudá-la a encontrá-lo. O que lhe restou foi pedir ajuda, e não hesitou ao encontrar um projeto de stormtrooper parado em frente a porta de acesso aos pisos superiores do destroyer.

— Com licença... Você pode me informar onde está Kylo Ren?

— Está trabalhando. — Ele respondeu sem esperar que ela desenvolvesse a pergunta.

— Sim... Mas... Você pode me dizer onde consigo encontrá-lo?

— Está trabalhando. E não deu permissão pra lhe fornecer informações.

Ela então confirmou o que já tinha certeza. Ele estava a evitando. Poderia tentar persuadir o storm a lhe contar, mas aquele era um desejo de Ben. Ele não queria encontrá-la.

Rey se direcionou ao seu quarto magoada, triste pela morte de Leia, desolada pelo afastamento de Ben e cansada da jornada que havia feito até ali. Decidiu que iria projetar algo que lhe fizesse acabar com aquilo, algo que a permitisse ir embora de uma vez já que havia se cansado daquele jogo. Ben a fazia jogar um jogo no qual não queria mais jogar.


Notas Finais


Música: https://goo.gl/b4Cw6x
Twitter: @joleabotene

Galera, eu gostaria muuuito que vocês opinassem sobre a sequência da narrativa. Então dêem suas sugestões e críticas, elas me ajudam muito a saber como está sendo o desenvolvimento que eu criei e como posso alterna-lo para agradar vocês! :-) <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...