História Tattoo G!P - Capítulo 19


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fifth Harmony
Tags Camren, Camren G!p
Visualizações 3.069
Palavras 1.713
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Romance e Novela
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 19 - Sweater Weater


"Boa tarde." Bocejei me sentando no sofá onde estava Dinah e Camila assistindo desenhos, eu não entendo a mentalidade dessas duas. 

"Acordou tarde, Lo." Camila me olhou preocupada e eu sorri carinhosa, ela era sempre preocupada comigo.

"Eu estava tão cansada." Me apoiei em seu ombro e ouvi sua risadinha, nós havíamos transado por horas, lembro que só dormimos quando as luzes do sol invadiam o quarto e mal conseguíamos abrir os olhos, mas valeu a pena.

"Quer que eu te prepare algo para comer? Já são cinco da tarde não acho que você vá conseguir almoçar." Ela me abraçou de lado.

"Cinco?" Arregalei os olhos, eu pensei que no máximo era duas da tarde.

"Você praticamente entrou em coma." Dinah riu.

"Por que não me acordaram?" Suspirei.

"Você estava cansada, eu fiquei com dó." Camila fez bico e eu sorri dando um selinho em seus lábios.

"Vamos lá na cozinha, eu vou comer algo." Me levantei e puxei Camila pelo braço.

"Hey, nós combinamos de dar uma volta hoje a noite ok?" Dinah avisou e eu concordei com a cabeça. 

-*- 

 Borrifei um pouco de perfume no meu pescoço e pulsos e guardei-o de volta na mala, voltei para frente do espelho e virei de lado vendo todo meu corpo, eu estava vestindo um moletom grande, eu estava ultimamente gostando muito de vestir apenas moletom e bota, o moletom era verde e eu vestia uma bota preta que ia até meus joelhos, eu era apaixonada por essas botas novas, já tinha comprado várias delas. 

 Joguei o cabelo para o lado, dei meia volta para ir até o banheiro passar o batom mas parei assim que vi Camila parada na porta do banheiro com a boca aberta, segurei o riso e esperei ela voltar a focar no meu rosto, porque acho que ela não tinha percebido nada além das minhas coxas. 

"Porra." Ela resmungou finalmente saindo do transe e eu ri, fui até ela e passei meus braços ao redor do seu pescoço. 

"Estou gostosa?" Ergui a sobrancelha sorrindo maliciosa.

"Gostosa é pouco." Ela me puxou pela bunda e eu sorri soltando um suspiro, eu amava sua pegada. "Será que não dá tempo de uma rapidinha não?" Ela choramingou acariciando minhas coxas.

"Não." Ri dando-lhe um selinho. Ela emburrou e eu sorri. "Mas dá tempo de você me chupar, topa?" Sussurrei em seu ouvido, vi seus pelos se arrepiarem e ela gemeu apertando minhas coxas.

"Abre as pernas."

-*- 

 Saímos um pouco atrasadas e levamos bronca de todos, não tenho culpa se Camila me chupou tão gostoso que tivemos que dar uma rapidinha ou eu ia subir pelas paredes, Camila teve que trocar de roupa, se antes ela estava gostosa agora eu só queria arrancar aquelas roupas e foder com ela novamente, porra Camila era tão gostosa. Ela estava vestindo uma calça preta de couro que eu daria tudo na vida para ver aquele volume nela, mas ela estava usando a cueca de compressão, infelizmente. Ela usava uma blusa também preta toda 'furada' fazendo seu sutiã aparecer, seus cabelos estavam soltos e bagunçados, pelas minhas mãos. 

 Como fizemos na viagem, nós dividimos nos carros e então fomos para essa tal pub que a Dinah escolheu, ela quis ir só por ser noite do karaokê e ela querer cantar Beyoncé com a Normani, mereço? Mas pelo menos ela disse que lá a comida era ótima, pelo menos isso. Nós chegamos cerca de meia hora depois, descemos todos juntos e percebemos que o local era bem grande, tinha a área aberta e a fechada, as duas áreas dava para ter acesso ao pequeno palco onde já tinha duas mulheres bêbadas cantando alguma música em outra língua, nós entramos e pedimos uma mesa para todos e fomos guiadas até uma mesa grande disponível, perto do bar e do palco. Sentei ao lado de Camila e peguei o cardápio para dar uma olhada.

"E então, quem vai cantar hoje?" Dinah perguntou animada olhando para o palco, agora vazio.

"Eu vou." Normani sorriu e as duas bateram high five.

"Eu também vou, só preciso me embebedar." Vero disse rindo.

"Eu quero ir também." Camila sorriu e eu olhei-a surpresa, ela me olhou e piscou.

"Vamos lá colocar os nomes." Dinah se levantou e as quatro foram até o bar, voltei a olhar o cardápio e optei por pedir um petit gateu e uma caipirinha, não iria beber muito hoje. 

 Quando as meninas voltaram chamamos um garçom e fizemos os pedidos, pedi para Camila e Troy maneirarem na bebida porque os dois que dirigiam hoje, não queria sofrer um acidente de carro, Camila não iria beber por não estar com vontade, ela nunca foi de beber muito, bebia mais quando estava comigo. 

 Nós estávamos comendo e bebendo com uma conversa alta e regada de risadas, eu amava passar um tempo com todos eles, nunca faltava assunto e muito menos risada, durante a noite as apresentações seguiam e me faziam rir tanto que meu estômago doía, ou a pessoa estava completamente bêbada ou ela cantava mal para caramba, a noite estava sendo ótima. 

"E agora, Dinah Jane e Normani Kordei com Crazy in Love da Beyoncé." O homem que anunciava o próximo a cantar chamou as duas e elas gritaram eufóricas, foram correndo para o palco e pegaram os microfones, eu me ajeitei na cadeira para ver essa palhaçada que sairia. 

 As batidas envolventes de Crazy in Love começaram e logo Dinah começou a cantar a primeira parte, Dinah cantava bem mas era engraçado como ela queria dançar junto, quando foi a parte da Normani ela começou a querer fazer twerk e nós começamos a gargalhar, Dinah já estava um pouco bêbada. Quando o refrão chegou elas começaram a bater os cabelos e então Dinah foi para frente da Normani e começou a descer até o chão se roçando nela, eu abri a boca em 'O' porque aquilo era fodidamente sexy, e também porque Dinah parecia uma barata tonta minutos atrás. 

"Obrigada meninas, podem sair." A música acabou e elas tiveram que ser expulsadas do palco por quererem cantar mais, quando elas chegaram na mesa nós começamos a gritar e as duas gargalharam completamente bêbadas. "Agora é a vez da Veronica Iglesias." 

 A vez da Vero foi completamente engraçada, ela ficava fazendo caras e bocas e querendo seduzir a Lucy que morria de rir dela, ela mal cantava a letra direito e também tropeçou no fio do microfone, quase caindo, com certeza essa foi a apresentação que eu mais ri de todas, ela era uma palhaça. Eu já não aguentava mais rir e estava com medo da vez da Camila, do jeito que ela é palhaça e estabanada eu vou é morrer hoje. Quando chamaram ela, ela me deu um selinho e eu sorri vendo-a ir até o palco, me surpreendi quando vi que ela cantaria Sweater Weather, eu amava essa música.

"All I am is a man I want the world in my hands I hate the beach but I stand In California with my toes in the sand." Ela começou cantando normalmente, sem dançar ou fazer algo engraçado, e eu comecei a prestar atenção, curiosa, ela me olhava enquanto cantava e eu sentia meu coração acelerar, eu amava quando seus olhos estavam em mim. 

Use the sleeves of my sweater

Let's have an adventure

Head in the clouds but my gravity's centered

Touch my neck and I'll touch yours

You in those little high-waisted shorts, oh

 Ela piscou e eu ri, ela ficava louca quando eu usava shorts, boa referência, Cabello.

She knows what I think about

And what I think about

One love, two mouths

One love, one house

No shirt, no blouse

Just us, you find out

Nothing that I really wanna tell you about, no

 A voz de Camila era linda, e eu amava a forma que ela modificava a música com seu tom gostoso de voz, e ela cantando uma das minhas músicas favoritas, com essa voz, com ela me olhando como se quisesse entrar em mim a qualquer minuto, estava me deixando louca. 

'Cause it's too cold

For you here and now

So let me hold

Both your hands in the holes of my sweater

And if I may just take your breath away

I don't mind if there's not much to say

Sometimes the silence guides our minds

So move to a place so far away

The goose bumps start to raise

The minute that my left hand meets your waist

And then I watch your face

Put my finger on your tongue

'Cause you love to taste, yeah

 Mordi o lábio inferior e sorri, eu não sei o que estava dando em mim, mas eu queria transar com ela essa noite com essa música de fundo e ouvindo ela sussurrar em meu ouvido a letra, apertando a minha cintura, oh sim, eu precisava disso.

These hearts adore

Everyone the other beats hardest for

Inside this place is warm

Outside it starts to pour

Coming down

One love, two mouths

One love, one house

No shirt, no blouse

Just us, you find out

Nothing that I wouldn't wanna tell you about, no, no, no

 Ela terminou a música e muitas pessoas aplaudiram, nós na mesa começamos a gritar e ela riu envergonhada e saiu do palco vindo na nossa direção, ela sentou do meu lado novamente e as meninas começaram a elogiar a Camila até que mudaram o rumo da conversa do nada, olhei para Camila que bebia o copo de suco no canudo e suspirei, esses lábios que horas atrás estavam na minha boceta. Merda, eu preciso parar de pensar nisso, já estou ficando molhada.

"Gostou?" Ela perguntou com a voz um pouco rouca e eu voltei a olhar em seus olhos, se eu gostei? 

"Eu amei." Sorri de lado transparecendo inocência e ela sorriu de volta, me inclinei até chegar perto do seu ouvido e sussurrei devagar. "Amei tanto, que quando chegarmos você vai colocar essa maldita música no quarto, e vai me foder bem gostoso, cantando para mim, me fazendo gozar como só você faz, e então, vai ter uma surpresa no final da noite." Me afastei e percebi seu rosto completamente chocado, ela engoliu em seco e eu sorri inocente novamente, mal posso esperar para voltar para casa. 


Notas Finais


Mais um? 🌚🌚


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...