História Tauves eu seja imvisivel - Capítulo 4


Escrita por:

Postado
Categorias 11eyes
Personagens Personagens Originais
Tags Assasina Imvisivel
Visualizações 4
Palavras 828
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Famí­lia, Festa, Ficção Adolescente, Luta, Terror e Horror
Avisos: Suicídio, Tortura
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 4 - Garoto novo na escola


Fanfic / Fanfiction Tauves eu seja imvisivel - Capítulo 4 - Garoto novo na escola

Quando chego em minha sala percebo q tem um garoto de cabelos castanhos blusa branca sentado no meu lugar vo em sua direçã cada vez q chego mais perto cada vez ele me lembra auguem NAO PODE SER  e o garoto q vi na noite q matei aquele tarado tive q matalo pq ele tirol minha mascara 

DJAVU

Ele consegue pqgar uma garafa quebrada e emfia pela minha bariga eu gemo fraco de dor ele ri 

Tarado:quem seria essa bela moça por tras desa mascara 

Tento desviar mas ele pega meu rosto e tira minha mascara 

Tarado:ha e vc e filha daquela puta q matei vc e iguazinho a ela 

Eu lembro de minha ma e quebro o braço dele  quebro uma garafa na minha mao emfio dois pedasos de vidro no olho dele e soco sua bariga varias vezes depois acho um canivete emfio na sua bariga varias vezes  e repito 

Isabel:COMO PODE COMO PODE FAZER ISSO COM ELA

Com o rosto cheio de lagrimas escuto um barulho olho pro lado e vejo um garoto nao consigo correr atras dele munhas roupas sujas de sangue e o cara todo estragado na minha frente cai naquela hora nao ligava para policia e nem nada 

FIM DO DEJAVU

Era ele msm presisava dar um jeito nisso ele estava consentrado em uma musica eu me viro e tento sair mas do de cara com o darly e ele me vira e fala

Darly:ai esse e o lugar da gata aq cai fora 

O garoto escuta e olha pra ele e rapidamente pra mim vejo o rosto dele era ele mesmo ele simplismente levanta e senta na cadera au lado da minha q era a cadera do darly eu me sento e viro meu rosto oq deu em mim 

Darly:essa carteira e minha sai

O garoto nao fala nada e comtinua ali 

Darly:olha hoje nao to bomzinho saia dai antes que eu te bata

O garoto olha pra ele e diz quase susurando 

Garoto:quero ver vc tentar

Darly nao etava de brincadeira fecha sua mao depois de emrolar uma corente nela 

Darly:novato ne vo te mostrar como sao as regras por aq 

Ele vai socar ele mas eu seguro sua mao darly olha pra mim meio assustado ele tenta socar minha mao mas  a tiro antes de me tocar ele me pega e me joga na parede coloca suas duas maos na parede como e aparecido fas um barulhão sua mao na parede eu realmente ta emcuralada ele diz 

Darly:vc esta muito corajosa pro meu gosto vagabunda 

O garoto olha para nos  e eu rio E susuro no ouvido de darly 

Isabel:vc nao gostaria q auguem sabese q vc apanho para uma garota entao 

Ele aregala seus olhos olha pro garoto e sai andando pro outro lado da sala e eliza chega ele esbara nela parece q ele ia emcosta nela mas olha pra mim e eu nego com a cabeça ele senta no lugar de eliza e eu a chamo para senta a uma cadera vazia a minha frente quando olho pro lado o garoto esta olhando para mim quando meus olhos se cruzam com os deles ele sorri e vouta as suas musicas sinto meu rosto corar e olho para frente o profesor chega nome dele e iukine bate o sinal para o intervalo eliza como sempre feliz ela sai sautitando dali quando vo ver so ta eu e ele guardo meu material e vo para o intervalo quando esto indo iukine segura meu braço eu olho para tras 

Iukine:vc nao presisava fazer aquilo 

Isabel:eu presizava falar com ele achei uma boa ideia

Ele sorrir e me sinto uma tapada toda corada la ele se levanta e fica na minha frente 

Iukine:vc bateu msm nele 

Isabel:sim ele e um panaca

Iukine:vc tem razao obrigada 

Isabel:de nada

Noto q ele ainda segura meu braço 

Iukine:nao conheço nada e nem niguem aq vc poderia me mostrar a escola claro se vc quiser

Isabel:tudo bem eu so nova aq tbm mas conhso aguns lugares q gosto de ficar e bem calmo

Iukine:q bom nao gosto de multidão 

Ele ri emquanto caminhamos acabei nao so ficando o intervalo com ele comversando mais tbm na hora de ir tbm ele e bem legal a maioria das coisas q ele falava eu ficava vermelha e parese q ele persebia isso e ria e ficava mais vermelha ainda quando caminho para ir embora vejo ele no outro lado da rua ele me ve e vem em minha direção sorindo 

Iukine:vc vem por aq 

Isabel:sim 

Ele fas uma cara tipo pedindo para nos acompanhar e balnço a cabeça positivamente e ando falando com ele e com a eliza e vejo q ele e meu vizinho nos tres viramos amigos depois de varios dias comversando um dia eliza falo q estava pasando mal entt deixei ela la chego em casa dpois da aula com o iukine grito seu nome 

Isabel:ELIZAAA CHEGUEI

Nao escuto nada entao subo e vejo a luz do seu quarto aseza quando chego a frente da porta 

Isabel:HAAAAAAAAAAAA

CONTINUA


Notas Finais


Sera oq q qconteseu veja no proximo captolo nao esqueça de deixar seu coração e ate o proximo captolo bjs tchau😄


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...