História TDI (Taegi) - Capítulo 47


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jeongguk (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais
Tags Gay, Lemon, Taegi, Yaoi
Visualizações 304
Palavras 1.368
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Festa, Ficção Adolescente, Hentai, Lemon, LGBT, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


ME DESCULPE MESMO PELA DEMORA ;-;
eu fiquei atolada de problemas pessoais e perdi uma pessoa muito importante na minha vida e isso me fez ficar muito mal e triste, não tinha disposição para fazer nada
mas aos poucos estou superando essa fase e peço desculpas a todos vocês que ficaram esperando por capitulos novos.

boa leitura meus anjinhos <3

Capítulo 47 - Convite aceito.


Kim Taehyung Pov

- pronto, agora todos vocês já estão bem limpinhos. – limpei o suor na testa, dar banho em mais de 20 crianças era realmente uma tarefa difícil, principalmente quando é os meninos que não param de correr pelos cantos, mas por sorte contei com ajuda de Yoongi.

- não acredito que você faz isso todo dia. – Yoongi se sentou na cadeira cansado e dei risada, fico feliz que ele tenha pelo menos se esquecido da confusão que o Agust causou e se distraiu um pouco, ele e o Benjamin se deram tão bem.

- estou treinando para quando a gente adotar um filho só nosso. – sussurrei rindo para as crianças não ouvirem. – bem, agora todos para cama, vocês precisam dormir e descansar pois já brincaram muito hoje. – ordenei e as crianças foram para o quarto delas e cada uma foi para a sua cama.

- Yoonie, eu gostei muito de brincar com você hoje, você vai vir mais vezes aqui? – Benjamin pergunta sorrindo.

- quem sabe algum dia, agora vai dormir pequeno. – Yoongi bagunçou os cabelos dele. – eu vou te esperar lá fora está bem? – ele diz e assenti, peguei um livro e comecei a ler uma história para eles dormirem, dessa vez era a história da bela e a fera.

Nem terminei de ler e todos eles já agarraram no sono, sai do quarto deles em silencio e me despedi da diretora.

- desculpe a demora, eu fiquei lendo uma história para eles dormirem. – falei abraçando Yoongi por trás e ele pegou na minha mão.

- sabe, quando você disse que queria adotar uma criança eu achei a maior loucura, mas quando vi o modo como você cuida deles, acho que talvez possa ser uma boa idéia, principalmente se você quiser adotar o Ben.

- obrigado amor, vocês se deram muito bem, Benjamin gostou muito de você, e olha que ele é bem tímido.

- mas sei lá, você sim seria um bom pai para ele, mas e eu? Ainda tem o meu problema, se eu adotasse com certeza os meus outros lados iriam tentar machuca-lo.

- talvez o Suga nem tanto...

- ele surtaria de ciúmes, ele acha que é uma criança ainda e acharia que você abandonou ele.

- a gente vai superar isso meu amor, inclusive, por que não vamos passar no colégio aqui perto para fazer a nossa matricula? Não podemos ficar o resto do ano sem estudar né Yoongi, e você ainda tem que arrumar um emprego. – sugeri a ele.

- estava com saudades de dormir até tarde. – comecei a rir, por que fui me apaixonar pela pessoa mais preguiçosa desse mundo? Para falar a verdade talvez seja isso que eu tanto amo no Yoongi, eu amo demais a personalidade dele, não Suga ou Agust... ou até mesmo Tony, estou falando de Min Yoongi.

Ele é totalmente despreocupado, preguiçoso, tímido, eu só queria protege-lo para sempre e me considero a pessoa mais sortuda do mundo por ter ele ao meu lado.

- o que foi? – ele pergunta notando que eu não parava de olhar para ele sorrindo.

- eu te amo. – colei nossos lábios não me importando se a gente estava em publico, minha língua pediu passagem e ele sem pensar duas vezes cedeu, minhas mãos acariciavam seu rostinho delicado e suas mãos apertavam de leve minha cintura, o beijo dele é tão bom que quanto mais eu beijava mais viciado eu fico.

- com esse beijo gostoso até mesmo me deu disposição para estudar. – ele deu riu entre o beijo e decidimos ir fazer o que combinamos: ir estudar em um novo colégio para investir nos nossos sonhos.

Min Yoongi Pov

Por sorte, havia vagas no colégio novo e eu e Taehyung conseguimos nos matricular, foi bem fácil eu achei que iriam ter que chamar os nossos responsáveis mas não, só precisamos do nosso histórico escolar do outro colégio, nós conseguimos matricular o Jungkook e o Jimin também.

Depois eu e Taehyung decidimos comprar uma pizza, chegamos a pizzaria e dei graças a Deus que não estava muito movimentada.

- você vai querer do que amor? – Taehyung pergunta.

- qualquer sabor amor, eu vou no banheiro enquanto você pede a pizza okay? – dei um selinho nele e fui até o banheiro, dei uma lavada no rosto e quando olhei no reflexo do espelho vejo Agust sair de uma das cabines.

- o tempo está passando Min Yoongi, quando você vai decidir se podemos ou não ficar com o Taehyung também? Já estou quase perdendo a paciência.

- quando eu quiser, não enche o meu saco, e quer saber? Eu nem sei se vou aceitar isso, Taehycabinessó meu e pronto.

- Taetae não vai gostar, você sabe que ele tem sentimentos por nós também. – Suga saiu da outra cabine e fechei o punho.

- ele só gostam de vocês dois porque nós somos a mesma pessoa, duvido muito que se vocês fossem pessoas reais conseguiriam fazer Taehyung gostar de vocês, e se eu não aceitar o Taehyung já deixou claro que vai respeitar a minha decisão.

- você que sabe Min Yoongi, só quero que você saiba uma coisa: eu também não sou obrigado a ficar na seca, se eu não poder ficar com o Taehyung, pelo menos eu posso ficar com o irmão dele que é idêntico a ele.

- sim, sim, o Taekwon aceitaria a gente de boa. – Suga diz sorrindo e perdi a paciência.

- CALEM A BOCA. – chutei a cabine do banheiro e os dois sumiram, respirei fundo e tentei ficar calmo, esses dois conseguem me tirar do sério, sai do banheiro e encontrei Taehyung segurando a pizza e uma garrafa de Pepsi.

- eu preferia coca mas como você gosta de Pepsi... você está bem? – ele pergunta preocupado.

- eu só estou cansado amor, vamos pra casa hum? – dei um selinho nele e fomos para casa, só queria ir dormir e esquecer do nervoso que passei naquele banheiro.

Quando chegamos em casa Namjoon, Seokjin e o meu pai haviam ido embora, mas disseram que voltariam amanhã, eu queria muito ver o meu pai mas depois da confusão que Agust criou talvez seja melhor um outro dia, um dia em que eu esteja mais calmo.

Estamos eu, Taehyung e os Jikook jogados no chão da sala comendo pizza e jogando papo fora.

- hm, nós conseguimos matricular vocês no colégio, foi bem fácil e ainda caimos todos na mesma sala. – Taehyung diz e Jungkook bufou.

- ah não, colégio de novo não.

- não podemos ficar parados né Jungkook, temos que completar o ano se não a gente reprova e não conseguiremos arrumar emprego bom no futuro. – Jimin diz abraçando seu namorado.

- alguma novidade? – pergunto pegando a ultima fatia de pizza.

- seu irmão esteve aqui Taehyung. – Jimin diz e Taehyung apertou o copo de plástico em sua mão.

- como ele achou o apartamento? Que ódio.

- ele disse que vai dar uma festa de aniversário e que nós estamos convidados, vai ser na casa da sua tia.

- ah, eu até esqueci. – a feição irritada de Taehyung agora ficou alegre. – finalmente vou ser maior de idade, meus pais não vão mais poder mandar em mim, vou ser dono do meu próprio nariz. – ele se levantou e fez uma dancinha engraçada.

O aniversário dele está chegando e eu havia até me esquecido, queria tanto fazer uma surpresa para ele, Taehyung é o ser mais importante para mim e o aniversário dele é algo que merece a maior comemoração do mundo.

- então você vai na festa? – pergunto.

- mas é claro, vou esfregar na cara dos meus pais que agora eu posso fazer o que eu quiser da minha vida, eu me sinto a pessoa mais livre do mundo, eu vou ligar agora pro meu irmão e dizer que eu aceito o convite. – ele saiu correndo para o quarto e suspirei.

- você não quer ir na festa né? – Jungkook pergunta.

- não, eu vou dormir pois estou muito cansado, boa noite pra vocês. – me despedi dos meninos e fui para o quarto tentar convencer Taehyung a mudar de ideia.

tarefa que será extremamente difícil pois mais teimoso do que eu, só ele mesmo.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...