1. Spirit Fanfics >
  2. Te amo >
  3. Capítulo 11 - Parte dois

História Te amo - Capítulo 12


Escrita por:


Notas do Autor


Oi pessoal tudo bem com vocês? Só queria dizer para vocês evitarem sair de casa e lavar sempre as mãos e se der usar máscara e álcool em gel. Boa leitura

Capítulo 12 - Capítulo 11 - Parte dois


Licença - o ex dela diz se sentando em nossa frente

Ela disfarçadamente tira as mãos da minha calça com o rosto em frustração e eu teria rido se não tivesse lembrado do sonho 

Diga - Ela diz o fitando

E - Eu sei que pode ser repentino... ou babaquice da minha parte por você ja ter outra pessoa, MAS EU AINDA TE AMO POR FAVOR NOS DÊ UMA CHANCE - Diz olhando para os olhos de Yasmim enquanto me levanto

Ela apenas o olhava com cara de paisagem e ficou assim por um tempo até que finalmente se pronunciou

Ta, qual foi o desafio ? - Diz olhando la para trás e eu olho também 

Ele tinha que se declarar para a pessoa que gostava - Um deles citou 

Ela o olha agora e respira fundo

Olha, Daniel, eu to muito feliz com a Fernanda - Diz olhando para mim - e foi bom enquanto durou mas você assim como ninguém sabe que não da mais, e eu até mesmo deixei você espalhar para a escola toda que a gente tinha feito sexo quando não havia acontecido nada, porque ao meu ver, se uma pessoa tem nojo de buceta é porque talvez esteja confusa sobre sua sexualidade - Diz em um tom mais alto

Todos presentes assim como eu ficaram boquiabertos com tais afirmações e eu só conseguia pensar em como ele pode ter nojo dela, me dava até água na boca quando eu me lembrava dela nua

Você prometeu que não ia contar - Disse se lavantando

E você prometeu que você e esses seus amigos aí iam parar de me encher o saco - Diz num tom rude

Algumas pessoas la atrás ja riam e zombavam dele

E vocês aí atrás- olha para eles - pelo menos ele conseguiu o que a maioria de vocês tentaram inutilmente, me ver sem roupa - Diz debochada e todos se calam

Eu só quero que vocês entendam de uma vez que eu estou com a Fernanda, minha NAMORADA  e eu a amo, e nada do que vocês falem ou façam vai mudar isso, vocês estão no último ano da escola, cresçam  - Diz se levantando e estendendo a mão para mim

Eu pego em sua mão e ela vai me puxando para fora dali e fomos para o banheiro

Porque.... porque você nunca falou sobre isso - Digo  me referindo ao que ela havia falado na sala

Porque eu fiz uma promessa - Diz sorrindo gentilmente 

Cara, como ele pôde ter nojo, você é tão gostosa e toda perfeita, e se eu tivesse um pênis estaria ereto agora pois eu estou com sua imagem sem roupa na cabeça- Digo fazendo o sinal da cruz quando falei sobre ter pênis 

( ri ) eu fiquei bem insegura quando isso aconteceu e quando percebi que o problema estava nele só tive mais certeza que não dava mais pra continuar naquele relacionamento estranho - Diz envolvendo minha cintura

Ainda bem - Digo  tomando seus lábios

Viu ? Você não precisava ter ficado nem precisa ficar tão insegura quanto a ele - Diz acariando meu rosto e me olhando nos olhos quando nos separamos

Verdade... Ficamos sem sexo à toa - Digo emburrada

E eu ja nem to mais a fim - Diz também emburrada

Sabe, a gente nunca fala coisas.... safadas digamos assim, na hora do sexo - Digo me encostando na pia

Quer tentar - diz se encostando na pia também  - Eu tenho vergonha sabe...

Eu também tenho... - Digo sentindo meu rosto corar um pouco

E também prefiro seus gemidos e suas reações quando te toco ou quando você está perto de um orgasmo - Diz mordendo os lábios 

Ela teria me beijado se bem na hora uma garota não tivesse entrado e provavelmente escutara o que Yasmim havia dito pois seu rosto estava mais vermelho que um pimentão, ficamos em silêncio até que a menina que usou o banheiro bem rápido saísse 

Mas... Você tem certeza que a vontade passou ? - Digo levantando a blusa revelando meus seios livres de sutiã 

Yasmim P.O.V

Eu havia percebido que ela estava sem sutiã mas com tudo que havia acontecido acabei esquecendo

Eu a puxo rapidamente para uma das cabines fechando a porta atrás de nós e rapidamente levanto sua blusa lambendo um de seus mamilos

Eu sabia que se não mantesse o controle faríamos mto barulho ali dentro e iriamos estar perdidas

Então decidi usar apenas as mãos e esperar até de noite

Apoio uma das mãos na parede enquanto adentro suas calças com a outra, percebendo que ela ja estava molhada

Porra - Digo mordendo os lábios enquanto estímulo seu clitóris rapidamente

Vejo quando seus seios ficam enrijecidos pelo volume da blusa e sua respiração ficou mais acelerada. Seus gemidos estavam um pouco mais  alto quando duas garotas entraram no banheiro e eu apenas tapei sua boca, sem parar meus movimentos.

As duas garotas estavam conversando sobre algo aleatório até que ouvimos bsrulho de beijo

Eu apenas continuei até que ela goza, mas eu não paro e continuo rapidamente antes mesmo de seu corpo se recuperar, ela novamente soltava gemidos abafados enquanto me olhava nos olhos,  aquela iris azul me hipnotizava de um jeito... seu corpo começa  a ter espasmos mais uma vez até que ela goza novamente. 

Espero que ela se recupere e não paro de encarar seu rosto que corava com facilidade e ainda mais nesses momentos.

Você é tão linda, loira - Digo pasaando as mãos em seu cabelo e dando um selinho na mesma

Tiro minhas mãos levando à minha boca e como de esperado seu rosto cora violentamente, era incrível como ela ainda tinha tanta vergonha.

Meu braço estava doendo pois eu tinha me esforçado muito, mas eu não estava me importando muito vendo o sorriso no rosto dela. Saímos da cabine e nos deparamos com as duas garotas aos amassos que se assustaram quando saimos, nos quatro ficamos nos encarando por um tempo mas as duas ja tinham ideia do que estava acontecendo la dentro a essa altura do campeonato, apenas paramos de nos encarar quando fui até  a pia para lavar minha mão e fernanda o rosto.

Saimos de mãos dadas em silêncio e vimos quando as duas garotas entraram em uma das cabines.

...............................................................

Fernanda P.O.V

Hoje a biblioteca estava cheia, mas não impedia que eu e Yasmim lessemos nossos livros, ela fingia não ver as pessoas dando em cima de mim e eu a mesma coisa, sempre que devolviam os livros vinham algum número de celular como brinde mas  nunca ligavamos, as vezes algumas pessoas insistiam mais e só aí uma ou outra intervinha fora isso o que eu podia fazer ? A gente não podia ser grossa com os clientes

Olho para Yasmim que olhava para meus seios passando a mão no queixo e parecia bem entretida com o que via, quando cubro meus seios com as mãos fazendo - a olhar para mim apenas recebo um sorriso sacana como resposta

Você é muito tarada - Digo chegando mais perto sua bunda fazendo a mesma rir com meu ato

Perdão Vossa Santidade - Diz em tom debochado - e além disso, os livros novos chegaram e é sua vez de arrumar

Droga - Digo indo para o Depósito pegar os novos livros

Após arrumar volto para o balcão e encontro Yasmim falando com uma garota e elas pareciam bem entretidas. Eu provavelmente estava com cara de poucos amigos pois Yasmim deu um sorriso discreto avaliando minha expressão. 

Você pode me passar seu número ? dabe, para falarmos sobre o livro... e eu tirar algumas dúvidas sobre ele - Diz com segundas intenções aparentes no rosto

O livro tem uma leitura fácil, então você não vai precisar tirar dúvidas e se quiser falsr sobre o livro pode vir aqui- Diz simpática 

Então me passa pelo menos para a gente sair, sei lá, beber alguma coisa - Insiste

Yasmim me olha e da um suspiro apaixonado me fazendo sorrir automaticamente e a garota pareceu perceber também pois me olhou de cima a baixo

Eu tenho namorada - Diz sorrindo para mim 

A garota apenas saiu sem dizer nada 

O dia está tão lindo hoje - Diz olhando pela janela

Está mesmo- Digo olhando também 




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...