1. Spirit Fanfics >
  2. Te quiero >
  3. Acabou!!!

História Te quiero - Capítulo 3


Escrita por:


Notas do Autor


Sem foto e sinopse 💪❤️👍😵😉

Capítulo 3 - Acabou!!!


Raquel...

Decidir levar minha mãe para aonde estava a Nairóbi para que ela podesse descansar um pouco...

- Mamãe, vc irá ficar aqui por um tempinho tudo bem?

- ué, mais... E que minha filha... (Não deixei ela terminar de falar)

- não mamãe, não tem mais nem menos a senhora fica! E eu vou indo qualquer coisa grita alto

- filha, vem cá

- Sim

- está tudo bem entre vc é o seu marido o Alberto, e que... Eu não vi ele por aqui, e vc deu um selinho em outro homem, filha traição não é bom! Nenhum pouco, não faça isso com o Alberto!

- mamãe? (Não consegui me segurar e deixei uma lágrima cair sem minha permissão)

- sim filha, pq choras? Ele te bateu de novo?!

- mãe, eu não sou mais esposa do Alberto, ele me... (Fui interronpida pelo Sérgio entrando na porta, bem chateado)

- perdão, desculpa e que eu vim dar o remédio da Nairóbi (ele disse sem me olhar nos olhos)

- não tudo bem filho, eu já estava indo

- indo pra onde mocinha? A senhora pode voltando aqui

- FILHA!!

- mamãe está tudo bem mesmo? me preocupa o seu estado

- filha foi uma brincadeira!! Hahahaha vc caiu direitinho

- tudo bem então, com licença então

Dizia eu me retirando, mais oq eu achava estranho era pq o Sérgio estava agindo daquela forma comigo, poderia ser pelo que aconteceu lá em baixo. Decidi esperar ele quando saísse ali na porta, eu precisava esclarecer oq estava acontecendo. Quando senti a porta se abrindo, me preparei de frente a porta...

- Oi (ele dizia olhando pra baixo)

Quando ele estava pronto para sair, o puxei pelo braço o colocando de frente pra mim, mais por algum motivo acabou ficando perto demais. Ele se afastou e não me olhava nos olhos...

- Ei, oq tá acontecendo Sérgio?

- Não, não é nada (dizia tentando se retirar, mais eu senti que havia lágrimas em seus olhos)

- Sérgio me conta!!

- Raquel não é nada! Posso ir agora? (Apontava para o elevador)

- não espera! Isso e por causa de lá de baixo, me desculpa eu... Eu... Não... (Fui interronpida por ele)

- olha Raquel se queres mesmo saber oq está acontecendo, eu vou te contar!

- diz (dizia encostando em uma outra porta e sentando no chão, ali no corredor mesmo) 

- Olha Raquel eu ando pensando muito desde a sua suposta morte (se encostava na porta e sentava no chão também)

Eu olhava pra nada, olhava para a porta aonde se encontra a Nairóbi e minha mãe, mais a porta estava fechada

- fala logo!

- Raquel tudo que já aconteceu, olha nunca deveria ter acontecido! NUNCA. Raquel desde o dia em que você disse que eu havia fodido a sua vida, o dia em que nos discutimos e quantas vezes discutimos por coisa boba, olha Raquel eu não quero te machucar, mais e que essa vida de casal isso tudo e muito complicado pra mim, isso tudo e difícil pra mim, e... Eu não sei se vc entende, mais... Agora vc e alguém do bando e isso me encomoda pq... Eu proibi que houvesse relacionamentos, e eu tenho um agora, Raquel eu sinto muito, mais oq passa e que eu tô encomodado com esse relacionamento. Raquel a gente briga muito, Raquel a gente... Eu não sei mais oq dizer de um jeito fácil mais... Eu não quero te magoar, me desculpa mais... Eu quero um tempo! E só um tempo, pra eu pensar se eu sou melhor com vc ou sem vc! E um tempo pra gente saber oq sente um pelo outro, e não e um término, vc pode experimentar novos homens e ver se dará certo com outros, Raquel eu não tô terminando eu tô dando um tempo, pra gente refletir e pensar. Tudo bem?

Eu não tinha reação, eu não sabia oq dizer mais aquele momento eu deixei as lágrimas caírem, mais eu não chorei do jeito que eu queria, ele tinha razão por um lado, mais acontece que eu amava ele mais que tudo na minha vida, oq eu sentia por ele era amor, oq ele me disse machucou muito e não foi a carne que machucou, foi minha alma o meu coração, isso acabou comigo destroçou minha vida, eu me senti um nada, vi meu mundo ficar preto novamente, eu não me sentia assim desde quando fui espancada pelo Alberto, desde quando ele me espancou e me jogou feito lixo. Foi aí naquele momento que eu descobrir que ia precisar dos meus antedepressivos, a anos eu não tomava isso, eu tomei na morte do meu pai, tomei quando todo o espancamento começou, e agora ia tomar novamente aquela porra denovo, minha mãe odiava quando eu tomava antedepressivos, isso me deixava meio doida, eu não falava , não conversava, não agia. Eu não queria tomar novamente mais... Eu precisava...

- diz logo na minha cara Sérgio, essa porra de tempo pra que?! Esse tempo tá mais pra término, pq mentir pra mim já me magoou agora não vai adiantar caralho nenhum!! (Eu gritava chorando, me levantei, e ia sair andando quando ele puxou meu braço)

- Raquel eu não quero te magoar, por favor! Eu só quero um tempo

- enfia o tempo no teu rabo! (Dei dedo do meio pra ele, me debatendo pra ele me soltar)

Ele me soltou e eu sair andando, ele disse...

- aonde vc vai?

- não sei!!

- Raquel oq se vai fazer?

Fiz gesto de não sei com as mãos e os ombros

- Raquel não faça nada que vá se arrepender depois!!

- relaxa, vou buscar uns remédios (disse olhando pra trás e rindo de deboche e chorando, definitivamente eu precisava urgente dos meus antedepressivos eu já estáva ficando meio zonza e doida)

Foi aonde o Sérgio veio correndo atrás de mim, se posicionou na minha frente segurando meus braços, e eu ria como se estivesse possuída porque eu ria e chorava, e olhava pra um ângulo aonde não havia nada nem ninguém, eu ria pra lá, pro nada. Sérgio começou a me sacudir e a gritar...

- Raquel, para com isso quem vc está vendo? Não tem nada ali!!! Raquel para de gracinha (ele gritava me sacudindo)

Foi aonde todos subiram e minha mãe saiu da sala, e todos começaram a ficar assustados, minha mãe me olhou e pediu pro Sérgio me soltar, ele me soltou e minha mãe colocou as mãos em meus braços...

- Ei meu amorzinho, está tudo bem?

- Papai!! Vem cá todos querem te ver!!

Minha mãe ainda com as mãos nos meus braços, olhou pra trás e não havia ninguém, minha mãe olhou pro Sérgio, e disse

- antedepressivo rápido, Raquel voltou a ver coisas, se não tomar o antedepressivo ela tem convulsão

- como??

Sérgio foi correndo buscar em uma sala de remédios os antedepressivos pra mim, se me soltassem eu iria correr para onde não havia ninguém mais alegava ver meu pai, e iria me matar, eu já estava entrando em depressão!!! Quando Sérgio chegou com os remédios, minha mãe tentou me dar mais eu joguei o copo d'água no chão, e os remédios também, foi aonde tudo girou, girou e girou eu cair e fica uma convulsão...

- Raquel (Sérgio chorava com ódio de si mesmo me balançando pra voltar)

...(CONTINUA)...


Notas Finais


Eai gostaram, espero que sim😉❤️❤️❤️❤️❤️❤️❤️❤️❤️😍😍😍😍😍😍😭, será que teremos mais uma em coma??? Veremos


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...