1. Spirit Fanfics >
  2. TEACH ME (2min) >
  3. The end

História TEACH ME (2min) - Capítulo 10


Escrita por:


Notas do Autor


Espero que gostem e boa leitura e mil desculpas se houver alguns erros
E deem uma olhadinha nas minhas novas fanfics "will you be my pet" ela é vhope e "agapi ton theon" que foi feita em parceria com o projeto kaisoo_world

Capítulo 10 - The end


Minho tentava se controlar, ele realmente tentava. Mas era completamente impossível. Era literalmente impossível se controlar enquanto lee taemin se mantinha totalmente entregue, impossível enquanto os beijos só ficavam mais e mais selvagens e os corpos mais próximos. A questão é que minho, mesmo com todo esse lance de aula, mesmo com todas as coisas que já tinha feito com o menor, sabia respeitá-lo, e ele não queria ir para o último passo sem ter plena certeza de que taemin não se arrependeria depois.

Foi isso que fez com que ele se afastasse, deixando taemin respirando pela boca, ofegante, a expressão meio perdida, lindo. Minho engoliu em seco, tentando lembrar quando foi que ele se sentou no sofá e taemin subiu ao seu colo, mas isso não era importante agora. Antes que ele falasse algo, no entanto, taemin voltou a beijá-lo, rapidamente, puxando os cachos de minho levemente fazendo com que o ondulado se arrepiasse, gemendo baixinho. Taemin se pressionou para baixo, rebolando um pouco e gemendo manhoso e minho pode sentir o quanto o menor estava duro. Não que ele estivesse diferente. Ele se afastou novamente e taemin suspirou frustrado, minho quis rir sobre como as coisas andavam diferentes.

–min, eu... não sei se conseguiria ficar em um dos nossos... – minho pigarreou tentando achar uma maneira de explicar enquanto taemin o olhava sorrindo minimamente. – Nossas antigas brincadeiras, se é que você me entende, mas eu... Não quero que você se sinta... – minho foi interrompido.

– Eu quero isso. – taemin disse baixinho, e choi o encarou surpreso, fazendo o menino corar, olhando pra baixo, e em seguida voltando a  olhar para minho com um sorriso tímido nos lábios. Minho sorriu de lado, provavelmente o sorriso mais carregado de malicia e mais cafajeste que ele já havia soltado desde sempre e taemin riu baixinho, desviando o olhar para baixo, novamente.

Minho subiu suas mãos pela calça molhada de min chegando a sua bunda levemente arqueada pelo modo que o menor estava sentado e ele não hesitou em aperta-la com força, trazendo taemin ainda mais próximo enquanto o menor soltava um gemido baixinho, voltando a atacar os lábios de minho, com mais calma dessa vez, mais se possível, com ainda mais desejo.

Minho se levantou e taemin tomou um susto, apertando suas pernas no tronco de minho como um coala, e enfiando a cabeça na curva do pescoço de minho, deixando beijos e mordidas por ali. Minho o colocou na cama, de barriga para cima e eles se encararam, ambos com o desejo estampado no rosto.

- Tira sua blusa. - Ele disse, e o menor prontamente obedecido, enquanto minho tira a blusa e calça própria, fica só boxer um pouco úmido da chuva, ou que faz com que o taemin morda os lábios observando o corpo maior, fazendo com que minhonsorrisse largo. Ele subiu na cama, se ajoelhando entre as pernas de taemin e se abaixando para começar a deixar beijos pelo seu pescoço, descendo em seguida e deixando um chupão próximo a clavícula do menor, o que fez com que taemin gemesse manhoso.

Minho mordiscou os mamilos de taemin, chupando-os em seguida até que ficassem eriçados o que fazia com que taemin ofegasse alto, apertando as mãos no ombro de choi, ou puxasse de leve seus cabelos. Minho desceu os beijos até o cós da calça de taemin, abrindo o botão e taemin se arqueou um pouco para que minho tirasse a calça molhada do corpo, que foi um pouco difícil de sair. Minho mordeu os lábios, passando as mãos e apertando as coxas de taemin abrindo um pouco mais suas pernas antes de beijar cada centímetro que pudesse, dando um chupão que mais tarde ficaria roxo, bem no meio das pernas de taemin, bem próximo aonde a boxer chegava, fazendo com que o garoto se arqueasse um pouco, estremecendo em seguida.

Minho tirou a boxer de taemin, olhando para ele, que corava, ainda com o lábio inferior preso entre os dentes, e então ele levou sua mão ao membro de taemin, começando a masturba-lo, fazendo com que o menor gemesse e se arqueasse para o toque, apertando o lençol da cama e fechando os olhos, minho sorriu, se abaixando em seguida e colocando o membro na boca, chupando lentamente enquanto ouvia os gemidos finos e ofegos altos de taemin.

Minho chupou por um tempo, e então parou, subindo para morder e chupar o pescoço de taemin novamente enquanto o menor chupava três de seus dedos. Ficaram nisso por um tempo antes que minhondescesse sua mão, acariciando a entrada do menor com apenas um dos dedos enquanto taemin gemia baixinho com a sensação. Minho se afastou um pouco, apenas o suficiente para olhar para o rosto de min enquanto colocava lentamente o primeiro dedo, sorrindo ao ver o melhor morder mais forte os lábios, revirando os olhos.

Ele fica com apenas um dedo por um tempo, até que seja o segundo colocado, fazendo o taemin gemer baixo, e a abertura ou o ombro de minho mais forte, iniciando ao que minho passou próximo a sua próstata. Ele voltou a morder os lábios e minho colocou o terceiro dedo, iniciando um movimento novamente.

– Não controla os gemidos min, não foi assim que te ensinei. – minho falou sacana enquanto acertava a próstata de taemin com força pela primeira vez, fazendo com que o menor arqueasse, gemendo alto dessa vez e puxando o cabelo de choi, que riu baixinho. Minho então começou a estocar seus dedos sempre ali, ouvindo os gemidos de taemin cada vez mais altos e necessitados enquanto ele se ocupava em chupar seus mamilos e destruir o pescoço de min..

– Eu... oh-Eu... – taemin tentou falar e minho sorriu, olhando o menino desnorteado abaixo de si, maravilhoso. – Eu já 'to pronto minho, por favor! – taemin pediu e minhongemeu baixo, deixando um beijo nos lábios do menor que o encarava com uma expressão totalmente tomada pelo prazer. Minho tirou seus dedos, fazendo com que taemin grunhisse pela perda e se masturbou algumas vezes tentando fazer com que o pré-gozo também servisse como lubrificante.

Minho deitou por cima de taemin, sem soltar todo o seu peso e voltou a beijá-lo. Ele segurou seu membro com uma das mãos, levando até a entrada de min e começando a penetrá-lo lentamente, fazendo com que taemin gemesse, arqueando as costas e fechando os olhos com força. Ele entrou totalmente em taemin e soltou um gemido alto, enquanto o menor gemia baixinho e doloridamente.

– Vai... droga min, é muito apertado! – minho disse, respirando fundo e gemendo de novo. – Já vai passar a dor, ok? – Ele disse e taemin assentiu de leve, abrindo os olhos um pouco marejados o que fez com que minho sorrisse, deixando um beijo em sua testa.

Logo minho começou a se mover lentamente, taemin ainda gemia um pouco dolorido, mas ele sabia que a dor já dava lugar ao prazer. Eles ficaram assim por um tempo, até que taemin começasse a gemer somente de prazer e minho passasse mais rápido.

Minho se ajoelhou na cama, puxando como pernas de taemin para si e mantendo enquanto voltava a estocar, taemin revirou os olhos gemendo alto quanto minho passou a estocar sua próstata ou após cada vez mais perto.

– Mais...MINHO! Mais rápido! – taemin pediu e minho mordeu os lábios, gemendo alto ao ver que taemin chegaria ao seu ápice sem ser tocado. Ele aumentou a velocidade das estocadas, acertando todas na próstata do menor e gemendo junto com o quase grito que taemin deu quando gozou em sua própria barriga. Minho sorriu, mordendo os lábios em seguida e estocando no interior de taemin que se contraía mais devido ao orgasmo e gozando rapidamente também.

ongin se retirou de taemin, se deitando ao seu lado enquanto ambos tentavam acalmar as respirações, minho puxou taemin para seu peito e acariciou os cabelos de min até que, de fato, ambos estivessem mais calmos.

Mais tarde ambos foram para o chuveiro juntos e taemin se agradeceu mentalmente por ter dado a chance de minho entrar na sua vida, até que a implicância de key tinha servido para algo.

[...]

– Você não me disse que sabia cozinhar! É obvio que eu ia achar suspeito! – taemin disse, rindo e voltando a morder uma das panquecas de minho que reclamava do menor ter suspeitado que ele foi compra-las ao invés de faze-las.

– Você anda muito desinformado sobre as pessoas que costuma transar,lee taemin. – minho brincou, rindo ao ver o menor corar fortemente e agradecendo mentalmente por taemin não perder a total timidez, ele gostava dele assim.

- Cala a boca. - Ele disse, empurrando minho de leve enquanto a maior ria, dando de aceitar.

Eles estavam sentados na cama, lado a lado, minho apenas boxer, enquanto taemin uma boxer e uma camiseta, assistindo algum programa de comédia que passava na televisão.

Min, eu 'tava pensando. – minhondisse e taemin resmungou para que ele continuasse, sem tirar os olhos da televisão. – Minha carga horária acabou, eu posso ser demitido por justa causa. – minhobdisse sério e taemin o encarou confuso, como se ele fosse louco.

– O que? – taemin perguntou, as bochechas levemente sujas da calda de morango da panqueca enquanto sua sobrancelha se arqueava.

- Já te dei todas as aulas, minha vez acabou. - minho disse, e taemin terminou de engolir um pedaço de panqueca, olhando para minho, os olhos se tornando irregular.


- Você ... quer ... - minho não deixou que ele terminasse, no entanto.

- Eu tenho uma proposta. - minho disse, e taemin arqueou uma das sobrancelhas, sorrindo no mínimo, acenando para que minho continuasse. - Eu poderia te ajudar sabe ... - Ele disse, relembrando a primeira proposta para taemin, fazendo com que o menor revirasse os olhos, rindo. – Brincadeira min. A proposta é simples, você só terá alguns pontos ruins se aceitar... – minho disse piscando, e taemin mordeu o lábio inferior, o coração acelerando enquanto ele ia sacando o rumo da brincadeira.

– Vou pensar com carinho... – Ele disse baixo, e minho sorriu.

– Você quer namorar comigo, Lee Taemin?

fim


Notas Finais




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...