História Teach me to Live ( Imagine Kim Taehyung) - Capítulo 29


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jeongguk (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais
Tags Bts, Escritora, Fanfic, Máfia
Visualizações 96
Palavras 1.179
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Ecchi, Ficção Adolescente, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Me desculpem a demora, eu estava muitoooo cansada, acabei demorando mais que o normal. Minhas aulas começaram, então me desculpem qualquer atraso. Além disso, me perdoem os possíveis erros, eu tento corrigir mas como sempre algo passa.

Capítulo 29 - Capitulo 29


A noite caia vagarosamente e Jana me agarrava como um verdadeiro carrapato, e no tempo em que ela apenas ficava em silêncio eu conseguia arrumar em ordem tudo oque eu pensava. Inclusive as perguntas que eu me fazia...

Quando minha amiga finalmente dormiu, depois de chorar mais um pouco, a deixei largada na cama e me arrastei até a cozinha, decidia a comer a primeira porcaria que eu encontrasse, mas eu me vi encarando Namjoon, molhando o rosto e respinrando fundo.

- Você ficou realmente surpreso ao me ver aqui... Foi tão surpreendente assim? - O questionei, cruzando os braços e ele respirou fundo, não havia se assustado com a minha aparição, na verdade, para ele deveria ser esperado isso.

- Sim... Oque Aconteceu?

- Me liberaram mais cedo... - Ergui uma das sobrancelhas e ele respirou fundo mais uma vez. - E então Namjoon... Por quanto mais tempo você continuaria com o seu joguinho?

- Então você percebeu...

- Eu comecei a assimilar... Principalmente quando Yoongi dizia que eu não podia confiar em ninguém... Ou quando ele disse que havia uma pessoa me vigiando de perto... Ou melhor! A reação dele TODA VEZ que eu dizia seu nome. - Arquei as sobrancelhas e ele respirou fundo diversas vezes.

- Você está com raiva de mim?

- Vou ficar se não me explicar as coisas do começo. Como... Por exemplo... Você trabalhar para Kim Taehyung como espião infiltrado?!

- Desculpa...

Continuei o encarando, ele parecia ter um conflito interno dentro de si e eu respirei fundo, pondo a minha mão em seu ombro.

- Só me explica... Eu prometo não contar para Jana...

- Obrigado...

- Amigos servem para isso, não acha?

Ele confirmou e passou a mão nos cabelos, abrindo um sorriso nervoso que revelava suas tão adoráveis covinhas.

- Você descobriu tudo muito bem... Mas você tem que entender que eu não tive nada haver com o seu sequestro... Eu tentei impedir de fazerem isso... Mas haviam dito que meu tempo tinha acabado... E o seu também... Então... Eu peço desculpas...

- Eu entendo Nam... Não tenho raiva de você... Mas quero do começo. Porque você teve que me seguir e como a Jana entrou nisso?

- Jana veio antes... - Seu sorriso agora era enorme e muito intenso. Ele gostava mesmo da minha amiga - Nos conhecemos antes... E começamos a namorar antes de ela ao menos me apresentar para você... Então me designaram para essa missão... E por conhecidencia era você... Você... A pessoa que eu devia vigiar e odiar se tornou minha melhor amiga... É confuso, entende? Então eu evitei eles, evitei enviar informações demais... Informações pessoais demias... Mas eles começaram a perceber isso... E enviaram Park Jimin...

Concordei, eu ainda percebia que ele estava surpreso de que eu havia sacado tudo. Na verdade, Ate eu estava surpresa, eu precisei buscar a fundo na minha memória a menor das ações para interligar os pontos.

- S/n... Eu sei que você disse que não contaria para a Jana... Mas eu preciso que você prometa, ela não pode saber que eu me envolvo com isso, ela vai me odiar. Principalmente porque eu não contei a ela onde você estava...

- Ah sim! Foi isso também que eu achei estranho! - Bati na palma da mão e ele fez um expressão confusa - Jimin atendeu a ligação da Jana e você apareceu e convenceu ela de que tudo oque ele falava era verdade. Se você não conhecesse ele você teria sido o primeiro a pegar o telefone. Você não foi muito sutil... Sorte que a Jana é mais lerda que eu.

Seu sorriso de covinhas me fez sorrir e meu amigo finalmente me abraçou forte. Me apertando cada vez mais, como um pedido de desculpas Silêncioso e calmo.

Quando nos separamos ele caminhou até o sofá e eu me joguei ao seu lado. Ele me olhou de canto e riu, apenas abri um sorriso bobo e o vi revirar os olhos.

- Mas eu realmente não esperava que você voltasse para cá... Jimin me ligou dizendo que Taehyung havia decidido te deixar ao lado dele! - Ele virou para mim se supetão, realmente confuso e eu não me segurei e soltei um riso cansado.

- Ele me mandou embora.

- Como...?

- Ele disse que estava cansado de fingir algo, cansado de tentar algo que nunca daria certo, que ele só estava me usando.

- Oque você falou? Porque eu já sei de todas as vezes que você enfrentou os meninos lá.

- Kim Namjoon é tipo menina fofoqueira agora é? - Minha risada soou leve e ele riu. - Eu disse que tudo bem, ele estava me usando, eu estava usando ele, então não tinha problema nenhum.

- Está realmente tudo certo com você?

- Por incrível que pareça sim... Acho que os laços que estávamos tentando construir não eram fortes o suficiente... Nenhum dos dois tinha sentimento nenhum em relação ao outro... Não daria certo... Desde o começo ele me via como objeto e eu o via... Como um monstro... - Minha voz foi perdendo a força e Nam apenas acentia em Silêncio.

Ficamos nesse Silêncio por tanto tempo que o que nos acordou foi o celular estridente de meu amigo tocando.

- Vai querer ouvir? - Franzi a sobrancelha e ele me mostrou a visor do celular, o nome de Min Yoongi em letras garrafais brilhou e eu dei uma risada.

- Ouvir? Deixa eu falar primeiro, quero brincar com ele antes!

Namjoon riu e sussurrou um "que espírito ruim é esse que te passaram lá?!" e eu apenas dei de ombros, pegando o celular e deixando no viva voz, finalmente atendendo.

- Finalmente atendeu! Namjoon a gente tem que...

- Boa noite para você também Mim Yoongi. - Me sentei mais confortávelmente no sofá e Nam reprimiu uma gargalhada - Você nem se despediu de mim e agora está ligando para o meu melhor amigo? Que afronta!

- S/n...? - Ele estava em choque eu eu tentava reprimir a vontade de me acabar se rir, eu precisava me policiar, lembrar que Jana estava no quarto ao lado dormindo profundamente, e eu não deveria acorda-la. - Namjoon te... Contou?

- Ela descobriu sozinha. - Namjoon interferiu e eu soltei uma gargalhada.

- Eu não poderia esperar menos de uma ratinha curiosa... - Sua voz estava distante e triste - E vejo que está bem mais animada...

- Quem não ficaria feliz em voltar para casa?

Seu silêncio me fez crer que minha brincadeira havia chegado ao fim, tirei do viva voz e dei para Nam, o mesmo saiu da sala, e começou a demonstrar uma certa tristeza em seu semblante, mas oque quer que seja que Min Yoongi estava lhe contanto não me importava mais. Eu estava livre, feliz e longe de todos os meus problemas.

Mas algo no meu peito martelava... Eu estava completa de novo... Eu sentia isso... Ou eu fingia sentir isso... Eu tinha feito novos amigos que não poderia viver sem... Eu havia mudado minha visão de mundo e havia mudado as coisas sobre mim que eu percebi estarem erradas. Eu estava pronta para enfrentar o mundo... Mesmo sem as pessoas que haviam me ensinando a vencer as dificuldades dele...


Notas Finais


Espero que tenham gostado ^^. Oque vcs acham que irá acontecer? (Amo ler as teorias de vcs) até a próxima ^^


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...