História Teacher - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias Camila Cabello, Demi Lovato, Henry Cavill
Personagens Demi Lovato, Henry Cavill
Tags Camren, Demi Lovato, Justin Bieber, Romance
Visualizações 28
Palavras 1.625
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Festa, Romance e Novela, Violência
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


HEY, GUYS, ESPERO QUE VOCÊS GOSTEM ❤

Capítulo 2 - Pré festa


Fanfic / Fanfiction Teacher - Capítulo 2 - Pré festa

Demi Lovato

– Sabe que não pode mexer no celular no meio da aula. – O senhor Cavill vinha em minha direção vagarosamente, o que me gelar da cabeça aos pés. Todos da sala olhavam pra mim, a não ser as meninas que sentavam na frente, elas olhavam fixamente para a bunda dele. – Qual o seu nome senhorita ?

– Demetria ! – Antes que eu pudesse falar, Niall grita.

– Demi. – O corrijo.

– Por favor, me entregue seu celular !

Ele estende a mão. Olha para ela e depois olho nos olhos azuis dele. Contraio minha boca, demostrando que fiquei com raiva da situação. Eu sei que eu queria atenção dele, mas, não desse jeito. Me ajeito na cadeira, cruzo minhas pernas e entrego o celular na mão dele, sem tirar meus olhos dos seus. O professor Henry pigarra. Dando de costas ele volta para o seu birô, o que me fez ter uma bela visão traseira dele.

– Fodeu... – Lauren sussurra.

Respiro fundo para aliviar um pouco da raiava que eu estava começando a sentir. Pego o livro em mãos e abro o mesmo, folheando página por página, enquanto olhava para o professor por cima.

Depois de algum tempo, o sinal toca. Estava na hora de trocar de sala. A galera saiu toda de uma vez, o que fez ter um engarrafamento na porta de saída. O emaranhado de vozes dos alunos conversando estava ensurdecedor.

Passo na frente do birô em que ele estava sentado.

– Lovato ? – O professor me chama e eu paro rapidamente.

– Sim, senhor Cavill ?

Ele levanta os papéis e pega meu celular, entregando em minhas mãos.

– Desculpa, por te constranger, mas... como professor eu preciso puxar dos meus alunos.

– Não, professor, eu sei que essa é a sua função.

– Então... gostou da minha aula ?

– Tirando o fato de você ter tomado meu celular... – Dou uma curta risada. Ele também solta uma risadinha pelo nariz. – Gostei sim. Gostei muito de você também.

Nos encaramos por um tempo.

– Bem, agora eu preciso ir, tchau. – Digo saindo da sala. Suspiro me abanando com a mão. – Gostoso. – Murmuro.

...

Eu e o pessoal fomos para casa do Justin assim que as aulas acabaram. Hoje ele vai dar um a festinha, seus pais foram para Boston e toda vez que ele fica sozinho, uma festa acontece. As festas do Bieber são as melhores da cidade.

Combinamos que iriamos ajudá-lo com a arrumação.

Estava terminando de encher as boias de flamingo para jogar na piscina. Mesmo sendo a noite, a maioria da galera quando bebe, acabam na água, sem roupa nenhuma.

Sinto mãos entrelaçarem minha cintura e uma boca encostar no meu pescoço, o que me fez assustar, viro meu rosto para tentar enxergar quem era, mas a tentativa é falha.

– O que acha da gente transar hoje ? – Uma voz grossa aprofunda em meu ouvido, me fazendo ouriçar toda. A voz era familiar, porém não identifiquei imediatamente quem era.

– Larga ela, Keegan.

Camila joga uma das boias na piscina, ela tira o cabelo do rosto.

– Keegan, já te falei que não róla. – Tiro as mãos de minha cintura, dando um curto sorriso.

Ano passado eu Keegan Allen tivemos um lance, mas não foi nada sério, eram apenas ficas. Keegan não aceitou me ver com outro cara desde então, de forma possessiva.

– Qual é, me dá uma chance ?

Keegan implora com uma grande cara de pidão. Apesar de tudo ele tem olhos lindos,

– Desiste. Vou lá dentro ver se as bebidas estão na mesa de gelo.

Digo jogando meus cabelos e entrando de volta na casa, vendo que estava quase tudo pronto. Niall colocava o globo de luzes no meio da sala, Lauren estava a limpar o chão, Lucy colocava as ultimas garrafas de cerveja na mesa de gelo e Justin vinha correndo com uma prancheta nas mãos em minha direção.

– Demi, posso falar com você um momento ?

– Claro.

Fomos até a parte externa da casa. Justin e eu ficamos frente a frente, o que me deixava um pouco desconfortável. Justin é um galeguinho gostoso, ela sabia com seduzir uma garota. Nós nunca ficamos, mas, estamos em uma coisa platônica à meses.

– A meses eu desejo ficar com você, mas... – Ele faz uma pausa dramática. – Eu não sabia se você iria aceitar o algo do tipo.

– Você sabe qual seria a resposta se você me perguntasse. – Vou passando a ponta dos meus dedos na armação da cadeira de praia que ficava na beira da piscina. Camila estava ao fundo, enchendo as boias com a boca.

– O que você acha de hoje ? A gente pode ?

– Não sei.

Coço minha cabeça, enquanto faço uma caretinha.

– Que tal... – Justin envolve me minha cintura e me puxa para perto dele, deixando meu rosto bem colado ao seu. – agora ?

– Jus, eu...

Antes que eu pudesse terminar de falar, Justin me roubou um beijo. Meus olhos arregalaram automaticamente, eu fiquei firme no começo mas depois fui deixando meu corpo cair na tentação. Coloco meu braços em volta do seu pescoço. O nosso beijo aprofundava mais e mais, até ele pedir passagem com a língua.

– Eita, Giovanna !

Escuto Camilia gritar. De repente, ouvimos um estouro, o que nos fez parar o beijo imediatamente, Keegan segurava uma boia estourada na mão esquerda. Sua expressão era assustadora, ele ofegava de tanta raiva. Mas ele teria que aceitar que eu não pertencia a ele.

O loiro sai pisando fundo no chão pela sala onde aconteceria a festa.

– Keegan ?! – Chamo-o, estava prestes a correr atrás dele, mas, Justin segurou meu braço.

– Deixa ele. Ele tem que aceitar.

...

Saio do banheiro toda molhada, estava apenas enrolada na toalha branca. Camila e Lucy estavam esparramadas na minha cama, duas sem casa. Brincadeira. Elas já estavam vestidas para irem pra festa. Camila estava em um belo e colado vestido vermelho, seus cabelos tinham cacho abertos, já Lucy, estava vestida em uma saia rodada preta e uma blusa branca.

Enquanto a mim, não sabia o que vestir.

– O que foi aquele beijo seu com o Justin hoje ? – Camz pergunta jogando a almofadinha de emoji (😜) em mim.

– Para sua bruxinha.

– Espera, rebombina, você e o Justin ficaram ? – Lucy pergunta se levantando.

As garotas sabiam como me encher, elas usavam todas as táticas possíveis para me tirarem do sério, mas, apesar de tudo eu amo essas vadias, eu não sei o que seria do meu dia sem elas duas.

– Ele me roubou um beijo. E o Keegan viu e não gostou não.

Visto a lingerie rendada preta, pego um cropped também da mesma cor, vestido-o, pego um shorts rasgadinho jeans azul claro e visto, nos pés calço as botas cano curtos.

– Vocês... vão ter alguma séria ? – Lucy me pergunta vindo em minha direção, pegando o Gloss na penteadeira e passando em seus lábios.

– Não, acho que não. – Digo colocando as grandes argolas nas minhas orelhas.

– Gente ? – Camz vem até nós correndo. – Eu acho que eu estou afim de uma pessoa do grupo.

– Quem ? – Pergunto olhando para ela através do espelho.

Camila respira fundo e demora para responder.

– A Lauren.

Eu e Lucy nos viramos para olhar para olhar para ela. Um grande sorriso se forma em meu rosto.

– Para tudo, Camren, é isso mesmo ?

– O que é Camren ? Demi ?

– Camila e Lauren ! – Lucy explica por mim.

Gargalhamos juntas.

Henry Cavill

Estou tão feliz por ter dado tudo certo no meu primeiro dia de trabalho em San Diego. Eu morava em Londres com meu irmão caçula Cody Christian, mas nós dois decidimos vir para a Califórnia tentar algo novo aqui. Minha família é uma das mais ricas do mundo, mas, eu decidi que não iria depender dos meu pais pra nada. Eu daria grandes passos para contribuírem para meu futuro e seguir o meu sonho seria Um deles. Quando eu contei para eles que queria ser professor, um dilúvio começou a acontecer na minha antiga casa. Minha mãe se recusou a pagar minha faculdade, então eu trabalhei por três anos em uma lanchonete até conseguir um dinheiro suficiente para pagar metade da minha bolsa.

– Henry, você viu meu tênis ? – Cody me pergunta vasculhando tudo pela casa.

– Já olhou em seu closet ?

– Ainda não.

O garoto corre até o quarto.

Cody decidiu que iria morar comigo ano passado, quando ele completou 16 anos, ele não aguentou tortura psicológica da mamãe Cavill. Digamos que morar com ele tem sido uma experiência diferente, ver garotas entrando e saindo da sua casa toda noite é um saco, é daí que você pensa – Eu tenho trinta anos e fico com um mulher por mês, enquanto meu irmão mais novo fica com uma a cada noite. – Trágico.

Me sento no sofá, desfazendo o nó da minha gravata a jogando pro lado, começo a desabotoar a minha camisa, a abrindo e tirando em seguida.

– Achou ?

– Sim.

– Aonde vai ?

– Conheci um cara na cafeteria e ele me convidou para uma festa na casa dele, quer ir ?

– Valeu, mas, eu tô de boa.

– Anda vamos, vai ser legal ! – Cody implora. Aquilo me deixava sem paciência. – Agente precisa socializar, velho !

– Não sei se eu estou afim de ir para uma festa cheia de adolescentes. – Arqueio a sobrancelha.

– Quem sabe você não acha uma pessoa legal por lá ?

– Esquece...

Demi Lovato

A festa estava uma loucura, todos dançavam loucamente no meio da sala. Todos estavam ao som de God is a Woman. Já estava degustando dos palitos de cenoura, que até que estavam gostosos.

Olho para a entrada e vejo um garoto moreno de olhos azuis esverdeados entrar, nunca tia visto aquele garoto em San Diego, fico boquiaberta com aquilo.

Ai meu Deus, logo atrás dele estava o...

- Senhor Cavill ?


Notas Finais


Foi curtinho mas está apenas começando ❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...