História TEACHER: um amor proibido (Jin) - Capítulo 19


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jin
Visualizações 163
Palavras 869
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Ficção Adolescente, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 19 - Prometo ficar pra sempre ao seu lado


Fanfic / Fanfiction TEACHER: um amor proibido (Jin) - Capítulo 19 - Prometo ficar pra sempre ao seu lado

" eu estou aqui meu amor.." 

(...)

P.O.V (S/N)

Quando acordo do coma olho os arredores e percebo que estou em um quarto de hospital, e com uma parte do corpo enfaixado. Olho pra cama e vejo que Jin estava sentado numa cadeira encostado na cama, segurando minha mão enquanto dormia. 

Olho para o lado e vejo um ursinho de pelúcia encima de uma mesinha. O quarto estava vazio, apenas eu e Jin, me volto a olhar para ele e começo a acariciar seus cabelos, o mesmo logo acorda assustado.

Jin: (s-s/n)? 

Me olhando surpreso mas ao mesmo tempo com o sentimento de alívio.

Jin: Finalmente você acordou meu amor. - disse se levantando e dando um beijo em minha testa.

Jin: Eu te amo tanto, mas tanto.. tive tanto medo de perder - disse enquanto escorria lágrimas de seus olhos. 

(S/N): Pare de chorar seu bobo, eu estou aqui meu amor. - digo enxugando suas lágrimas.

Jin: Você não sabe a vontade que eu estou de lhe abraçar agora, mas não posso porque sinão vou lhe machucar.

(S/N): O que aconteceu mesmo? Só me lembro de ver uma moto vindo em minha direção, mas quando acordo estou aqui no hospital nesse estado.

Jin: A moto estava descontrola, então o motorista não conseguiu desviar por total de você,  entao acabou lhe acertado de lado fazendo você cair e bater a cabeça. 

Uma enfermeira entra junto com um médico no quarto.

Médico: Ah então você acordou, ótimo. Está aqui o resultado do exame. - disse entregando um envelope à Jin.

Médico: Você deve ser namorado dela certo?

Jin: Sim eu sou.

Médico: E o pai dela que estava aqui ontem?

Jin: Ele teve uns imprevistos, então teve que sair imediatamente.

Médico: Entendo.

Jin abre o envelope e começa a ler o papel de exame. 

Médico: Como você pode ver não é nada grave, ela só teve um ferimento no lado da costela pelo impacto da batida, sorte que o motorista conseguiu desviar um pouco, por que sinão o ferimento seria bem grave, teria até fraturado um dos ossos da costela.

Jin: Mas ela vai continuar internada? 

Médico: Só por essa noite, amanhã já será liberada, mas em casa terá de ficar cuidando de ferimento. Colocarei tudo na receita.

Jin: Sim senhor, obrigado.

O médico sai do quarto com a enfermeira, assim fico a sós com Jin.

(S/N): Como assim meu pai estava aqui ? E deixou você tomando conta de mim?

Jin: Ta tudo bem, eu inventei uma desculpa, disse que éramos amigos e que eu estaria disposto a cuidar de você, então ele aceitou.

(S/N): Ele não suspeitou que você era professor pela sua roupa?

Jin: Não eu já tinha trocado de roupa, quando ele me viu eu já estava com essa.

(S/N): Ah que bom, mas você passou a noite aqui ?

Jin: Sim, Assim que fiquei sabendo vim até aqui, porque liguei para o seu celular várias vezes e um enfermeiro atendeu.

(S/N): Você avisou a mais alguém?

Jin: Sim, para o J-Hope, ele disse que ia vim aqui lhe visitar.

Toc toc

J-Hope entra no quarto.

Jin: Viu, foi só falar nele. Vou sair um pouco, tô indo na lanchonete, vocês querem alguma coisa ?

Eu e J-Hope respondemos que não, então Jin sai do quarto me deixando a sós com J-Hope.

J-Hope: Você nos deu um grande susto hein sua danada.

(S/N): Foi mal. Mas me conta aí, você e a Yang, ela me contou tudo, fiquei muito feliz por vocês.

J-Hope: É eu sei ela me disse, eu ia avisar pra ela sobre você, mas daí ela ia querer vim na visita também mas lembrei que Jin estaria aqui, então não ia dar certo.

(S/N): É, acho que ela ainda não tá preparada pra saber .

J-Hope: Mas com ele aqui, você sabe que tão correndo grande perigo né, se alguém conhecido ver ele aqui com você? E seu pai?

(S/N): Papai já até se encontrou com ele aqui, mas ele conseguiu inventar algo.

...

P.O.V Jin 

Enquanto estava na lanchonete recebo uma ligação de um amigo meu professor.

Ligação on

Professor: Jin você está bem encrencado mesmo.

Jin: Como assim?

Professor: Você está tendo um caso com uma aluna não está?

Jin: ..

Professor: Cara que vacilo viu, e não é só eu que que está sabendo, se essa conversa se espalhar mais logo vai chegar nos ouvidos do diretor.

Jin: Eu sei, mas não precisa se preocupar, sei o que fazer se isso acontecer.

Ligação off

Depois voltei para o quarto que (s/n) estava e J-Hope já estava de saída.

(S/N): Tudo bem? Parece estar preocupado com alguma coisa.

Jin: Ta Tudo bem sim, é só impressão sua.

Não poderia falar pra ela, porquê assim ela ficaria muito preocupada comigo e com a gente.

Jin: Eu vou ligar para o seu pai, já estava quase esquecendo, ele disse que se algo acontecesse era pra eu avisar à ele de imediato.

Ligo pro seu pai e aviso que ela já tinha saído do coma e que já saiu o resultado dos exames.

Jin: Seu pai já está vindo para cá.

(S/N): Obrigada, e obrigada por ter cuidado de mim esse tempo todo.

Jin: Cuidarei de você até a minha vida inteira.

Dou um beijo em sua testa.

Jin: Agoda Preciso ir, seu pai logo vai chegar, melhor deixar vocês a sós, depois eu ligo pra você.

(S/N): Tá bom.

P.O.V (S/N)

Percebo que Jin estava diferente, algo aconteceu quando ele foi para a lanchonete e não quer me falar pra não me preocupar.

.....







Notas Finais


Lost Stars (BTS) ❤️


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...