1. Spirit Fanfics >
  2. Teacher's Pet >
  3. DOS - Anonimato's

História Teacher's Pet - Capítulo 3


Escrita por:


Notas do Autor


Olha, eu sei que disse que só postaria no fim de semana, mas é que não deu pra esperar kkk
Espero que gostem do adiantamento tanto quanto eu...
Boa leitura!

🍓🍑🍒

Capítulo 3 - DOS - Anonimato's


Algumas semanas depois da apresentação daquele professor haviam se passado e então finalmente as aulas dele começariam junto com os professores de outras matérias novas. Mas acontece que Nathalia e Isy não sabiam que as aulas dele seriam sorteadas por ser uma matéria que chamou bastante a atenção dos alunos, e os alunos que acabassem ficando de fora teriam de escolher outra aula para frequentar naquele período.

  Todos correram contra o tempo para tentar serem os primeiros na matéria do "professor legal" e isso resultou em uma bagunça de pessoas que brigavam por vagas que no final das contas seriam sorteadas. Mas mesmo sabendo das poucas chances que tinham, Isy e Nathalia não desistiram e tentaram a sorte em serem encaixadas naquela matéria, mesmo que as chances fossem quase zero por culpa daquelas menininhas que estavam interessadas no professor.

  Depois de entregarem o papel com seus nomes elas foram se sentar em algum lugar do pátio da escola. Isy ficava observando as pessoas que ainda entregavam sua folhas fazendo-a rir da vergonha alheia.

  - Nath, olha aquilo.- disse apontando para as meninas bringando - Elas estão brigando pra ver quem vai ser escolhida, e o sorteio nem vai ser feito hoje.

  Nathalia revirou os olhos para aquela cena ridícula.

  - Olha todo mundo sabe que o professor é gato pra caralho e que minhas pernas estão abertas por ele.- Nathalia disse sem pudor algum já que só elas duas podiam ouvir - Mas ninguém está colocando em consideração que ele é um PROFESSOR e que uma AULA pra dar. Essa é uma matéria importante e que todos deveriam ter. Mas a matéria dele não está tendo muita gente por ser importante, e sim por que ele é bonito e legal. Isso é muito injusto com as pessoas que querem essa aula.

  Ela tinha razão, e quem queria realmente ter aquela aula não conseguiu.

       

                           《...》



  Elas não conseguiram a vaga.

  - Eu não acredito nisso!

  O dia do começo das aulas novas havia começado e Nathalia ficou furiosa ao saber que não conseguiu aquela matéria. Mas ela teria ficado menos brava se tivesse ido para outra matéria que fosse um pouco legal também. Mas aquilo era o cúmulo, ela odiava aquela professora e não gostava de de desenhar obrigada, seus desenhos saiam apenas quando ela estava com vontade, e naquela aula ela teria de desenhar a todo o momento.

  Isy também acabou naquela aula, mas também não estava muito animada para aquilo, a única coisa que as deixava feliz era terem uma a outra. Isy já estava se preparando psicologicamente para ter um ano tedioso e cansativo mas Nathalia não conseguia aceitar aquilo.

  Ela passou o começo da aula fora da sala conversando com o coordenador usando toda a sua sonsice e persuasão para convencê-lo de que aquela aula mudaria sua vida e que por isso ela precisava estar nela. Mas o máximo que ela conseguiu foi garantir uma vaga para o próximo semestre. Quase conformada ela voltou para a sua sala e fez companhia para sua amiga enquanto viam aquela professora forçar uma intimidade em uma sala que dava para ver no rosto das pessoas que ninguém queria estar alí.

  No final das aulas, já no horário da saída Nath se despediu de Isy que foi para casa, mas ela foi fazer companhia para a garota com quem estava ficando a levando até o ponto de ônibus, ela estava conversando com a garota até ver alguém se aproximando em sua direção. Ela levantou o olhar e quase caiu com o susto que levou, ela provavelmente entrou em choque, mas ela sabia disfarçar bem quando queria então ficou plena e o chamou a atenção.

  - Olá professor. - ela o cumprimentou sorridente.- Sabia que eu e minha amiga não conseguimos entrar na sua matéria? - ela questionou em óbvio tom de indignação.

  - Não? - ele parecia surpreso. - Mas vocês por acaso se inscreveram na minha matéria?

  - Sim! Por isso estou brava. Nós escolhemos sua matéria mas tinha um monte de menina brigando por vaga só por ser sua aula. - mais uma vez Nathalia iria se fazer de sonsa e interpretar seu papel inocente - Isso foi super injusto, nós queriamos estar na sua matéria por ser algo que vai nos ajudar e é de nosso interesse. Mas graças as pessoas que escolheram sua matéria por sua causa nós não vamos conseguir.

  - Bem, na verdade vocês podem conseguir sim. - Eça disse pensando um pouco - Eu ví minha lista e têm mais duas vagas livres, quer dizer, três já que aquela sua amiga de cabelo curtinho vai sair da escola.

  Os olhos de Nathalia saltaram de seu rosto. Aquela notícia melhorou o seu dia em cem por cento. Naquele momento ela só queria correr pra casa e contar aquilo prara Isy.

  - Você está falando sério? Vai nos deixar trocar de sala? - ela ainda não estava acreditando.

  - Sim eu estou.- ele riu da desconfiança de Nath mostrando seu sorriso bonito. - Apenas entre na sala na quinta que vai estar tudo certo.

  - Ta bom, obrigada por isso professor. - nesse meio tempo a garota que estava com Nath já havia entrado no ônibus se despedindo dela antes. - Agora eu tenho que ir pra casa, até logo professor.

  - Eu também tenho que ir, vou dar aula em uma escola... que eu não me lembro do nome agora. - riu de sua própria confusão - Até logo e não esquece, quinta-feira.- ele acenou e deu uma piscadinha antes de seguir seu caminho contrário ao de Nathalia.

  Ela então foi direto para casa e contou tudo a Isy que ficou tão eufórica quanto ela estava. As possibilidades passaram por suas mentes ansiosas como um raio a cem por hora.

  Podia se dizer que elas pensaram em tudo que poderia acontecer a partir dalí. Mas isso não aconteceu realmente já que a única coisa que iria acontecer era justamente a que elas nunca pensaram ser possível.

    

                           《...》


  Quinta-feira havia chegado mais uma vez e Isy e Nathalia não poderiam estar mais agitadas, estavam ansiosas pela ultima aula mas o dia parecia querer vê-las sofrendo e por isso passar bem devagar. As horas pareciam se arrastar aos poucos e apenas a primeira aula pereceu ser um dia inteiro. Mas mesmo com a sensação de que as horas estavam demorando de passar a ultima aula chegou. Elas foram as primeiras a sair da sala e correr para a sala aonde teriam sua aula de mercado de trabalho.

  Quando chegaram na sala o professor ainda não havia entrado, mas já tinha poucos alunos alí que eram daquela turma, então elas esperaram um pouco do lado de fora e quando viram o professor chegando entraram na sala se sentando nas duas primeiras cadeiras da janela, do lado da mesa do professor.

  Ele relembrou algumas coisas da ultima aula para depois fazer a chamada, mas antes de começar o coordenador apareceu na porta e chamou o professor, as duas meninas olharam para a porta e viram outras duas garotas que elas sabiam que estava na outra turma da qual elas fugiram. Naquele mesmo momento ficaram com medo de dar algum problema paranelas ou para o professor. Mas então o professor entrou novamente e encostou a porta sem dizer nada para Isy ou Nathalia deixando-as mais tranquilas.

  Ele começou a chamada e elas ficaram esperançosas achando que seus nomes estariam na lista de chamada já que não havia acontecido nada minutos atrás. Mas as letras foram passando e nenhuma delas foi chamada, então começaram a rir talvez de nervoso, talvez achando graça ou um pouco dos dois. Então o professor olhou diretamente para elas e as observou rirem da situação.

  - Vocês duas.- ele falou em um tom sério fazendo elas pararem de rir no mesmo instante em surpresa. Aquele tom de voz já foi o suficiente para fazê-las tremer, mas ele não se contentou com aquilo fazendo um sinal com o dedo indicador e médio as chamando quando teve a atenção delas em sí.

  Elas se olharam compartilhando da mesma reação surpresa e abalada, foi como se elas tivessem trocado cem palavras apenas com aquele olhar que dizia tudo. Foram até o professor que sinalizou a lista de chamada, pedindo que elas assinassem o final da folha com seus nomes.

  E aquilo foi o suficiente para que elas não agissem normal o resto do dia. Quem visse de fora as acharia normais, mas elas sabiam exatamente que aquele simples gesto e tom de voz rodearia suas mentes pelas próximas horas, talvez dias.

  Depois que a aula havia acabado Nath se despediu de Isy como em todos os outros dias, mas antes de ir para sua casa ela encontrou com L.M. e pediu a ela o número do professor que ela tinha dês do primeiro dia que conheceram ele.

  Quando chegou em casa a primeira coisa que fez foi mandar mensagem para o professor, que demorou pouco para lhe responder.


"Desconhecido" : Você é a flor que eu queria poder beijar. ☹️
[1:26 PM]

                             silly hot teacher👅💦:  Quem é?                                                                       [1:32 PM]



"Desconhecido": A garota que queria poder beijar essa flor, oras.
[1:50 PM] 


silly hot teacher👅💦: ?????
[2:01 PM]

                   


"Desconhecido": KKKKKKK, é brincadeira.
[2:06 PM]

"Desconhecido": Só queria agradecer pela aula.
[2:06 PM]


                silly hot teacher👅💦: Como pode agradecer sem se indentificar ? Kkkkkk
[2:07 PM]



"Desconhecido": Agradecendo, ué.
[2:07 PM]

"Desconhecido": É só você saber que alguém está agradecido pela sua aula.
[2:08 PM]


                      silly hot teacher👅💦: Não vai mesmo se identificar?
[2:19 PM]



"Desconhecido": Hm... hoje não. Tenha uma boa noite professor.🙃
[2:21 PM]


Notas Finais


🍓🍑🍒

Ahh, gente eu também estou postando essa fic no wattpad, pra quem também usa por lá o meu user é jikookab0iol4

Podem rir, eu sei Kkkkk.

É isso gente besitos e até a próxima...


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...