1. Spirit Fanfics >
  2. Teddy e Victoire - Uma História de Amizade e Amor >
  3. Reencontro

História Teddy e Victoire - Uma História de Amizade e Amor - Capítulo 2


Escrita por: EPSantos

Notas do Autor


Olá nascidos trouxas, sangues puros e mestiços continua a fic

Capítulo 2 - Reencontro


Fanfic / Fanfiction Teddy e Victoire - Uma História de Amizade e Amor - Capítulo 2 - Reencontro

Victoire entrou no quarto em que Teddy estava na Toca, no segundo andar, depois que seus pais foram para o Chalé das Conchas, ela entrou furtivamente, mesmo que Teddy tivesse um sono pesado, ela não queria arriscar sua surpresa, fazia quatro anos que os dois não se viam, Victoire chegou perto da cama

– Teddy – ela chamou bem baixinho

O que ela ouviu como resposta foi um murmúrio de algo parecido com “Me Deixe dormir”

– Ok, te vejo quando voltar da França de novo

Ele rapidamente ficou de pé, e seus cabelos ficaram amarelos

– Victoire ! – ela o abraçou com muita força – Hey, tudo bem com você ?

– Claro, é só saudade de você

Depois de um tempo eles se soltaram do abraço e mesmo que fossem cinco e meia da manhã, ambos desceram as escadas para tomar café, não encontraram ninguém na cozinha, o sol já estava nascendo de modo que era possível ver a neve, os dois começaram a conversar sobre a estadia de Victoire na França e como era Beauxbatons

– Hey, estava me esquecendo – ela abriu a mochila que deixara no chão – tenho que te devolver uma coisa – disse enquanto tirava um ursinho de pelúcia da mochila

Teddy havia dado o ursinho à Victoire quando esta fora para a França, ele havia dito que o ursinho era para que ela não se esquecesse dele

– Nossa, você guardou essa coisa – disse enquanto apoiava o brinquedo no colo

Ela concordou com um aceno da cabeça, nesse momento Molly Weasley descia as escadas seguida de Gina

– Levantaram cedo hoje – Gina reparou no brinquedo no colo de Teddy – você já não está meio velho para esses brinquedos, Teddy

Ele imediatamente corou e seu cabelo adquiriu um tom ruivo

– Não, me diga que está pensando em virar um Weasley – disse ela fazendo Victoire rir

Teddy mostrou a língua para ela e começou a comer o mingau na sua frente, que acabara de ser servido pela Sra. Weasley, Victoire fez a mesma coisa ao receber uma tigela da avó, enquanto comia ela era bombardeada com perguntas sobre a França, a maioria delas feitas por sua avó, ela perguntava à neta sobre a comida francesa qaundo Teddy subiu as escadas juntou seus pertences guardando-os na mochila que trouxera para a Toca, ele desceu as escadas

–Estou indo – disse ele indo em direção à sala

– Achei que você iria ficar até o Natal – disse Gina

– Ah, não, mas eu volto para passar o Natal aqui

– Eu vou com você – disse Victoire se levantando com a mochila nas costas

Os dois foram via Pó de Flu para casa onde ele morava com a avó, chegaram lá por volta das sete da manhã, assim que Teddy saiu da lareira um cão pulou em cima deste e começou a lamber seu rosto

– Para! Para! Remo! – disse ele rindo

– O nome do seu cachorro é Remo ? – perguntou ela olhando para o garoto no chão

– É – ele se levantou

Uma senhora com uma idade nem tão avançada vinha na direção da lareira

– Teddy! Ah, é você – ela olhou para Victoire – Ah, olá Victoire

– Olá, Sra. Tonks

– Achei que iria ficar na Toca até o natal, aconteceu alguma coisa ?

– Não, só decidi voltar, mas vou passar o natal lá

– Imagino que já tenham tomado café

– Sim – responderam em uníssono

– Por mim iria até a Toca tomar café, acho que vou fazer isso, não acho que vou ao Caldeirão Furado, soube que agora eles tem um serviço de café da manhã – ela disse mais para si própria- Vocês não se importam de ficar sozinhos ? – ambos menearam negativamente a cabeça

– Ótimo ! – ela saiu da sala rapidamente

Teddy e Victoire foram para um quarto no final do corredor, quando Teddy abriu a porta do quarto Victoire se assustou

– Por Merlin, Teddy !!!

Não havia um centímetro das paredes do quarto, que não estavam cobertas por fotos

– Engraçado, quando Tio Harry entrou aqui, disse a mesma coisa – disse coçando o queixo

Ela foi diretamente para a foto com maior destaque, uma foto onde era possível ver uma mulher com cabelos rosa chicle um homem e um pequeno bebê cujos cabelos não paravam de mudar de cor, os três riam

– Esse é você ? – perguntou apontando o bebê na foto

– Sim, e meu pai e a minha mãe

– Você parece um semáforo nessa foto – disse rindo

– Eu não tinha muito controle das metamorfoseações, quando era um bebê

Ela continuou olhando as fotos enquanto ele guardava suas coisas

– Hey, está aqui é minha – disse apontando para uma foto próxima da cama

Na foto um Teddy de nove anos e uma Victoire de sete acenavam, agora ambos tinham respectivamente 13 e 11 anos

– Ah, sim é do dia em que você foi embora – ele se levantou de um salto os cabelos mudando para azul – Hey, por falar nisso você vai entrar no meio do ano letivo em Hogwarts ?

Ela meneou a cabeça positivamente e continuou olhando as fotos

– Por que você coleciona essas fotos ?

– Eu não sei, mas minha avó acha que é porque eu sinto falta dos meus, na verdade é só digamos curiosidade

– Você não sente falta do seus pais ?

– Já senti... Hey você não precisa voltar para o Chalé das Conchas ?

– Não vou ficar na Toca até o natal

– Você quer companhia para voltar para a Toca

– Não acho que vou passar o dia com você

Os dois passaram o dia na Casa dos Tonks, a tarde passou bem rápido e quando perceberam já era tarde demais para que Victoire voltasse para a Toca

– Sinceramente essas fotos se mexendo não dão medo à noite ? – perguntou Victoire enquanto Teddy monta uma cama de armar no canto posto do quarto para dormir

– Se você quiser o quarto da minha mãe e do outro lado do corredor

– Não obrigado não quero correr o risco, de acordar com Remo do meu lado – ela apontou para o cão no chão do quarto

– Boa Noite, Vic – disse ele se deitando

Remo subiu na cama onde Victoire estava e se deitou também

– Teddy! Teddy ! – chamou ela

Teddy roncou como se respondesse e automaticamente suas metamerfoseações se desfizeram deixando os cabelos castanho escuros

– Ok, você pode dormir comigo – disse ela para o cão que aparentemente dormira também

Ela também dormiu logo em seguida


Notas Finais


ficou bom ?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...