1. Spirit Fanfics >
  2. Teen Wolf (Tekook-Vkook) A.B.O >
  3. Entrando no cio

História Teen Wolf (Tekook-Vkook) A.B.O - Capítulo 14


Escrita por:


Notas do Autor


Tenham uma boa leitura 🤗

Capítulo 14 - Entrando no cio


Fanfic / Fanfiction Teen Wolf (Tekook-Vkook) A.B.O - Capítulo 14 - Entrando no cio

(Taehyung)

Acordei com uma leva dor nas costas, abri os olhos devagar e meu rosto estava colado com o de Jungkook, quando eu pensei em me mexer ele abriu os olhos e eu acabei caindo com o susto.


JK: Tae você está bem?

- Sim, apenas me assustei 

JK: Sou tão feio assim?

- Não Jungkook, você entendeu 

JK: Já são 8:04, se a gente correr conseguiremos pegar a segunda aula

- Ok, vou pegar uma escova e umas roupas para você, vá tomar um banho, pode usar meu banheiro

JK: Ok, obrigado


Jungkook subiu as escadas e eu fui fazer waffles, terminei e coloquei tudo em cima na mesa junto a dois toddynhos. Subi as escadas e entrei no quarto, separei roupas para Jungkook e para mim, peguei uma box nova para ele e desci as escadas. 


Minutos depois Jungkook desceu, ele já estava vestido e eu disse que tinha comida na mesa, tomei um banho rápido e me vesti, peguei meu waffle e já fui correndo até o carro com Jungkook. Chegamos na escola 8:48, como não dava mais tempo tivemos que esperar até a terceira aula na coordenação.


Quando o sinal tocou nós entramos na sala e muitos olhares caíram sobre nós de novo, Oliver estava na cadeira atrás da minha e parecia querer muito falar comigo, sentei na cadeira e ignorei a presença dele.


OL: Psiu...psiu Taehyung

- Pode por favor me deixar em paz 

OL: Taehyung eu quero pedir desculpas

- Não quero falar com você

OL: Mas eu quero falar com você


Fiz um sinal para Jungkook mostrando meu incômodo com Oliver, ele cochicou algo no ouvido de Jin que sentava na frente dele, Jin se levantou e como o professor estava de costas não viu nada, ele veio até minha cadeira.


Jin: Jungkook pediu para trocar de lugar 

- Obrigado


Levantei e sentei na cadeira de Jin, Jungkook pôs a cabeça em meu ombro para conversarmos sem que a professora ou alguém ouvisse.


JK: Ele ainda tá te perseguindo?

- Não quero falar com ele... Mantém ele longe de mim por favor 

JK: Pode deixar 

- Obrigado

JK: Disponha 


Ele deixou um beijinho em minha bochecha e eu fiquei corado. Quando o sinal tocou e fomos para o refeitório eu pedi para Jungkook que fosse comer comigo nas arquibancadas da quadra de basquete, pegamos nossas coisas e fomos direto para lá.


JK: Faz isso muitas vezes?

- O que?

JK: Comer aqui 

- As vezes sim

JK: Por que?

- Gosto de ficar sozinho as vezes... Obrigado

JK: Pelo quê?

- Por ontem, por ter ficado comigo e... Por ter cantado

JK: Não foi nada Tae, eu sempre vou estar aqui com você


Ficamos nos encarando por alguns segundos até ouvirmos uma voz conhecida.


OL: Você estava me traindo com ele não estava?

- O que? Não! E não tínhamos nada sério

OL: Mas era especial para mim

- Oliver você me agrediu! Acha que eu ficaria com você mais uma vez? 

JK: Deixa a gente em paz!

OL: A conversa aqui não é com você 

JK: Se você se aproximar do Taehyung não repondo por mim

OL: Então vem 


Eles começaram a brigar de novo e dessa vez foi pior, corri e chamei os professores que tentavam separar a briga, logo uma multidão de alunos nos rodeava até que finalmente eles se separaram.


- Jungkook, Jungkook calma (Passei a mão em seu rosto)

OL: EU AINDA VOU PEGAR VOCÊ JUNGKOOK


Ignoramos tudo e saímos da escola ainda em horário de aula, levei Jungkook até minha casa para cuidar dos machucados dele. Subimos para meu quarto e peguei a caixa de primeiros socorros.


JK: Aii

- Fica parado, pronto terminei 

JK: Obrigado

- Disponha

JK: Não vou deixar ele chegar perto de você de novo

- Tá bom mas agora deita aqui comigo, você precisa descansar


Deitamos e ficamos de frente um para o outro, fitei os lábios de Jungkook e percebi que ele era quem me beijava primeiro, eu estava desejando sentir seus lábios novamente então me aproximei e tomei seus lábios com um beijo.


Senti meu corpo queimar e então aprofundei o beijo mais ainda, nossas línguas brigavam por espaço, Jungkook me puxou e ficou no meio das minhas pernas, ele mordia e chupava meu pescoço com desejo, tudo que eu queria era meu corpo colado no dele.


(Jungkook)

Taehyung estava me deixando louco, só de estar alí com ele eu já queria me livrar daquelas roupas e sentir o seu corpo junto ao meu.


- Tae... Esse cheirinho de baunilha é seu?

Th: Eu não sei, só me beija por favor 


Parei e encarei ele por um tempo, o Taehyung que eu conheço não pediria isso, sua respiração estava acelerada, ele estava suando, sua pele estava um pouco avermelhada e seu membro estava duro... Taehyung está no cio... Levantei ignorando o cheiro doce que estava em todo o quarto e fui até a porta.


JK: Tae você está no cio, não posso ficar aqui

- Por que não? Vem ficar comigo Jungkook

JK: Taehyung esse é o seu lobo falando mais alto

- Por favor kookie, o TaeTae quer brincar com você


Taehyung falando daquela maneira e aquele cheiro... Se acalma Jungkook! Ele começou a se contorcer e então presumi que as dores já haviam começado.


- Tae eu vou cuidar de você até seus pais chegarem amanhã mas terei que ficar no andar de baixo 

Th: Por favor me ajuda, quero sentar em você Jungkook, por favor 

- Puta que [email protected] Desculpa Taehyung


Fechei a porta e fui para o andar de baixo, o cheiro lá estava mais normalizado e eu estou muito lascado, não posso pedir a ajuda de ninguém... Tenho que cuidar do Tae.


Preparei uma sopa para ele e ao anoitecer eu subi novamente até o quarto, ele ainda estava deitado e me olhava como se fosse me atacar, aquele cheiro era inebriante mas eu precisava me controlar, coloquei um algodão em casa nariz e até que ajudou um pouco.


- Senta, você precisa comer 

Th: Eu quero ser comido 

- ...Taehyung por favor, se comer eu te dou um beijo


Ele se senta e começo a dar a sopa em sua boca. Ver o pequeno naquela situação não era nada legal, o cio dele é bem pior que o meu então nem consego imaginar a dor que ele está sentindo. Ele terminou de comer a sopa e eu estava me levantando para ir embora.


Th: Você me prometeu um beijinho

JK: Só um


Me abaixei para beija-lo e ele me puxou para a cama, deixei a tigela cair com a velocidade que ele me puxou, tirou os algodões do meu nariz e eu não conseguia aguentar, eu queria muito fuder o Taehyung naquele exato momento, começamos a nos beijar e ele sentou o meu colo. Começou a rebolar sem parar enquando sussurrava besteiras no meu ouvido, o Taehyung é um filho da mãe mesmo.


Apertei sua bunda com toda minha força e ele gemia sem parar, eu estava prestes a ceder quando lembrei das palavras de Taehyung dizendo que queria perder a virgindade com alguém especial, eu não tenho esse direto, joguei ele para o lado e corri para fora do quarto, sentei no sofá e fiquei alí até meu juízo voltar.


Já eram 23:45 e Taehyung finalmente dormiu, eu deitei no sofá e fiquei imaginando como serão esses dias para ele, terei que inventar alguma coisa na escola e para o Jimin e o Hoseok. Em meio aos meus pensamentos eu adormeci.


[Manhã seguinte] 

Ouvi um barulho na porta e a mesma se abriu me dando a visão do senhor e senhora Kim.


Sra.Kim: Jungkook? O que faz aqui?

- Desculpe senhora Kim eu deveria ter avisado

Th: JUNGKOOK!

Sr.Kim: Por que o Taehyung está gritando desse jeito? 

- Ele entrou no cio

Sra.Kim: O QUE? Meu Deus, quando?

- Ontem

Sr.Kim: E quem cuidou dele? 

- Eu...

Sra.Kim: Jungkook eu agradeço muito mesmo mas agora você tem que ir, o cheiro dele vai ficar mais forte e você não irá aguentar

- Claro, a senhora está certa

Sr.Kim: Obrigado Jungkook, você é um menino de ouro

- Não foi nada 


Voltei para minha casa e notei que ainda eram 5:23, entrei sem fazer barulho e fui para o meu quarto, deitei na minha cama e dormi até umas 6:30. Acordei para me arrumar, fiz minhas higienes, tomei um banho, comi uma maçã e fui para o colégio.


O diretor mudou Oliver de turma graças a Deus, estávamos na aula quando algumas bolinhas de papel atingiram minha cabeça.


- O que foi?

Jm: Onde está o Taehyung?

- Aah o Taehyung? Ele...ele...ele está doente

Hk: Doente de quê?

- Gripe, uma gripe fortíssima, os pais dele me disseram hoje e também disseram que ele não pode receber visitas

Jm: Nossa sério? Tadinho do Tae

- Pois é


Voltamos a prestar atenção na aula. 


-x-


Dois dias se passaram e eu estava no corredor do colégio quando vi Taehyung entrar no banheiro, corri atrás dele e o menor estava se olhando no espelho.


- Tae?

Th: Jungkook (Me abraça)

- Como você está?

Th: Bem melhor, finalmente todo aquele desespero passou, aliás obrigado por cuidar de mim no primeiro dia, eu não estava bem...

- Eu percebi, vamos para a aula? 

Th: Vamos


Chegamos na sala de aula e Jimin logo pulou nos braços do Taehyung.


Jm: Tae meu amor, eu estava morrendo de saudades

Hk: Você está melhor???

Th: Sim eu estou 

Jm: Veio com o Jungkook?

- Não, nos encontramos no banheiro

Jm/Hk: Uhhhmmmm...

Th: Menos gente...


Fomos para nossos lugares.


Yg: Seu namorado voltou 

- Ele não é meu namorado

Jin: Não é porque você não quer 

- Não é isso, acho que Taehyung não está procurando um relacionamento

Yg: Será? Pelo que eu saiba vocês já têm uma amizade colorida

Jin: Isso é um bom começo

- Como você disse "começo", ainda estamos aí, nada de namoro por enquanto

Jin: Calma estressadinho


No meio da aula o professor pediu que eu e Taehyung encenassemos uma certa cena de Romeu e Julieta, no fim da cena nossos personagens se beijavam, nós ficamos apenas nos olhando sem saber o que fazer.


Jm: Beijaaaaa

Jin: Quero ver beijo

Yg: Só um selinho vai 

Hk: Tem que beijar

Prof: Garotos se vocês não se acalmarem mandarei todos para a sala do diretor, vocês não precisam se beijar a cena está perfeita, podem sentar


Taehyung e eu ficamos as aulas nos encarando e eu piscava as vezes o que deixava o menor corado e sem jeito. No final das aulas fomos todos juntos até o estacionamento, estávamos sozinhos já que quase todos os alunos já tinham ido embora.


Do outro lado do estacionamento Oliver estava vindo em nossa direção, eu não estava bem para brigar com ele então fiz questão de deixar uma coisa bem clara, puxei Taehyung pela cintura e o menor se assustou, colei nossos corpos e o beijei alí mesmo na frente dos meninos, ele não teve reação mas retribuiu o beijo aos poucos.


Oliver nos olhou com raiva e depois seguiu para dentro da floresta.


Jin: Uau, alerta de beijo Taekook 

Jm: Gente??? Assim do nada???

- Eu estava com saudade da boquinha do Tae

Th: Jungkook!...

Yg: Então, vocês estão namorando?

Th: Nos conhecendo... 

JK: E eu estou amando isso

Hk: Ei gente, quem topa ir numa lanchonete ótima que tem aqui perto?

Yg/JK/Jin/Th/Jm: eu topo


Fomos até a lanchonete e ficamos jogando conversa fora, eu observava Jimin e Taehyung fazendo uma guerra de batata frita, não sei porquê não pedi perdão ao Taehyung antes, com ele a minha vida está completa.


Notas Finais


Espero que tenham gostado 💜
Obrigada por ler 💜💜💜


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...