História Telemarketing - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Boku no Hero Academia (My Hero Academia)
Personagens Katsuki Bakugou
Tags Bakugou, Bakugou Katsuki, Comedia, Katsuki Bakugou, Telemarketing
Visualizações 33
Palavras 1.370
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Comédia
Avisos: Linguagem Imprópria
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


GENTE DO CÉU KSKSKSKSKSKSK.

Inspirado no vídeo de 2015 do cara atendendo o telemarketing(link nas notas finais)

História em homenagem a minha querida Zizi, hoje é aniversário desse serumano <3

Capítulo 1 - Capítulo único


Um dia que era para ser normal, acabou se tornando extremamente estressante.

Como? Com uma simples ligação de telemarketing e um toque de Bakugou Katsuki.

- Velha idiota, por que não liga ela e cancela essa merda?— Bakugou dizia ligando para o número de sua operadora de telefone. Ele estava sentado no sofá do dormitório, então não poderia se estressar, já que qualquer grito que desse, chamaria a atenção.

- Ei, bro, o que tá fazendo?

- Não tá vendo, cabelo de merda? Tô ligando para cancelar o plano.

- Você já cancelou algum plano na vida?

- Não.— Kirishima ri alto.

- Você vai se estressar, com certeza.

- Tsc, cala a boca.

- Olá, senhor, me chamo Horiko Sayaka, em que posso ajudar?— Uma voz feminina atende do outro lado da linha, sendo a atendente.

- Eu quero cancelar o meu plano.— Ele foi direto ao assunto.

- O senhor poderia me dizer o motivo de querer cancelar o plano para que nós possamos ajudar?

- O plano é uma merda.— Enquanto isso, Kirishima estava gargalhando atrás do loiro.

 Poderia ser mais específico?

Como sempre, Bakugou já estava perdendo a paciência.

- A internet do celular é lenta.

- Senhor, estamos com um plano novo com mais gigas de internet, o senhor teria interesse?

- Não.

- Mas senhor, o plano tem o dobro de internet do plano que o senhor já possui por um preço um pouco mais alto, por somente 500 ienes a mais.

- EU JÁ DISSE QUE NÃO ESTOU INTERESSADO, PORRA.— E se foi por água a baixo o pedido de Kirishima para que ele não gritasse mais cedo.

- Senhor, por favor não grite, já estamos aumentando o seu plano.

- MAS EU NÃO QUERO ESSA MERDA DESSE PLANO.

- Então o que o senhor deseja?

- Cancelar.

- Desculpe, senhor, não estou ouvindo, o senhor gostaria de um plano com melhor ligação?

- EU JÁ TENHO OUTRA OPERADORA.

- Mas senhor, cancelando o plano você perderia todos os pontos acumulados.

- NÃO TÔ NEM AÍ.

- Mas senhor, você já está a tanto tempo nesse plano, esse plano é muito bom e cabe perfeitamente no perfil do que o senhor geralmente paga.

- EU NÃO QUERO MAIS PLANO DAÍ NEM DE GRAÇA, CARALHO.

- Mas senhor, nós também temos o plano...— Enquanto ela continua falando, Bakugou grita por cima.

- NÃO INTERESSA.— Antes que Bakugou jogasse o celular no chão, ele entrega a Kirishima.— Cansei, cabelo de merda, resolve.

Kirishima —que até agora só fazia rir— pega o telefone.

- Moça, ele só quer cancelar o plano, por favor.— A atendente o corta.

- Mas nós também temos o site onde o senhor pode comprar outros planos, temos várias ofertas diferentes onde o senhor pode olhar...

Não é possível que essa pessoa seja humana...— Pensava Kirishima, enquanto a atendente continuava a falar dos planos.

Enquanto a mulher continuava a falar, Midoriya, Yaoyorozu e Todoroki entram na sala.

- O que está acontecendo?— Pergunta a vice-representante.

- Bakugou e eu estamos tentando cancelar o plano, mas a atendente não colabora.

Curiosos, os três se sentam nos sofás e Kirishima coloca a ligação no viva-voz.

- Moça, nós só queremos cancelar, só isso, cancela, por favor!

- ...

- Moça?

- Mas senhor, nós também estamos com outro pacote maravilhoso...

- NÃO É POSSÍVEL!— Gritava Bakugou ao lado do ruivo.

- Yaoyorozu, isso dá tanta raiva assim?

- Pode ser até pior, Todoroki-San...

- Kirishima-Kun, por que está cancelando isso para o Ka-chan?— Pergunta Midoriya.

- Ele ia jogar o celular no chão de raiva.

- Então, senhor, está interessado em algum desses planos?

- Não! O meu amigo quer cancelar! Só isso! Ele já falou que não quer nem de graça!

-... Senhor, nós estamos com um plano de internet que vem sendo muito comprado e é compatível com...

- NÃO INTERESSA! É SÓ CANCELAR! PELA AMOR DE DEUS, CANCELA.— Kirishima grita enquanto Midoriya e Yaoyorozu estavam caindo na risada e Todoroki estava tentando entender.— Meu amigo NÃO quer esse plano, ele já está em outra operadora.

- Poderia passar para ele, por favor?— Kirishima passa o telefone.

- Cancela logo essa merda.

- Senhor, quanto o senhor paga na outra operadora?

- NÃO INTERESSA, CARALHO, EU NÃO QUERO MAIS NADA VINDO DA OPERADORA DE VOCÊS! 

- ...

- Cancelou?!

-...

- CANCELOU, CARALHO?

-...

- NÃO ME OFERECE MAIS NADA.

-...

-...

- Senhor, nós temos um plano com mais benefícios e...

- CHEGA, CARALHO! DEKU DE MERDA, RESOLVE!

Ele dá o celular para Midoriya. O aparelho permanecia no viva-voz.

- Senhora, você pode por favor cancelar o plano? Acho que já ficou bem claro que o ka-chan não quer nenhum pacote a mais.

- Entendi. 

- Então vai cancelar o plano?

-...

- Senhora?

- Mas o senhor gostaria de cancelamento total ou migração para o pré-pago?

- Midoriya-San, me passe o telefone, por favor.— Yaoyorozu, mesmo em risadas, pede educadamente, tendo o telefone em mãos dado por Izuku.— Senhora, boa tarde. Aqui quem fala é Yaoyorozu Momo, amiga do dono do telefone, poderia por favor enviar o protocolo da ligação? Se pudermos falar com seu superior também seria ótimo, pois é totalmente contra a ética apresentar mil e um pacotes se o cliente não quer nenhum.

- É o protocolo da empresa, senhora, eu tenho que mostrar todos os pacotes que nós temos disponíveis. Inclusive, temos um que combina totalmente com o cliente...

Até mesmo Yaoyorozu tinha perdido a paciência com a atendente, não era possível uma pessoa ser tão insistente assim.

Enquanto Momo conversava e tentava cancelar o plano do amigo, Aizawa vê os cinco alunos reunidos alí e decide ir até eles.

- Midoriya, o que está acontecendo?

- Estamos tentando cancelar o plano do Ka-chan, mas a atendente não para de oferecer outros planos e todo mundo está perdendo a paciência.

- Estão tentando resolver isso a quanto tempo?

- O Ka-chan e o Kirishima-Kun estão aqui a mais tempo, mas eu, Yaoyorozu-San e Todoroki-Kun estamos aqui a 20 minutos.

- Yaoyorozu, me dê o telefone.— Ele pede, vendo uma veia 'saltar' da testa da garota de irritada, assim como de Midoriya, Bakugou e Kirishima. Principalmente os dois últimos. 

Aizawa sabia bem como era irritante ser atendido por telemarketing.

- Alô, eu quero falar com o seu superior agora.

- Senhor, eu acabei de falar com a garota, o meu superior não pode atender no momento, ele está extremamente ocupado.

- Nós também estamos, passe para alguém e envie a ligação, iremos reclamar de seu serviço.

- Mas senhor, eu só ofereci os pacotes da empresa que iriam ajudar o cliente a ter uma melhor experiência. O plano é ótimo.

- Não é você que decide isso, só cancele o plano.

-...

- Cancele.

- Mas nós estamos com uma promoção imperdível.

- ELA NÃO PARA!— Gritou Bakugou, Kirishima, Midoriya e Momo, Todoroki apenas observava quieto.

Até mesmo Aizawa tinha uma veia 'saltando' nesse momento, até que Yaoyorozu tem uma idéia.

- Aizawa-Sensei, me passe o telefone.— Curioso, ele passa o telefone para a garota, que passa para Todoroki.

- Não entendi, Yaoyorozu.— Shouto fala.

- Apenas converse com ela.

- O que pretende, Yaoyorozu?

- Apenas observe, Aizawa-Sensei.

- Alô?

- Alô, quem fala?

- Todoroki.

- O senhor é o dono do telefone?

- Não.

- Então por que está com o telefone?

- Porque me deram.

- Então no momento o senhor é o dono do aparelho? Ainda que cancelar?

- Cancelar o que?

- O plano, senhor.

- Eu tenho um plano?

- Sim, senhor, você tem um plano.

- Um plano de que?

Foi então quando perceberam o plano de Yaoyorozu: Fazer Todoroki irritar a atendente.

- Senhor, eu falei muitos planos.

- Eu ouvi. Mas os planos são para o Bakugou, não para mim.

- Se o telefone é dele, poderia passar para ele, por favor?

- Ele não parece querer falar com você.

- Então poderia ligar em outro horário, senhor?— A atendente pela primeira vez demonstra raiva.

- Não sei, tenho que perguntar ao Bakugou.

- Então poderia passar para ele?

- Não.

E assim, a atendente desliga no filho do herói número 1.

- Eu fiz alguma coisa errada, Yaoyorozu? 

- Não, você foi perfeito!





Notas Finais


História não revisada.

https://youtu.be/OFmdxhf2O-0


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...