1. Spirit Fanfics >
  2. Telepathy - Park Twins (JiKook) >
  3. Capítulo 33, Eyes Blue Like The Atlantic.

História Telepathy - Park Twins (JiKook) - Capítulo 33


Escrita por: RockMeKim e DinkieWinkie

Notas do Autor


Boa Leitura, preparem o lencinho. Nao pago terapia. 🍦🎲

Capítulo 33 - Capítulo 33, Eyes Blue Like The Atlantic.


Fanfic / Fanfiction Telepathy - Park Twins (JiKook) - Capítulo 33 - Capítulo 33, Eyes Blue Like The Atlantic.

Os garotos depois de tanto procurar acham um hotel. Esse nao era o problema. O problema é que eles nao conseguem entender o que a recepcionista esta falando, pois os Primos de Park foram comprar algo pra comer e deixaram os rapazes sem 'Eira nem Beira'.

-acho mais fácil abrir um tradutor automático. - Park sussurra para Hoseok.

-Não ferra Jimin, a gente ta se saindo bem sem eles. - Jung diz dando um peteleco no braço do menor; que revira os olhos negando com a cabeça.

-Eu tô vendo. - Minghyuk chega no balcão e começa a falar com a moça.

Os garotos ficam sérios.

-Ele sempre se metendo. - Jeon cruza os braços, se irritando.

-Ciumes? - Kim pergunta descrente.

-Não, tesão acumulado. - Jimin responde.

-Eu?! Pelo Minghyuk?! - Jeon arregala os olhos.

-Uhum. - Park concorda, rindo internamente. Estava apenas tirando sarro da cara de Jeon.

-Vai pra porra, Jimin, pelo amor de Deus como se eu quisesse esse Pirralho! - Jungkook o olha.

Park ri.

-e quem tu quer, Jeon? - O Menor pergunta provocativo, arqueando a sobrancelha.

-Você. - sussurra rouco rente a orelha de Park, logo indo ate Taehyung.

Jimin se arrepia dos pés a cabeça sentindo uma descarga elétrica passar por seu corpo.

-Ele deu o braço a torcer. - Jihyun se aproxima de Park.

-Ahn? - Jimin pergunta desnorteado.

Jihyun ri anasalado negando com a cabeça.

-Ele admitiu que gosta de você, é sua vez. - Jihy explica se encostando em Jimin.

-Minha vez? Eu ja admiti isso a tempos. - Park fala incrédulo.

-Quando? - Jihyun pergunta.

-No dia que a gente se beijou, eu deixei bem claro. - ele cruza os braços.

-"Claro" tipo? - pergunta o olhando.

-Ele é lerdo. - Jimin revira os olhos.

-Capaz, nem percebi. - Jihyun empurra Park.

-Vamos, já podemos ir para os quartos. Reservei por dois dias, depois eu vou falar com a minha amiga pra gente ficar na casa dela. - Minghyuk diz entregando a chave do quarto para Jimin. - é sua.

-Obrigada, e que amiga é essa posso saber? - Park agradece e pergunta.

-a casa das Escarlate. - Min responde.

-As meninas? A Haru, a Hannah, a Alice, a Akira, a Dinkie, a Robin, a Erika, a Elise, a Sofie, a Camilly... A casa das meninas? - Park pergunta.

-É, Jimin!

-Mas é muita mulher! - Park afirma com os olhos arregalados. - Não é mais facil procurar a casa do Derick? - Pergunta.

-Ele ta morando com elas, agora para com isso, são só garotas! - James fala e da um tapa na nuca de Park.

-Vamos para os quartos. - Kim fala acompanhando Hoseok.

Eles vao para os quartos.

-que tal a gente sair amanha pra conhecer melhor o lugar? - Jihyun pergunta a Jimin.

-experimentar as comidas daqui.. Hm, pode ser uma boa ideia, eu topo! - Jimin concorda.

-Okay então.

- Já decidiram quem vai dormir com quem? - Kim pergunta. - eu vou com o Hobi.

Eles estavam todos no quarto dos Parks decidindo qual quarto ia ficar pra quem. Eram quatro quartos pra oito pessoas.

Jimin, Jihyun, Minghyuk, James, Jungkook, Taehyung, Hoseok e Jin.

-Eu posso ir com o Jihyun. - Jin fala.

-Não, eu vou com o James. - Jihyun diz.

-O Junghyun vai ficar puto contigo. - Jeon diz.

-A gente terminou antes de eu vir pra cá. - Avisa, indo para perto de James com suas mochilas.

-Eu fico com o Jihyun então. Tchau. - Eles pegam suas coisas e saem do quarto.

Jimin, Jin, Jungkook, Taehyung, Hoseok e Minghyuk. Três quartos.

-Eu fico com o Taehyung e isso é óbvio, vamos. - Hoseok fala pegando as mochilas e dando no pé com Kim.

Jin, Jimin, Minghyuk e Jungkook.

-Eu nao vou ficar com o Minghyuk nem que me paguem! - Jeon fala.

-então... Eu fico com voce e o Jin divide o quarto com Minghyuk. - Jimin fala. - a nao ser que eu dívida com quarto com Minghyuk e voce fique com o Seok. - sorri ladino.

-Beleza, fechado. - Jeon fala dando as mochilas para Minghyuk. - vaza.

- Hey, nao pode mandar a gente embora! - Minghyuk diz.

-Na verdade eu posso porquê o quarto agora tambem é meu. Vaza daqui, Park Minghyuk! - Empurra Min pra fora do quarto. - Amém.

Jin ri saindo do quarto.

Jeon deita na cama, respirando fundo.

-Feliz que vai dormir na mesma cama que Eu, Jeon? - Park pergunta provocativo com os braços cruzados.

-Não ferra, Jimin. - Revira os olhos, se sentando na cama.

-eu to cansado. - Park se deita na cama, tambem, ao lado de Jeon.

-Tem que tomar banho. - Jungkook diz.

-Eu sei... Mas to com dor. Depois eu tomo. - Park suspira. Estava realmente com dor.

-Dor aonde? - Jeon olha para Jimin.

-Nas costas, no corpo, de cabeça, nos braços, pernas, pescoço, tudo...

-Vem cá. - Jeon ajuda Jimin se sentar e fica atras do menor. - Minha amiga uma vez me ensinou uma coisa que ate entao nunca me foi util... - ele começa a massagear as costas de Jimin, ajudando passar a dor. - Até hoje.

-Ah... Isso é bom... - Jimin sorri aliviado, a dor nas costas estava passando, Jeon sabia o que fazia.

-Tá gostando é? - ele pergunta.

-Sim, a dor ta passando... - Jimin gemia baixinho por causa do alívio que sentia cada vez que Jeon apertava um pouco mais suas costas, bem onde doia.

Jungkook satisfeito por conseguir tirar a dor do menor, acaba por sorrir. Sorrindo por estar gostando de ver a dor de seu garoto se indo por sua causa de sua massagem.

-Jungkook... Você... Parou de me chamar de Park. - Jimin fala. - Eu lembro que disse pra mim que só me chamava de Park porquê não se sentia "próximo" a mim o suficiente pra me chamar pelo nome. Agora, você me chama de Jimin. Se sente próximo o suficiente de mim? - Pergunta o olhando nos olhos, mordendo os labios pelo nervosismo, sentindo seu coração voar pela caixa torácica.

Jeon prende o ar por alguns segundos e o solta, como se estivesse formulando algo concreto para falar.

-Por tudo... Tudo o que eu já ouvi de você, por tudo o que já sei sobre voce... Nao quero ser mais uma pessoa a te machucar, nao quero. Quero ser alguem que vai te dar boas lembranças, eu, o Psicopata, quer te deixar bem, não quero te fazer mal, nao quero fazer nada que voce nao queira, nao quero ser mais um a te machucar, Jimin, quero ser alguem bom, por você, pra te ver bem tambem. Entao a resposta para sua pergunta é sim. Sim, eu me sinto proximo de voce; eu quero voce, Jimin. - Jeon responde sincero, o olhando, e solta o ar aos poucos.

Jimin fica estático, raciocinando o que Jeon disse.

-Voce... Me quer? Voce?! - Park sorri, se sentindo tonto. Jeon concorda. - Eu vou desmaiar... - Jimin põe a mão na testa. Ele realmente iria desmaiar.

-Park?! Aí Meu Deus... - Jungkook encosta no mesmo, vendo sua "febre". - 'Cê ta bem? - pergunta preocupado.

-A-aham... - Respira fundo, e abraça Jeon. Que se surpreende pelo ato repentino, mas retribui.

Os dois se olham. Jungkook se aproxima de Jimin.

Park sente seu coração queimar.

-Eu posso? - ele pergunta.

Park concorda com a cabeça.

-quero ouvir seu consentimento em voz alta. - Jungkook diz.

-Pode, Jungkook. - Jimin diz e sorri bobo, se aproximando de Jeon, segurando em sua nuca.

Jeon o beija, lentamente, calmo e delicado. Tudo o que Jeon nao era. As bocas se encaixavam perfeitamente, parece que foram feitas uma para a outra, assim como os dois. Jungkook pede passagem com a língua, Jimin cede.

Park fica por cima de Jeon, em seu colo. Jungkook posiciona sua outra mão na cintura de Jimin, como se estivesse segurando-o.

Alguem bate na porta.

-Hm... Jung.. - Jimin chama se separando. - a porta.. - Ele puxa o ar.

Jeon sorri bobo.

-Vai la ver quem é. - Jungkook fala se sentando na cama. Jimin sai do colo de Jeon e se levanta.

Abre a porta:

-O que tu quer, Jihyun? - Pergunta com os braços cruzados, olhando seu irmão.

-Minha mochila ficou aqui, dá pra mim. - Pede apontando pra mochila no chao ao lado da cama. Park vai ate a mochila, pega a mesma e entrega a Jihyun. - Obrigado, e Jimin, tua boca dobrou de tamanho, tu ta bem? - Pergunta preocupado.

-E-eu to bem, agora vaza daqui, já te dei a mochila. - Jimin manda, fechando a porta.

-Estúpido! - Jihyun da um soco leve na porta.

-Some! Vai la com o James. - Jimin grita, se encostando da porta, olhando para Jeon.

-Foi quase. - Jungkook diz rindo anasalado.

-Idiota! - Jimin ri e atira sua mochila em Jeon.

-Aí! 'sa porra é pesada, Jimin! - ele ri, colocando a mochila de Park no chão.

-Bem feito, quem mandou me zoar! - Jimin se desencosta da porta, indo ate Jeon, na cama.

-Tem que Tomar banho, tu ainda ta com dor? - Pergunta olhando Jimin. O Menor confirma.

-Meu corpo ainda dói... - Jimin se atira na cama.

-vem cá. - Jeon o puxa pra sentar. - Tira a camiseta. - ele pede.

-Pra que, Meu Deus? - Jimin pergunta o olhando.

-Massagem, eu tenho um óleo quente, pode ajudar. Agora tira a camiseta. - Manda, pegando a mochila, a abrindo e pegando o oleo. - nunca entendi pra que Jungsan tinha me dado essa coisa. Agora entendi.

Jimin sorri, revira os olhos e tira a camiseta.

-que marcas sao essas..? - Jeon hesita em perguntar.

-Cicatrizes... E marca das fitas que eu uso "barra" usava. - Explica.

-Fitas? Cicatrizes? Pode explicar melhor? - Jungkook pergunta/pede curioso.

-Cicatrizes na barriga por barras de ferro e de madeira, cadeiras, pedras... Já tocaram tanta coisa em mim... E as fitas sao pras costas. Eu tenho essa dor nas costas a tempo entao uso as fitas. Só que se ficar muito tempo elas grudam, e quando eu vou tirar ficar essas marcas que parecem que eu sai de uma sessão BDSM. - Park começa serio e ri fraco na ultima parte. Jeon ri junto.

-Parece Mesmo. - Ele concorda, começando a passar o óleo pelas costas de Jimin, dando uma sensaçao boa para o menor.

-É quentinho mesmo... - Park fala de olhos fechados. - é muito gostosinho...

Jeon sorri bobo.

-Que bom que gosta, significa que eu to fazendo direito. - Ele diz.

-Tudo que voce faz, sai bem. - Jimin diz. Na verdade ele pensou em voz alta.

-Bom saber, Park Jimin. - Jungkook sorri.

-Idiota. - Park xinga baixo.

Jungkook desse a massagem ate os braços do menor, massageando os músculos doloridos.

-Ta gostoso? Quer que eu pare? - pergunta preocupado.

-Nao não, pode continuar... Ta bom... - Jimin fecha os olhos, suspirando.

Jeon pede a Jimin que vire de frente pra si, o menor faz. Jungkook passa a massagear a cintura do menor.

-Quer que eu pare? - Pergunta o olhando.

-Jungkook, se estiver desconfortavel, eu vou te dizer. - Jimin avisa, passando confiança ao maior.

-Okay. - Jeon respira fundo, aliviado pela resposta do menor. Ele sobe ate seu peitoral, passando o óleo quentinho, esquenta a pele e o coração de Park. Estava sendo muito cuidadoso com si, deixando Jimin bobo, mais apaixonado do que ja estava.

Park se apaixonou primeiro, mas Jeon se apaixonou mais.


Notas Finais


Gostaram? Foi um capitulo maior que os outros.

Espero que tenham gostado.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...