História Tell Me New Life - Neagle - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias João Caetano, Neagle
Personagens Gabriel "Neox" Soares, João Caetano, Victor "Eagle" Trindade
Tags Ishow, Joãocaetano, Neagle, Viros, Youtubers
Visualizações 165
Palavras 2.782
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Ficção, Ficção Adolescente, Literatura Feminina, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


!!AVISO!!
Isso é uma história de fã para fã, então por favor, sem mimi. Obrigada, De nada e Boa Leitura.

Capítulo 1 - O Garoto Do Mercado!!


Fanfic / Fanfiction Tell Me New Life - Neagle - Capítulo 1 - O Garoto Do Mercado!!

- Olá pessoas, eu sou a Thay..

 - E eu a Lullah..

 - E você está no ThayLullah - a intro do canal não era novidade para os familiares que até achavam engraçado, mas no momento completamente envergonhados por estarem no  Aeroporto com elas falando mais alto que o normal.

 - Vocês não devem estar estranhando o local, sabemos muito bem o que se passa na cabecinha de vocês -  Thay falava com a camera como se de fato tivesse alguém, mas não tinha nada além de uma lente.

  - Como vocês sabem, ou não se você ainda não segue nós duas nas redes sociais. Nós sempre somos de viajar e todos estão acostumandos com esse cenario aqui atrás, mas hoje é diferente, é hoje que 'nois' vai pros inter viver la, meus dengo - por sua vez Lullah levantou os braços mostrando o largo sorriso em seu rosto. Logo o voo foi anunciado fazendo com que um periodo de silencio ocorresse.

 - Bom, vamos entrar no avião e quando chegarmos lá nós avisamos, bye bye - e a camera foi desligada.

 - Minha pequena gafanhoto - Dona Claudia, mãe/irmã mais velha de Thay a abraçou apertado - Nunca mais volte viu.

 - Nossa, quanto amor e carinho - Thay comentou rindo e se separando da irmã trocando algumas "ultimas palavras".

 - Se cuide e não apronte nada, não quero que volte sendo deportada Talulla - falou Dona Silvia, abraçando Lullah fazendo a filha rir.

 - Pode deixar mamãe, ligarei sempre que der - e se separou da mãe. As duas jovens se olharam sorrindo e sairam correndo até o portão de Embarque. Me Diga Uma Nova Vida para que possa ser feliz. 

 

 { Thay Onn }

   Assim que chegamos foi uma felicidade horrenda, depois de anos juntando dinheiro estamos aqui, FINALMENTE ORLANDO. 

Assim que saimos do avião fomos o mais rapido o possivel para a esteira das malas as pegando e correndo para a saida loucas para saber como são as coisas por aqui.

 - Até o ar daqui é diferente, Thay - Lullah falou olhando para o lado de fora do Taxi me fazendo rir fazendo  o mesmo.

 Não demorou muito e chegamos na nossa nova casa do qual loga chegaria mais gente. Nossas outras primas, Thamara e Alice, se mudariam aqui pra orlando pra morar com a gente, então a casa se tornaria aquela bagunça.

Assim que entramos vimos o quão grande era a casa, rapidamente corremos para procurar os quartos o que não demorou muito. Assim que achei um ele já tinha uma grande cama, uma escrivaninha, criado mudo e algumas prateleiras, além do closet. Mas logo depois de deixar as malas no quarto comecei a fuçar os cantos da casa, ela tinha cinco quartos, sendo que um deles seria o estudio de gravação das quatro (todas temos canais no youtube), em cada quarto tinha um banheiro, no andar de baixo tinha um banheiro, cozinha, sala de jantar, sala de estar, sala de cinema e um porão enorme de grande, além que na parte de trás tinha uma enorme piscina com vista pro lago que o condominio rodeava.

 - THAY, MULHER, SE NÃO ACREDITA - escutei Lullah gritar da cozinha enquando entrei de volta ela me apareceu com a cara de espantada.

 - Que foi menina?

 - A dispensa, ta vazia - falou me levando a rir.

 - Claro anta, temos que ir comprar alimentos, quer ir agora ? - ela afirmou com a cabeça rapidamente e foi pegar nossas carteiras enquanto chamava o uber.

Ao chegarmos no Wallmart ela foi direto na seção de doces enquanto eu fui na dos salgados pegando altos salgadinhos, planejando já intupir uma arteria quando, distraida do jeito mais Thamony possivel, acabo caindo e atingindo alguém que caiu em baixo de mim.

 - Mas porra, foi mal ai - cheguei logo no portegues mas logo corrigi - I Mean,... Ahm... Sorry.

 - De boa  - falou o guri em portugues e fiquei o encarando.

 - PÔ EAGLE, ta dificil pegar .... - um outro guri apareceu e eu logo rolei pro lado fingindo demencia. Levantei rapidamente que nem o tal Ealge (que não me era estranho), arrumei minha roupa e recolhi os salgadinhos pedindo desculpas de novo, sai andando rapidamente a procura da Talulla que estava com o carrinho. Assim que a encontrei coloquei/joguei no carrinho as coisas a assustando.

 - Que isso menina? Uso muito talco? - falou com a mão no peito.

 - Eu mal cheguei nos EUA e já fiz cagada, e sabe o pior? O cara era brasileiro, que vergonha pai - murmurei a ultima parte com a mão no rosto enquanto a morena ria - Não ri, eu cai em cima dele.

 - Era pelo menos bonitinho ? - questionou me fazendo rir falsamente.

 - Vamos comprar as comidas de verdade e vamos voltar, recebi uma mensagem da Lice que elas chegam hoje e como elas ainda não tem chave, precisamos estar em casa - ela aceitou e fomos fazer o resto das compras.

 

{Lullah Onn} 

Eu de fato sempre fui meio ruim em ingles, então Thay sempre falava por mim ou traduzia quando alguém falava comigo, isso tem que mudar seriamente.

 Assim que chegamos em casa fomos arrumar a dispensa, fazendo tal escutando Empty da Olivia O'brien e muitas outras musicas.

 - CORNAS MIZERAVEIS, TEM COMO ABRIR AQUI A PORRA DA PORTA - escutamos e fomos pra sala vendo elas na parte de trás da casa já que tinha como dar a volta. Abaixei o som enquanto Thay foi abrir a porta pra elas e ajudar com as malas. 

 - FINALMENTE, eu to morrida e triturada por uma manada de elefantes - praticamente gritou Thamara se jogando no sofá.

 - Cara, é muito grande - Alice, que muito ao contrario da irmã, falou simples e timida como sempre, olhando tudo ao redor.

 - Eu vi que na casa do vizinho tem Deque pro lago, por que o de vocês não tem ? - perguntou Thamara se levandou e andando pelos cantos da casa.

 - Sei lá - respondi voltando pra cozinha e fechando a porta da dispensa.

 - Mas o dono da casa disse que quando a gente quiser andar pelo lago de jet ou barquinho a gente pode ir pro deque deles - gritou Thay do banheiro.

 - QUEM QUER DA UM MERGULHO ? - gritou Thamara com os braços pra cima.

 - Nem dá, não tenho biquini nem maio - falei e Alice concordo, jurei que ia comprar novos, os meus já estavam capengas.

 - Eu não tenho, não gosto de piscina, praia o qualquer coisa que envolva eu ficar com minimas roupas - fato, Thamony odeia isso.

 - Qualé, vamo lá vai? Entrar de calcinha e sutiã é a mesma coisa que um biquini - falou e saiu correndo pro lado de fora da casa enquanto a gente ia correndo atrás dela tentando impedir, mas foi meio impossivel, quando vimos ela já estava apenas de calcinha e sutiã pulando do deque do vizinho. Todas nos olhamos e apenas eu e Lice fizemos o mesmo.

 - Vai Thay, vai ficar tudo bem - gritei, mas era impossivel colocar tal coisa na cabeça da mais velha.

 - Sabe que eu não gosto - respondeu e eu bufei saindo do lago e olhando pra ela.

 - Você vai por bem ou por mal - e logo em seguida e empurrei, dando um mortal logo em seguida, voltando pro lago.

Fazia uns vinte minutos que a gente tava ali, então resolvemos sair antes que os vizinhos ficassem bravos.

 - Espero que eles não estejam em casa - falou Thay tirando a camisa e a torcendo pra dentro do lago. Mas antes dela tirar o shorts pra fazer o mesmo vimos algumas pessoas correndo em direção da água, e todos garotos.- Bosta - Thay murmurou suspirando. Logo Thamara deu de ombros e saiu andando.

 - Pera ai dondoca, você que deu a ideia - Lice a puxou pelo elastico do sutiã a colocando na frente dela. - Its Was Her (foi ela) - falou e assim que todos viraram pra gente vi o rosto da Thay ficar que nem pimentão vermelho.

 - Isso, foi ela, tchau. - Thay foi saindo mas um deles saiu assim como os outros três.

 - Ei, você não é a garota do mercado ? - olha só, brasileiros. Thay praguejou baixinho e virou, ainda estando num estado de semafaro vermelho.

 - Ahm... *tosse*.. Oi.

 - Vocês são as pessoas que compraram a casa do proprietario ? - perguntou um mais baixinho.

 - Bom, acho que se estamos aqui, acho que sim né? - falei como se fosse obvio cruzando os braços.

 - Eai, moram aqui a muito tempo ? - perguntou Thamara e Alice ficou um pouco vermelha ao atrair olhares por conta da irmã.

 - Faz um mês mais ou menos - e o silencio reinou, era um tanto vergonhoso até porque o menino que Thay tinha esbarrado no mercado a encarava sem dó enquanto eu encarava sem dó o baixinho. 

 - Então - falou um menino mais moreninho - Se apresentar pode ser bom pro intestino né ? - comentou fazendo Alice rir, essa ri até com um cabrito parindo um bufalo.

 - Não, obrigado, vamos pra casa, temos que fazer muita coisa ainda - falou Thay e aceitamos indo atrás.

 - Eles não são feios não - comentou Thamara ao entrarmos em casa fazendo a gente rir, mas era um riso de nervoso. Isso vai ser interessante.

 

{Thay Onn}

Já era de madrugada, eu permanecia acordada por costume de ir dormir quando todos acordam. Estava assistindo umas gameplays no tablet quando bateu um fominha. Desci pra cozinha e comecei a me servir de cereal e café. Me sentei no sofá e continuei assistindo enquanto comia. Até escutar um barulho do lado de fora. Rapidamente parei o video e levantei, com o celular nas mãos fui indo até a porta coberta pela enorme cortina e puxei ela mostrando um cara com aparentava ter minha idade, todo encapuzado, aquilo me fez gritar que no impulso o cara saiu correndo, eu sai correndo atrás porque não so trouxa (pra falar a verdade so, mais queria saber o que ele queria) e quando vi, fuir parar no quintal do vizinho e acabei perdendo o menino de vista. Parei com a mão na cintura olhando pros lados, até sentir uma luz vindo em minha direção. Olhei pra ela e era os dois meninos de hoje cedo e pelo portãozinho as meninas apareceram com os braços cruzados tentando se proteger do frio.

 - Vocês estão bem ? - perguntou o garoto do mercado e eu aceitei.

 - Chegou a ver quem era a pessoa ? - perguntou o mais baixinho e aceitei de novo.

 - Ele tinha minha idade mais ou menos, era bem moreninho, mas não me lembro de mais nada. Vocês estão bem? - perguntei pras meninas que aceitaram.

 - Ok, apareceram de novo? - perguntou mais um de hoje cedo. Precisamos saber nossos nomes.

 - Sim, só que dessa vez ele foi na casa das vizinhas - falou o Tal Eagle.

 - Isso ta ficando serio - respondeu de volta.

 - Vamos pra casa, obrigado por aparecerem - falei mas Thamara me impediu de sair andando.

 - Nem a pal, tentaram invadir nossa casa, eu que não fico lá sozinha sem proteção alguma - cruzou os braços e eu a repreendi com o olhar.

 - Vocês podem passar essa noite aqui, se quiserem - falou um deles que eu sabia pois assistia. Ishow na Area galera.

 - É, também acho bom elas ficarem aqui, ele pode voltar. - falou outro apareceram - Bom se vão ficar aqui precisamos saber nomes - completou olhando pra Alice.

 - Eu sou a Thay, Essas são a Lullah, Alice e Thata.

 - Eu sou o Ealge, esse é o Neox, Viros e IShow - falou e logo eu e a Lullah ligamos os pontos. Eram eles, sabia que os conhecia de algum lugar.

 - EU SABIA, EU SABIA, se a gente tivesse apostado eu tinha ganhado - gritou Lullah como uma boa escandalosa.

 - Explicando o surto da coisa chata, é que a gente assiste o Ishow, tinhamos disconfianças - falei cruzando os braços e todos ficaram em silencio.

- Vamos entrar, tá frio - falou Eagle e todas aceitamos, a casa deles também aparentava ser bem grande, mas a questão: Onde domiriamos? Ou pelo menos, onde elas dormiriam?

Por um tempo ficamos na sala, tinha mais dois caras na casa, o Jão e o Caique, todos eram bem divertidos ezoeiros, mas chegou uma hora em que o sono bateu pra elas e la foram as meninas para dentro dos corredores. Já eu fiquei na sala assistindo mais alguns videos enquanto, pelo jeito todos foram dormir.

Quando vi tinha pegado no sono no sofá, uma pequena manta me cobria e pra falar a verdade, nem no sofá eu estava mais. Me levantei e comecei a desbaravar a casa. Meus Deus, minha cara deve ta horrivel.

 - Bom Dia dorminhoca - falou Thata que comia na bancada da enorme cozinha.

 - Cala a boca Thamara - reclamei me sentando/deitando na bancada.

 - Que horro, acordo de mal humor - falou Alice me levando a levantar o dedo.

 - Cade a Lullah ?

 - Ta cagando - falou e bem na hora Neox apareceu com Eagle gravando, me levando a me jogar no chão.

 - Parece que temos uma amiga que adora o chão, não é mesmo? - falou Eagle apontando a camera pra mim - Nos conhecemos assim, não foi?

 - Sim, mas você estava por baixo de mim no chão do Wallmart - falei aceitando a realidade e me levantando - Olá, Neagles. Aaah e eu exijo divulgação viu? Minha cara linda não pode aparecer nos canais assim não. Segue lá no Insta Thay_Chapada e vai lá no canal Thaylullah e aproveita pra se inscrever - falei já fazendo propaganda.

- Como assim, vocês divulga as garota que acabou de chegar e não o meu, sacanagem isso ai viu - falou João incredulo fazendo todo mundo rir.

 - Exato, elas são novas na Neagle House, bom, pelo menos por enquanto, precisam de mais reconhecimento - respondeu Neox levando todos a rirem.

- Isso, nós somos mais importantes que vocês, temos algo que você não tem - falou Thamara.

 - Peitos? - falou Matheus (Viros)

 - Nossa, Que isso Virão, isso é canal de respeito, vamo na calma.

 - Olha, eu ia falar utero mas isso também serve - retrucou levando todo mundo rir.

 - CHEGAY POVO, bora pra casa pra editar e... Oi - falou/gritou Lullah entrando na cozinha - Vamos Thay ?

 - Aham, falo rapaziada, até quando nois se esbarrar por ai de novo, vamos lá cabritas - falei me levantando e todas nos depedimos indo pra casa.

Já era lá pras cinco da tarde quando todas tinhamos postado videos depois de terminar da editar os que estavam pela metade. Hoje tava bem mais quente o dia, então estavamos todas no quintal de casa conversando e rindo feito loucas, até chegar no assunto mais falado: Os Vizinhos.

 - Eagle - falou Lice, que apenas parece ser santa - Nossa, stalkiei legal  o insta.

 - Fato, mas eu particularmente gostei mais do Neox - falou Thata nos levando a rir - Que foi?

 - Nada ué, só você e essa sua tara por garotos baixinhos - comentou Lullah - Eu fico na minha, pra mim tanto faz - continuou e eu concordei. - Por que concordou garota? Eu vi você e o Eagle mó no papinho na madruga.

 - Que isso menina, ta usando droga? Sabe que sou comprometida, nunca que eu faria uma coisa dessa.

 - Sim, mas que tipo de namorado é o seu que não vai te levar no aeroporto? Você e o Richard não tem mais cola amor, chega né?! Parte pra outra, até porque parece que o Eagle ta bem afim de você - terminou Alice e eu suspirei olhando pro nada as levando se entre olhar. De fato, meu relacionamento com o Richard não está dos melhores, mas eu ainda amo ele.... Né??

 - Pensou demais, ta gostando do Eagle - praticamente gritou Thata me fazendo tacar minha chinela nela.

 - Grita pra deus e o mundo mesmo cobra.

 - Então não é mentira? - retrucou Lullah.

 - Aff, tchau, não sou obrigada - me levantei e entrei pra dentro de casa.

 - OLHA SÓ QUEM FICOU BRAVINHA NÃO É MESMO ? - gritou Thamara já quando estava dentro de casa. Preciso beber urgentemente, socorro, minha cabeça ta uma bagunça.


Notas Finais




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...