História Tell Me You Love Me - Camren - Capítulo 67


Escrita por:

Postado
Categorias Camila Cabello, Fifth Harmony
Personagens Personagens Originais
Tags Camren, Comedia, Depressão, Drama, Romance
Visualizações 1.707
Palavras 1.161
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, LGBT, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yuri (Lésbica)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Boa tarde flores.

Capítulo 67 - Não cancele nada


P.O.V  Camila

Nos despedimos dos meus pais e da minha irmã quando avisamos que iriamos para a casa de Lauren, eu não sabia do que se tratava o assunto entre a minha noiva e o Mike, eu só não queria ficar longe da minha fazendeira, é tão ruim ficar longe dela. Assim que chegamos em sua fazenda, Lauren disse que ia se trocar para colocar uma roupa mais apresentável e eu fui para a cozinha encontrando a Clara e a Taylor fazendo alguma coisa, ambas se animaram ao me ver e a minha linda sogra disse que está preparando um bolo de chocolate com morango, fui ajuda-las com o recheio e ficamos conversando sobre receitas de sobremesa.

Assim que terminamos o bolo, nos servimos e nos sentamos na mesa para comermos, minha sogra cozinha tão bem, acho que quando como em sua casa engordo alguns quilos. Chris apareceu usando apenas um samba canção do Batman e se sentou ao meu lado, foi inevitável, acabei rindo daquilo. Parecia uma criancinha e estava gracinha, tinha que ser o meu cunhadinho mesmo.

- Que foi Mila? – Chris me olhou sem entender.

- Sério mesmo que você está usando samba canção do Batman? – Coloco a mão na boca para poder rir, já que tinha um pedaço de bolo.

- Ei, não me julgue – Chris bufou – Gosto de me sentir confortável.

- Meu filho não respeita mais ninguém – Clara negou com a cabeça – Fica mostrando esse abdome e samba canção pra Mila.

 - Mãe, não tem problema – Chris passou a mão na barriga- Mila adoraria ter esse corpinho, mas ela preferiu a minha irmã.

- E com razão – Taylor se intrometeu – Ela tem cérebro e você não.

- Vocês dois são comedias – Começo a rir ao vê-los se provocando.

- Eu não aguento mais, vou deixa-los no lixão – Clara comentou divertida.

- Você não tem coragem – Taylor disse convencida – Somos uns amores.

- Eu sou mais gato que a Laur – Chris murmurou e me olhou – Não é?

- Não sei de nada – Levanto as minhas mãos – Me tira dessa.

- Mila, Mila – Chris passou seu braço por meus ombros.

- Solta a minha noiva – Lauren apareceu fuzilando o irmão com os olhos – Opa, bolo.

- Coma amor – Levo uma garfada até a sua boca – Sua mãe cozinha muito bem.

- Não exagera, querida – Clara sorriu para mim.

- Está muito bom – Lauren me deu um selinho – Amor, quer ir lá comigo?

- Na onde?

- No quintal, um pouco afastado.

Aceno pra a minha noiva e fomos de mãos dadas para o quintal, Mike está bem afastado conversando com um cara cowboy, ele está usando aqueles cinto grande, botas, camisa xadrez e uma calça jeans meio suja de terra, na cabeça está com um chapéu grande e na boca tem uma palha. Nos aproximamos calmamente, Lauren apertou a minha mão e sorriu levemente para mim. Assim que chegamos, o meu sogro sorriu para nós e imediatamente nos apresentou.

- Billy, essa é a minha filha Lauren Jauregui, lembra dela né? – O senhor acenou com um sorriso – E essa moça linda é Camila Cabello, noiva de minha filha.

- Hey Lauren – Eles trocaram um aperto de mão – Prazer Camila.

- O prazer é meu.

- Vamos aos negócios? – Mike atraiu nossa atenção, o cowboy acenou.

- Vamos, como vocês tinham visto aquele dia, o terreno é grande – Billy começou – E é perto daqui.

- Isso – Lauren acenou – Imagino que vai ser uma fortuna.

- Eu não queria vender o meu terreno, mas estou precisando de dinheiro – Billy suspirou pesadamente – Tenho que pagar o hospital e se eu vender, conseguirei pagar as parcelas.

- Eu gostaria de parcelar, tem como? – Lauren perguntou.

- Bom, no máximo três parcelas – Billy fez careta – Nada mais que isso.

- Só? – Mike ficou de boca aberta – Mas é muito caro.

- Ou é avista ou três parcelas – Billy ficou sério – Se não, não temos um acordo.

- Mas...

- Deixa pai, eu consigo pagar – Lauren apertou o ombro do pai – Vou parcelar.

- Filha mas você tem tanto dinheiro assim?

- Tenho guardado no banco e eu quero vender meu gado – Lauren comentou.

- Trato feito? – Billy estendeu a mão.

- Trato feito – Lauren apertou a mão selando o trato – Onde posso assinar.

- Aqui.

Eu não estava entendendo nada, porque a Lauren quer um terreno e porque tão caro? A fazenda de seus pais já é tão grande, para que uma expansão? Fiquei vendo a minha noiva assinando um papel e logo ela sorriu para mim, a mesma veio em minha direção e selou nossos lábios. Minha noiva está tão feliz, agora fiquei curiosa, retribuo o selinho e me afasto pouquíssimo só para fitar o seu lindo rosto.

- Para que um terreno? – Perguntei sem aguentar a curiosidade.

- Bom amor, esse terreno que acabei de comprar, nele será construído uma linda fazenda – Lauren abriu um sorriso bobo.

- Fazenda? Mas para que outra?

- Porque agora iremos morar nela.

- Iremos? – Arregalo os olhos – Como assim iremos?

- Nós duas vamos morar, juntas – Lauren respondeu sem deixar de sorrir.

- Que historia é essa Lauren? Eu não me lembro de ter concordado com você sobre morarmos juntas – Coloco as minhas mãos em minha cintura.

- Camz...

- Me escuta, Lauren – Peço – Conversamos sobre essa coisa de morarmos juntas, falei que estava muito cedo para isso.

- Camila, nós estamos noivas, porque não?

- Só porque estamos noivas, não quer dizer que temos que morarmos juntas – Cruzo os meus braços.

- Eu não estou entendendo, achei que você me amasse.

- E eu te amo.

- Mas não parece, você não quer nada comigo – Lauren se afastou levemente de mim – Eu já disse que nunca vou te forçar a nada, mas você parece que não me quer ao seu lado.

- Amor, eu te quero muito – Dou um passo a frente.

- Eu achei que fosse gostar dessa surpresa – Lauren abaixou a cabeça – Poxa Camz.

- Eu quero que me entenda...

- Não, eu já entendi – Lauren me cortou – Você não quer e eu não vou te forçar...

- Amor...

- Me deixa terminar – Lauren me cortou novamente – Eu vou cancelar esse contrato, não vai mais haver terreno algum.

Lauren me deu as costas e foi para perto do Billy que fingia não estar nos olhando, Mike está de olhos arregalados e não tirava os olhos de mim. Abaixo a cabeça ficando envergonhada, sinto os meus olhos marejando e logo as primeiras lagrimas escorriam, porque eu tenho tanto medo do próximo passo? Achei que eu já estivesse melhor e pronta para estar ao lado de minha noiva, eu não posso ser assim para sempre. Eu tenho que tentar.

- Lauren! – Gritei pelo seu nome, ela se virou e eu vi o seu rosto avermelhado, os olhos marejados, eu tinha a magoado – Não cancele nada, eu quero morar com você, quero ter um futuro ao seu lado. Eu te amo, Lauren Jauregui.


Notas Finais


Jauregui ficou magoada, vai Camila, você consegue.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...