1. Spirit Fanfics >
  2. Tell me your request, I'll do it with a fetish 2 - Seongsang >
  3. Seja meu por uma noite

História Tell me your request, I'll do it with a fetish 2 - Seongsang - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


Bem, não tenho certeza se ficou bom, (fiquei em meio termo) mas tá ai. Espero que gostem, boa leitura ❤

Capítulo 1 - Seja meu por uma noite


Fanfic / Fanfiction Tell me your request, I'll do it with a fetish 2 - Seongsang - Capítulo 1 - Seja meu por uma noite

Yeosang havia ficado um tanto quanto surpreso com a ligação de Seonghwa, afinal o mesmo não gostava nem um pouquinho de si, afinal de conta ambos eram inimigos nos negócios. O mesmo retorna ao quarto com uma garrafa de vinho e duas taças em mãos, tinha uma feição calma

- A noite está tão bela, não está? - um sorriso se alasta pelos seus lábios enquanto levava a taça de vinho até sua boca, bebericando um pouco do líquido

- Vá direto ao ponto Park, o que exatamente você quer? Qual o real motivo de ter me chamado aqui? - Yeosang balbucia cauteloso olhando-o de soslaio

Seonghwa gostava do jeito com que Yeosang agia. Era uma pessoa de personalidade taciturno, mas sabia como agir diante a uma situação como aquela.

- Quero que seja meu submisso, mesmo que apenas por uma noite - o Park solta, ganhando a atenção do mesmo, que ergue a sobrancelha

- Você bebeu? Só pode estar brincando, eu estou indo embora - Yeosang levanta, começando a sair do quarto

- Espera, por favor - Seonghwa agarra seu pulso - eu prometo que depois disso eu te deixarei em paz

- Quem me garante disso? - vira pra si, puxando seu braço para soltar-se

- Confia em mim, eu te garanto que não vai se arrepender - Yeosang desvia o olhar para o chão, pensativo

- Ok, suponhamos que façamos o que me sugeriu, você irá desistir totalmente de comprar a minha empresa? - estreita os olhos - assim tão fácil?

- Sou um homem de palavra - Seonghwa suspira

- Certo, vamos fazer isso - desdenha

O Park sorri, estendendo a mão, tendo a do outro sobre a sua, então o puxa pra si, levando suas mãos até o rosto do outro, moldando-o. Junta seus lábios em um beijo calmo, cheio de significados para ambos.

Aos poucos Yeosang se soltava, levando suas mãos até a cintura de Seonghwa, agarrando sua camisa. O mais baixo sente a língua do Park tocar seu inferior, então abre a boca, dando passagem para a mesma adentrar sua cavidade.

Em meio a tropeços e esbarradas na parede, conseguiram chegar ao quarto novamente, Seonghwa deita o menor na cama, ficando por cima de si. Encerra o beijo com alguns selares, mordendo de leve seu inferior.

Desce os lábios para o pescoço alheio, deixando alguns selares molhados pelo local, enquanto suas mãos desciam pelo corpo bem feito deste, apertando sua cintura com uma força moderada, o fazendo arfar.

Alcança a barra de sua blusa, pedindo permissão com o olhar, este assente, então retira sua blusa com facilidade. Desce mais seus beijos, encontrando os mamilos durinhos e rosados deste, onde chupou com força, mordiscando de leve, fazendo o mesmo agarrar seus cabelos e gemer baixinho.

Traçou uma trilha pelo seu abdômen, parando no cós de sua calça. Então abre a mesma, o deixando apenas com a box preta. Sorri pequeno, o olhando de relance, notando que este estava corado, olhando para o canto do quarto, envergonhado demais para encara-lo.

- Ei, quero que olhe para mim enquanto faço isso - Seonghwa diz rindo baixinho ao ver o mesmo corar ainda mais

Puxa a box para baixo, retirando-a de seu corpo. Apanha o membro rijo deste, notando o brilho de excitação em seus olhos, atentos em seus movimentos. Desliza sua mão para baixo em uma lentidão torturante, o fazendo morder o lábio com força, arrancado um sorriso safado do Park

Aos poucos acelerava os movimentos, descendo e subindo sua mão com rapidez e afinco, circundado o polegar na glande avermelhada apenas para provoca-lo.

Não demorou a trocar pela sua boca, chupando com força, massageava suas bolas com a mão, se deliciando com seus gemidos e súplicas, vê-lo jogar a cabeça pra trás e agarrar seus cabelos enquanto gritava por si era algo de outro mundo.

Levou sua mão livre até a altura do rosto deste, o fazendo chupar dois dedos seu. Quando julgou estarem molhados o bastante, levou-os até a entrada do mesmo, enfiando-os de uma vez, arrancando um grito de surpresa dele

O dedava de forma certeira, surrando sua próstata diversas vezes. O menor tinha os olhos marejados, sua garganta doia de tanto gritar, mas a noite apenas estava começando

Quando o mesmo deu sinal de que iria gozar, Seonghwa parou o contato de imediato, olhando para a figura desleixada jogada em sua cama com um sorriso, se debruçando sobre si para alcançar o criado mudo

- Vira de costas e põe os braços para trás - diz com uma voz autoritária, sendo atendido de prontidão, então enlaça a corda em seu peitoral, envolvendo-a em praticamente todo seu corpo, deixando apenas suas pernas soltas

O empurra, fazendo com que este deitasse com o rosto enterrado no travesseiro, então sorri com a visão, sempre sonhou com aquilo, nem podia acreditar que era real.

Retira suas roupas, se colocando por trás de Yeosang, então agarra seu membro, colocando-o dentro do menor com facilidade, arrancando um alto gemido de ambos.

Logo começa a se mover de forma lenta, observando seu pau sair por inteiro e então enterrar-se na entrada apertada do mais baixo. Sua mente estava em branco, só conseguia arfar rouco e sussurrar palavrões, sentindo seu tesão aumentar a cada estocada

- Mais rápido... Por favor! - Yeosang diz baixinho, o olhando com dificuldade por cima do ombro

Sorri de lado, agarrando sua cintura, começando a investir com rapidez em seu interior. Ia fundo, a ponto de fazer Yeosang revirar os olhos em deleite, mordendo o inferior judiado com força

- Seong... Seonghwa-awn... Eu vou gozar - o mesmo mal conseguia falar por conta dos gemidos. O Park agarra seu pau, masturbando-o no ritmo das estocadas

O quarto pegava fogo, o suor deixava os corpos pegajosos e brilhosos, mas nenhum mostrava interesse nisso, queriam mais que tudo, chegar em seus limites.

O que não demorou a acontecer, Yeosang ejaculou na mão do Park, sujando-a junto dos lençóis brancos. Seonghwa também gozou, mas dentro do mesmo, estocando mais algumas vezes antes de deixar seu interior

Se joga cansado ao seu lado, ganhando um olhar confuso do mesmo.

- Não vai me soltar? - Yeosang esbraveja, o fazendo rir

- Não planejava, você fica tão lindo assim - o mesmo fica ainda mais vermelho, mas desta vez de raiva

- Anda logo! - Seonghwa levanta, desatando o laço, o libertando. Morde o inferior ao observar as marcas avermelhados pelo seu corpo, o fazendo corar - Você tá ficando duro de novo, gosta tanto de me ver assim?

- Você não imagina o quanto, que tal um segundo round no banheiro? - sorri lascivo


Notas Finais


Tô correndo com os pedidos pq tá cheio viu, fiz uma lista e sim, está enorme!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...