História Tem apenas sete dias! - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Suga
Tags Yoongi
Visualizações 3
Palavras 1.258
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oi pessoas.
Boa leitura.

Capítulo 1 - Capítulo 1


Pov Autora


S/N e Yoongi e casados a dois anos. O casamento deles era muito bonito, pelo menos no começo era assim. Viviam em plena harmonia, porém tem cerca de um mês que Yoongi havia mudado drasticamente, pelo menos ao ver de S/N

Yoongi voltava do trabalho tarde, a maioria das vezes, bêbado. S/N preferia não discutir, mas aquilo já estava a corroendo por dentro.

S/N estava deitada em sua cama, já se passava das duas da madrugada, mas ela não conseguia dormir. Sentia um vazio no coração. Sentia falta de Yoongi a seu lado, lhe esquentando nas noites frias. Sem ele ali, era tudo tão frio.

Queria que aquilo acabasse logo, mas tinha medo de falar com alguém. No final ela acabava guardando tudo aquilo para si. Pensava no que falaria para Yoongi, quando o mesmo chegasse, decidiu dar um ponto final naquilo tudo, assim que o marido chegasse.

Foi tirada de seus pensamentos, quando escutou um barulho vindo do andar de baixo. Levantou-se e desceu até a sala. Vendo Yoongi sentado no sofá olhando pro nada.

- Yoongi? Vamos subir?

- Não quero.

- Está bêbado de novo. Vem eu te ajudo. Quer tomar um banho.

- Quero dormir.

- Eu te ajudo no banho aí você vai poder dormir, ta?

- Tudo bem.

Yoongi levantou cambaleando um pouco, e S/N logo o abraçou pela cintura e o fez apoiar o braço em seu ombro. Por mais que estivesse chateada com o outro, não o deixaria ali jogado no sofá de qualquer jeito.

Subiram as escadas e foram para o quarto. Ao entrarem no comodo, S/N logo levou o outro para o banheiro. Tirou a roupa de Yoongi com um pouco de dificuldade, ligou o chuveiro e o colocou embaixo da água.

- Está gelado! - Yoongi reclamou ao sentir a água gelada cair em a pele.

- Eu sei, mas vai te deixar melhor. O que é isso o seu pescoço? - S/N perguntou vendo uma manchinha roxa no pescoço do outro.

- Deve ser alergia.  Senti sua falta. - Yoongi disse puxando S/N para si, a abraçando, mas logo separou o abraço, atacando os lábios da esposa.

- você está me ,molhando. - S/N disse ao se afastarem, porém Yoongi não lhe deu atenção, atacando o seu pescoço lhe dando chupões fortes. - Yoongi, deixa eu te dar banho logo. - S/N continuou, mesmo gostando muito do marido lhe dando carinho. Apesar de Yoongi estar bêbado, ela sabia que ele devia estar falando a verdade.

- Senti muito sua falta, sook.

- ‎Quê? Tudo faz sentido! Nunca pensei que você seria tão baixo! - S/N apenas disse isso e saiu do banheiro, deixando Yoongi sozinho no local.

A garota foi para outro quarto, onde se jogou na cama, e desabou em lágrimas. Doía tanto saber que seu marido a traía. Tudo parecia ter perdido o sentido. Agora mais que nunca, sentia-se insuficiente, e que não era boa o bastante, por isso Yoongi foi procurar em outra o que não achou nela.

Em meio a varias lágrimas e pensamentos ruins, pegou no sono.

Yoongi, pareceu perceber a burrada que havia feito. havia bebido aquela noite, mas não a ponto de não se recordar das coisas. Saiu do banheiro um pouco atordoado. Vestiu apenas uma cueca e uma calça de moletom e deitou na cama.

Virava de um lado para o outro, mas não conseguia dormir.  Pensava em tudo o que estava fazendo com S/N.

Saia mais cedo do trabalho para se encontrar com uma sócia. no começo discutiam apenas sobre trabalho, mas depois de duas semanas, os prepósitos eram outros. Os locais dos encontros também eram outros. Variavam entre o apartamento de Sook, algum motel, e as vezes até ficavam no banco de trás do carro de Yoongi.

No começo Yoongi sentia-se muito atraído pela garota, mais aos poucos foi percebendo que aquilo era errado, porém já estava muito envolvido.

Os dois não se viam a três dias. Yoongi estava evitando a amante. hoje havia chegado bêbado porque queria esquecer um pouco da outra.

Aquele banho gelado, o trouxe de volta a realidade e estava se sentindo um lixo, por ter feito aquilo com S/N.

A garota era tão carinhosa consigo, e mesmo chegando sempre chegando tarde, ela o ajudava a ir pro quarto, as vezes lhe dava um banho para dormir melhor.

Mesmo estando bêbado, ela mostrava o quanto o amava. Agora estava se complicando.

No outro dia, S/N levantou-se da cama e voltou ao quarto que dividia com Yoongi. O garoto estava dormindo, e ela agradeceu mentalmente por isso. não estava com vontade alguma de falar com ele.

Pegou uma roupa, foi ao banheiro e tomou um banho para tentar relaxar um pouco. Logo saiu do banheiro já vestida, e aproveitou o sono de Yoongi para pegar algumas roupas suas, e levar para o quarto onde estava dormindo. Após isso, desceu para tomar café.

Yoongi acordou sentindo sua cabeça doer muito. Foi ao banheiro, fez suas higienes matinais e desceu para a cozinha, vendo sua esposa comendo na mesa.

- Bom dia! - Yoongi disse se sentando na cadeira a frente da mulher, porém não teve resposta,  S/N ao menos ousou olhar em sua cara. - Tudo bem? - dessa vez a garota pelo menos o olhou. Yoongi viu que o rosto da garota estava inchado, coisa que o fez se sentir um monstro. - Deixa pra lá então. Vai fazer o que hoje? - Yoongi tentava a todo custo puxar assunto com S/n, mas ela simplesmente não lhe respondia nada. - Vai me ignorar até quando?

- Até eu encontrar outro lugar para morar.

- Quê?

- Eu preciso ficar um tempo longe de você.

- Eu não vou deixar você sair daqui?

- Você não manda em mim. E eu não quero mais viver no mesma casa que alguém, como você.

- Não fala assim.

- Como você quer que eu fale? Yoongi eu estou cansada! Eu me esforço para ser a melhor esposa possível. Não aguento mais isso, você saia todas as noites, na maioria chegava bêbado. semana passada, sua camisa estava com um perfume feminino, mas eu prefiri não brigar porque eu confiava em ti, e tinha certeza que você me amava e não iria me trair, mas ontem você passou dos limites. Eu suportava todas as noites que você estava fora, porque sabia que você precisava se divertir um pouco, só ficava no trabalho. mas acho que te dei liberdade demais, tanto que você esqueceu que é casado. Nunca pensei que você teria coragem de me trair,  sabe o quanto isso dói? 

- S/N me desculpa, eu...

- Não quero suas desculpas, quer saber, cansei de falar com você. - S/n levantou-se e Yoongi fez o mesmo. Ao passar pela sala, S/n sentiu uma tontura, e suas vistas começaram aficar embaçada e logo ela não viu mais nada. Yoongi ao vendo isso, correu, e conseguiu segurar a esposa. Yoongi pegou S/N no colo e a levou para o quarto, onde a deitou na cama.

Yoongi sentia-se culpado. A culpa de tudo aquilo era sua. revirou o quarto e a cozinha, até conseguir ter algodão molhado com álcool. Pegou o objeto e começou a passou no nariz da garota, e logo ela acordou, um pouco atordoada, mas assim que se lembrou de tudo que ocorreu, expulsou Yoongi do quarto, deitou em sua cama e começou a chorar.


Pov S/n


Não tenho palavras capazes de descrever o tamanho da dor que sinto em emu peito. Nunca imaginei, que Yoongi faria isso comigo.

Tem duas semanas, que estou sentindo enjoos frequente, e tem mais de um mês que eu e Yoongi tivemos nossa última noite, e ultimamente, não usamos mais preservativos. Será que estou grávida? 


Continua...


Notas Finais


Desculpa se tiver algum erro, não revisei.
Fiquem com Deus, e até a próxima.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...