1. Spirit Fanfics >
  2. Tempestade - Dramione >
  3. Passado ruim

História Tempestade - Dramione - Capítulo 7


Escrita por:


Notas do Autor


*DESCULPA, DESCULPA NÃO ME MATEM, OS PROBLEMAS VIERAM MAIS CEDO, ENTÃO VOU POSTAR UM HOJE PARA ME REDIMIR, MAS A PARTIR DE AGORA, OS CAPS VÃO SAIR TODO DOMINGO
*Esse cap está uma gracinha, primeiro vocês vão morrer de chorar e depois morrer de amores
* como sempre pergunta no final*

Capítulo 7 - Passado ruim


Fanfic / Fanfiction Tempestade - Dramione - Capítulo 7 - Passado ruim

POV. HERMIONE

- Então... – comecei – tudo começa no 8° ano do meu antigo colégio

 

FLASHBACK // POV. AUTORA//

Hermione 8° ano

       Aqui vemos uma Hermione de apenas 13 anos, uma visão completamente diferente da Hermione de 16 anos, ela usa moletom e calças largas, é a inteligente, mas não tem amigos, não sabe se vestir e sofre bullying.

       Ela sofre bullying do popular daquele colégio Viktor Krum, todas a garotas são apaixonadas por ele, e fazem tudo por ele, mas Hermione faz tudo por ele pois se não fizer, apanha no caminho de casa, dele e de sua namorada Fleur Delacour.

       Um dia Hermione estava voltando para casa com medo, ela não tinha feito o trabalho de Krum, e ela sabia o que acontecia quando ela fazia isso, no meio do caminho ela e sua namorada apareceram, mas um lindo ruivo impediu eles de baterem nela.

       Esse ruivo era Ronald Weasley, e ele era tudo para ela se apaixonou na hora, eles começaram a sair, e não demorou para eles começarem a namorar, no ano seguinte ela iria sair de Beauxbatons School, e iria para a famosa Hogwarts High School, mas durante as férias, ela teria que aprender um monte de coisas, se vestir ela já sabia, amava moda, agora ela tinha coragem de se vestir como gostava, mas agora ela tinha uma lista a seguir, dito que fazer e não fazer para construir sua reputação (e não estragar a do Ron)

                           A LISTA

Você já é bonita, então só falta se arrumar, nunca seja pega desarrumada. (seguiu)
Você será popular, então use roupas justas e apertadas. (não seguiu, ela é insegura com seu corpo)
Não se dirija a ninguém além de os grifos (não seguiu, mas Ron gritou e discutiu com ela, então ela seguiu)
Olhe com o ódio para os serpentes (seguiu com medo dele gritar de novo)
Não fale nas aulas, inteligentes não são populares (essa ela seguiu, se culpando)

 

Hermione 9° ano

   Ela entrou para a Hogwarts High School, mais conhecida como HHSC, seguindo as regras de Ron, que ela tanto odiava mas, ela era popular, então não se importava, lá ela não era agredida e tinha amigas, Gina irmã de Ron e Luna, elas se tornaram amigas rápido, e Harry se tornou um irmão, e as garotas e Harry gostavam dela independente de Ron.

   Ela e Ron brigavam muito, mas Hermione tinha medo, medo de ele bater nela, afinal até o 9° ano ela fora sem amigos e era agredida, esse ano passou rápido sem nada de interessante, apenas Ron discutindo com Hermione por nada.

 

Hermione 1° ano

   Esse foi um dos piores anos da vida de Hermione, foi o ano onde a maioria dos alunos estavam perdendo a virgindade e Ron queria que Hermione perdesse também, então ele falou com ela, mas ela não queria, ela estava com medo, e não se sentia confortável, mas Ron praticamente a forçou, gritou, xingou, ameaçou terminar, então ela aceitou.

   Não foi pela popularidade, que se dane a popularidade, foi por medo, Ron apesar de ter salvado ela, era igual a todos, vingativo, ele poderia se vingar dela, poderia mandar agredir ela e acabar com a sua reputação e dele ficaria intocada. Tinha medo de ficar sem amigos, que apesar de Luna, Gina e Harry gostarem dela apesar de Ron, Hermione não se tocava, ela era insegura.

   Depois disso a relação entre ela e Ron esfriou, ele só queria sexo e o apelido “carinhoso” que Ron deu para Hermione, era gostosa e ela odiava, achava que isso se limitava ao corpo dela, como se apenas o corpo dela importasse.

   E Ron estava mais grosso só andava com Hermione no colégio para reivindicar ela, mostrar que ela era sua e transava com ela, fora isso não faziam nada que casais normais fazem.

   E no final do ano Harry saiu, passando o posto de capitão do time para Ron, não sabia quem havia ficado mais triste. Gina, que tinha acabado de começar a namorar com Harry, depois de muitos anos um gostando do outro mas ninguém tomava atitude, ou Hermione, pois Harry tinha se tornado um espécie de irmão que ela nunca teve, era seu porto seguro, era quem acalmava ele quando Luna estava fora e não conseguia ver Gina que ou estava na biblioteca estudando para passar em direito, ou estava em casa mas Hermione não aguentava nem olhar a cara de Ron.

POV. DRACO

 

  

Hermione me contou a história e tudo que eu conseguia pensar era VAGABUNDO, DESGRAÇADO, IDIOTA, ABUSADOR, PROBLEMÁTICO, DOENTE. E agora eu conseguia entender o porque de Hermione sempre parecer se encolher quando eu ou Pansy gritávamos com ela em uma discussão, era culpa de um homem, ou melhor moleque. Acho que nunca fiquei com tanta raiva na minha vida. Eu deveria estar vermelho, pois Hermione olhou para mim preocupada

- Loiro? – disse me chamando pelo apelido

- Sim? – respondi com a voz dura e um pouco alto

- Fi-fiz algo errado? – perguntou quase chorando

- Merda baixinha, não é você, eu só estou com raiva desse filho da puta – respirei fundo e olhei fundo nos olhos dela – prometo nunca mais gritar com você baixinha

- Obrigada – ela secou os olhos com as costas da mão

- Agora vem cá – disse puxando-a para um abraço

       Ela veio me abraçar e acabamos deitando,  e vendo um filme, eu me deitei e ela deitou a cabeça no meu peito e abraçou meu corpo enquanto passei o braço pelo seu pescoço e assim ficamos até tarde, era mais ou menos 01:00 e ela estava adormecida no meu peito, esse negócio de ser calmo e delicado era novo pra mim.

- Baixinha, acorda – disse levantando-a delicadamente

- Hmm, tô acordada, loiro – disse esfregando os olhos

- Seus pais não estão preocupados? – disse seriamente, o telefone não tocou nenhuma vez

- Se eles se importassem seria o impressionante – disse bufando – eles viajam a negócio e ficam em casa uma vez por mês quando eu não estou

- Outra coisa em comum, pais ruins – disse sorrindo e ela riu sonolenta

- Você me deixa em casa? – perguntou

- E você tem dúvida? – disse me levantando

       Ela se levantou, mas estava sonolenta demais, e quase que dormindo em pé, bufei e fui até ela, pegando-a em estilo noiva, ela era pequena e leve e eu era alto e forte, era mais fácil assim. Ela agarrou o meu pescoço e se encolheu no meu colo, tentei não pensar no que ela estava usando por baixo do vestido e meu pensamento voou para Ron.

       Ela usava roupa curta assim porque ele mandou, o ódio que eu estava sentindo agora era enorme, principalmente com a visão que eu tinha dela agora, ela era forte, mas toda armadura tem seu ponto fraco, e Ronald achou, suas inseguranças.

       Botei ela no banco do passageiro, e fui direto até sua casa, ela estava “acordada”, então me deu um beijo o canto da boca, acredito que foi pelo sono, foi até a porta e me deu tchau, e entrou por aquela porta. Fui até minha casa, ciente de que ia ter bons sonhos.

 

POV. HERMIONE

      

 

       Quando cheguei em casa, perdi o sono, era como se faltasse algo para eu conseguir dormir, então fui tomar meus remédios. Desde sempre eu não durmo bem, e achei muito estranho eu conseguir dormir tranquilamente na casa de Draco.

       Quando disse seu nome, a primeira imagem que veio na minha cabeça foi quando fomos assistir filme e ele tirou sua camiseta. Draco tinha um corpo que eu tinha certeza que foi esculpido pelos deuses, ele era alto, quase 1,90, ele era magro, mas não magricela, ele era forte, tinha um, aah, tanquinho marcado, não sei como ele consegue, céus Hermione! Para de pensar nisso, botei meu pijama e dormi sem sonhos, graças ao remédio


Notas Finais




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...