História Tempo ao Tempo - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Yuri!!! on Ice
Personagens Victor Nikiforov, Yuri Katsuki
Visualizações 23
Palavras 682
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ficção, Lemon, Literatura Feminina, Musical (Songfic), Romance e Novela, Shonen-Ai, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 1 - Victor Nikiforov


Fanfic / Fanfiction Tempo ao Tempo - Capítulo 1 - Victor Nikiforov

Toc toc toc!

"Mas que saco, nem um minuto de paz"

*Um suspiro*

-Entre

Em um abrir de portas vi minha secretária anunciando que os relatório da última semana de venda estavam prontos para ser analisados.

Lucy sempre estava do mesmo jeito, suas roupas sociais pretas ou marrom,  seus cabelos tom de mel amarrados para trás e um óculos que não realçavam em nada seus olhos esverdeados, já tinha me acostumado a ver tal coisa.

- Nikiforov, suas reuniões foram canceladas como pediu, mas deve realizá-las assim que puder, as vendas desses mês não foram tão boas quanto do mês passado.

-Sim, sim! Marque-as para próxima semana, preciso de um descanso dos bons.

Vi Lucy sair do mesmo jeito que entrou, minha mente estava aérea pensando em coisas aleatórias, não iria me concentrar em uma reunião agora, precisava realmente de uma pausa. Me sentia tão estranho quando me pegava ficando irritado por apenas toques na minha porta.

Era próximo às 14:15 quando resolvi sair da sala e ir almoçar em algum restaurante, não aguentava mais comer a mesma coisa só pra conseguir adiantar o trabalho, desse jeito morreria por falta de vitaminas.

Entrei em um restaurante que ficava a 10 minutos da empresa, era um que eu gostava bastante, sempre ia até ele quando precisava comer algo decente, era pequeno com poucas pessoas e uma aparência simples, em tons de marrom e cinza, mas era tão aconchegante, me sentia bem ali, sentei e logo fiz meu pedido.

Na entrega de me meu almoço veio um rapaz diferente, um novato. Era japonês, cabelos negros, olhos castanhos e usava um óculos tão ridículo quanto os de Lucy, como odiava aqueles óculos! seu olhar era nervoso e assustado, ele estava atrapalhado, e um pouco corado, acho que era seu primeiro dia. Após o almoço resolvi pedir uma água antes de sair, e o mesmo japonês veio me entregar a água e um pouco de vergonha, afinal ele tinha que tropeçar e cair com o copo bem em cima de mim. Maldito!

- Me-me desculpa, eu real....

Me virei e olhei para ele, em um susto ele parou de falar, será que eu teria olhado bravo? Sem querer?

- Ugh, preste mais atenção, garoto! Mesmo que seja um novato tenha cuidado, vou relevar só dessa vez!

- Por favor, me desculpe realmente, eu não queria, eu posso dar uma toalha, se quiser deixamos o almoço por conta da casa também!

Eu fiquei desconcertado com o olhar que ele me dava, sei que era temperamental às vezes e as pessoas tinham receio disso, mas ele era a primeira que me olhava com tanto pavor, o que eu havia me tornado?

Suspirei e com mais calma aceitei a toalha. Fui levado até os fundo pelo japonês, ele me entregou a toalha ainda me pedindo desculpas.

- Olha, não precisa ficar tão apavorado, acidentes acontecem principalmente em primeiros dias assim, não estou bravo nem nada do tipo.

- Eu, eu sinto muito!

Seu olhar era triste e sem brilho, mas não parecia que era apenas pelo acidente de outrora.

- Como é seu nome?

- A-ah o meu? Meu nome é Yuuri Katsuki

- Yuuri em? O meu é Victor, Victor Nikiforov.

- Ni-Nikiforov? Das empresas Nikiforov music? Meu Deus é um prazer te conhecer, eu amo o trabalho de vocês!

Por um momento fiquei perplexo, ele conhecia a empresa por ser nacionalmente famosa e perto do restaurante ou ele realmente gostava das músicas produzidas ali? Seu olhar agora brilhava com um cãozinho que sabia que iria sair pra passear e isso me dizia que era a segunda opção. Era diferente e no mínimo intrigante, seu sorriso mais ainda, era pleno e divertido, não se parecia nada com o Yuuri assustado de minutos atrás, como alguém mudaria assim em pouco tempo?

Terminei de me secar, e agradeci, ainda ouvindo alguns pedidos de desculpas. Me despedi do gerente e de Yuuri e sai dali com o pensamento no que aconteceu, e no sorriso do rapaz, aquilo mexeu comigo e não sei porque, mas de qualquer forma aqueles pensamentos acabaria rápido com toda papelada que tinha pra resolver. Aaaah como aquilo era chato, bem pelo menos algo de diferente tinha acontecido aquele dia.


Notas Finais


Essa é minha primeira fanfic, relevem qualquer erro! Aproveitem!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...