1. Spirit Fanfics >
  2. Temporada de férias >
  3. Capítulo 6

História Temporada de férias - Capítulo 6


Escrita por: Flowernight

Notas do Autor


OIEE GENTE BONITAAA!! Vim postar os três capítulos especiais!!!
Espero que gostem!!
BJOSS!!

Capítulo 6 - Capítulo 6


POV PAULÍCIA

Era uma manhã de sol, e a maioria da equipe roxa estava dormindo. Somente Majo, Paulo e Alicia estavam acordados. Majo ainda arrumava seu cabelo no quarto, Paulo e Alicia se dirigiam para a lanchonete. Falavam de assuntos variados como skate, esportes, músicas...

Paulo- Então Lilicia, que tipo de música você curte?

Aly- Lilicia Paulo? Que é isso?

Paulo- É o seu novo apelido! Mais agora, vai, responde a minha pergunta!

Aly- Hum, sei, ok...

Paulo- Respondee...

Aly- Tá. Eu gosto de vários tipos de música mais gosto mais de pop.

Paulo- Hum, legal.

Chegamos na lanchonete e ela ainda estava fechada. Também, eram 6::00 da manhã. A lanchonete provavelmente abriria depois. Vendo que estava fechada, foram para debaixo da árvore que havia na frente do lago.

Paulo- Lilicia, fecha os olhos um pouquinho?

Aly- Pra que?

Paulo- Fecha logoo! Por favor!- ele fez juntando as mãos e fazendo beicinho

Ela o olhou tentando fazer uma cara de pensadora, e respondeu.

Aly- Ok.- ela se fala por vencida. Ela fecha os olhos e vira para o lago.

Depois de um minuto e alguns segundos, Paulo fala:

Paulo- Pronto! Pode se virar.

Ela se vira e vê escrito na árvore: “Paulo e Alicia”

No momento Aly fica estática e não sabe nem como reagir. Ela chega perto da árvore e a observa e logo depois percebe que Paulo está em sua frente mais ainda sim um pouco longe.

Aly- O que é isso Paulo?

Paulo- Qual é Aly, eu sei que você também quer isso.- ele fala se aproximando dela

Aly se encosta na árvore.

Aly- Como você tem tanta certeza disso Guerra?

Paulo- Te conheço Gusmam.- fala ele parando em sua frente

Os dois corações batendo forte, um em sincronia com o outro. As respirações podiam ser ouvidas por ambos.

Em um sussurro meio desesperado, Aly fala: “me beija...”

Ouvindo aquilo Paulo pega em sua cintura e eles começam um beijo apaixonante e parcialmente calmo.

POV MARILINA

Marce ainda dormia e Mário havia levantado. Fez suas higienes, deu um beijo na testa de Marce que ainda dormia e saiu para caminhar. Caminhou por um bom tempo até que resolveu sentar no banco em frente ao borboletário. Olhando para o borboletário, lembrou do que havia acontecido no dia anterior. Lembrou também que hoje era o aniversário da Marce e logo pensou: “PUTS! O QUE EU FAÇO!” . Ele não havia comprado nada pra ela. Nem uma caixinha de bombons. Pensou, pensou e pensou. Foi para o local que tinham “descoberto” no dia anterior, e começou a imaginar como ficaria a ideia dele. Se virou e deu de cara com Marce.

Marce- Bom dia!!

Mário- Ai que susto...

Marce- Nossa, nem sou tão feia assim. –falou passando a mão pelos cabelos.

Mário- Não princesa, não foi isso que eu quis dizer. Só me assustei porque achei que não tinha mais ninguém acordado. –fala ele a abraçando logo em seguida

Marce- Ah, sei... O que tá fazendo aqui?

Mário- Eu tava, tava...

Marce- Tava??- ela fala cruzando os braços

Mário- Tava observando! Vendo como aqui é bonito...

Marce- Mais bonito que eu?

Mário- Nunca!- ele fala lhe dando um selinho

Marce- Vamos pra lanchonete?

Mário- Vamos!- ele fala envolvendo o braço por trás do pescoço dela

Enquanto andavam a caminho da lanchonete, passaram pelo lago. Ficaram boquiabertos quando viram Paulo e Aly se beijando debaixo da árvore.

Marce- Aly?!

Mário- Paulo?!

Os dois rapidamente param o beijo e olham pra eles assustados.

Marce puxa Mário pelo braço e eles vão ao encontro deles.

Marce- O que vocês estavam fazendo?

Paulo- Nos beijando!

Alicia dá uma cotovelada nele.

Aly- Cala a boca Paulo.

Paulo- Ai! Doeu!

Mário- Quando vocês pretendiam contar isso pra nós?

Aly- Isso o que?

Paulo- Como assim isso o que? Não aconteceu nada aqui agora a pouco?

Aly- Não!

Paulo- Lilicia! Eu mudei! Eu não sou mais aquele idiota do 3º ano! Eu te amo Alicia!

Ao falar isso Marce, Mário e inclusive Aly ficam boquiabertos. Marce e Mário se olham de boca aberta e voltam a olhar pra cena. Paulo segurava as mãos de Alicia e a mesma o olhava novamente assustada.

POV CIRIQUINA

Acordei e penteei o meu cabelo. Demorei um bom tempo pois ele estava bem embaçado. Enquanto escovava calmamente, me lembrei do dia em que eu e o Cirilo começamos a namorar.

Flashback on

Eu estava sentada em frente a minha penteadeira pensando no que havia acontecido. Eu estava no oitavo ano. Sentia algo diferente. Claro que era normal pra mim o Cirilo ficar me bajulando e querendo me agradar. Mais agora ele havia parado. Nem olhava mais pra mim, nem falava comigo. Por quê?! Eu gostava de ter ele ali, perto de mim! Por que agora ele não faz isso? Será que ele não gosta mais de mim?! PERAI, O QUE EU TÔ PENSANDO?! Será que eu gosto do Cirilo? Sinto que começa a escorrer algumas lágrimas no meu rosto. Eu estava lembrando das vezes que eu tratei-o mal, e nos últimos dias que ele estava me tratando mal. Me deitei na cama e comecei a chorar. Peguei meu celular e liguei pra Bibi.

LIGAÇÃO ON

Bibi- Hi friend!

Majo- Bibi, eu não sei o que aconteceu comigo!- falo em prantos

Bibi- Calma amiga! O que aconteceu?- ela fala em um tom meio preocupada

Majo- Eu tô sentindo uma coisa estranha! Quando fico perto do Cirilo, eu sinto algo estranho sabe? Meu coração quase pula pra fora do peito, eu começo a tremer, sinto bichos voando na minha barriga! Isso nunca aconteceu! O que tá acontecendo comigo amiga?

Bibi- Love! Amor!

Fico em silêncio.

Bibi- Alô, Majo?

LIGAÇÃO OFF

Fico olhando pro teto do meu quarto. Reflito sobre o que a Bibi falou.

Coloco meu tênis branco com dourado e saio rumo a casa do Cirilo. Chegando em frente a casa dele, pego algumas pedras e começo a jogar. Não tenho uma mira muito boa então tive de jogar várias. Ele aparece e abre a janela.

Cirilo- O que foi?- ele fala com uma cara meio enjoada vendo que era eu

Majo- Cirilo, desce aqui! Eu preciso falar com você!

Ele me olha e fecha a janela sem falar nada. Sinto outra lágrima escorrer.

Vejo a porta abrir e ele vem até mim.

Cirilo- O que você quer?

Aquilo me doía por dentro. Ele falava tão grosso comigo...

Majo- Eu vim pedir desculpas. Por tudo! Tudo o que eu já te fiz passar!

Cirilo- E por que você acha que eu vou aceitar suas desculpas?-ele fala cruzando os braços

Eu comecei a chorar novamente. Aquelas palavras eram como facadas no meu coração.

Majo- Eu mudei Cirilo. Eu não sou mais como era no 3º ano. Aquela garota mimada, enjoada, não existe mais.- fico um pouco em silêncio- Você me fez mudar Cirilo!

Eu não conseguia olhar pra ele. Percebi que ele estava virando para voltar pra casa.

Majo- Eu te amo Cirilo...- falo em um tom baixo ajoelhada olhando pro chão

Por longos segundos, ficamos os dois parados no mesmo lugar.

Depois de recompor um mínimo das minhas forças, levantei e falei:

Majo- Se você não quiser falar comigo, pelo menos aceita as minhas desculpas...

Ele ainda fica em silêncio. Sem ter mais nada pra falar, saio dali e vou rumo a minha casa. Sem força ou ânimo algum, vou caminhando lentamente pela calçada. Meu peito doía e meus olhos estavam meio inchados, pois tinha chorado muito.

Sinto uma mão em meu ombro que logo viro e a pessoa me abraça. Sem eu conseguir identificar quem era.

Xxx- Eu também te amo...

Pelo cheiro e pela voz, logo percebo que era o Cirilo. Abri um sorriso IMENSO! Depois de tudo o que havia acontecido, não tinha como não sorrir com uma resposta dessas. Eu ligeiramente o abraço e logo em seguida lhe beijo em um beijo calmo e meio desesperado. Havia tempos que eu queria aquilo! Nos separamos por falta de ar e ele falou:

Cirilo- Eu te desculpo... Você me desculpa?- ele fala passando os dedos sobre minhas lágrimas afim de tirá-las.

Majo- Claro que sim!- falo lhe dando outro beijo rápido.

Eu estava explodindo de felicidade! Logo depois, ele me pediu em namoro e eu obviamente aceitei!

Flashback off

Minhas mãos já estavam doendo de tanto escovar o cabelo. Coloquei uma sandália e sai do quarto rumo ao quarto da equipe laranja, para encontrar o Cirilo.


Notas Finais


Gostei MUITOO de escrever esses especiais!!
Gostaduuu? Comenteem!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...