História Ten centimeters - chanbaek - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias EXO
Personagens Baekhyun, Chanyeol, D.O, Sehun
Visualizações 140
Palavras 1.146
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ficção, Lemon, LGBT, Romance e Novela, Yaoi (Gay)
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


ATT DUPLA UHUL

Capítulo 2 - 2- 10


2/10

As aulas para os dois garotos foram extremamente entediantes, os garotos não haviam prestado atenção em nenhuma delas e além de que Baekhyun foi pego mexendo no celular e teve que passar a aula de biologia fora da sala. Isso para ele não foi nenhum problema, ele era bom em biologia de qualquer modo.

Já Chanyeol, apenas ficou escrevendo coisas aleatórias no seu caderno, enquanto a velha professora de história falava sobre a Era Napoleônica, oque para Chanyeol era um puro tédio. Ele sempre odiou história e pensava em história como se fosse um modo de tortura.

Finalmente as aulas acabaram, dando lugar a um intervalo de meia hora. Byun estava esperando o mais novo em frente a sala do mesmo, roendo suas unhas e batendo o pé no chão impaciente, se havia algo que o Byun não tinha paciência, tirando quando reviravam os olhos e brincavam com sua altura, era quando faziam o baixinho esperar.

Ele esperou por pelo menos cinco minutos e finalmente Chanyeol passou pela porta, com uma cara emburrada, oque não era uma novidade, e xingando a professora Kim de todos os nomes ruins o possível. Logo passou pela cabeça de Byun que Chanyeol havia levado uma bela duma bronca.

- Oque foi, estressadinho? - Perguntou o mais baixo, provocando Chanyeol, que já estava irritado o suficiente, mas Baekhyun levava aquilo como modo mais fácil deixar ainda mais irritado o garoto orelhudo.

- Ah, a idiota daquela velha me deixou com 4 na média de história! - Ele falou irritado e passando a mão esquerda pelo cabelo castanho, que estava um tanto bagunçado e alinhado - E não me chama de estressadinho, banquinho.

- Ah, novidade - Baekhyun falou sem o mínimo ânimo, aquilo já havia acontecido umas vinte vezes, Chanyeol sempre foi horrível em história, algo meio impossível, mas o orelhudo conseguia fazer coisas até mais que o impossível.

Baekhyun ignorou o comentário sobre sua altura, ele não estava nem um pouco afim de discutir sobre isso novamente, era realmente chato, e as pessoas insitiam em fazer comentários sobre sua altura.

"1,75 de altura nem é tão ruim assim"

Pensou o mais velho fazendo uma careta logo em seguida, um problema do mais velho era que ele não conseguia controlar suas expressões faciais, para ele era meio impossível.

- Vamos numa cafeteria aqui perto, sua cara não está nada boa, Byun, você comeu hoje?  -Perguntou Chanyeol, logo recendo como resposta um pequeno não. Byun se sentiu envergonhado, ele havia prometido a Chanyeol que iria comer certinho, mas nesse momento ele estava sem comer a exatamente dez horas.

Baekhyun o seguiu, sentindo sua mão macia, e seus dedos entrelaçados com o dele. Esse era um dos maiores sonhos do Byun, andar de mãos dadas com o mais alto. Por algum motivo, o garoto queria que as pessoas pensassem que os dois fossem namorados.

- Que caferia é essa? - Perguntou o mais baixo curioso, ele nunca havia visto uma cafeteria aos redores da escola um tanto esquecida. A escola era obviamente esquecida por conta que apenas pessoas que aprontasse muito iriam parar lá.

- Balzac’s Coffee, essa cafeteria é enfrente ao parque ecológico, nunca viu ela? - Perguntou o garoto mais novo, era meio estranho pensar que Byun nunca havia ido em uma das cafeteiras mais famosas de Gyeonggi, o local aonde o mais velho nasceu e mora até hoje.

- Ah sim, eu particularmente nunca ouvi falar dela - E como esperado, o garoto não conhecia a pequena cafeteria que vivia sempre cheia.

- Baek, suba nas minhas costas - Autoritário falou Chanyeol, recebendo uma careta sem ânimo como resposta de Byun. Baekhyun odiava quando ele fazia isso, mas ao mesmo tempo gostava, principalmente nesse momento, que Chanyeol estava sendo tão docil consigo.

- Mas Chany, eu sou pesado, você poderá ficar com dores nas costas - A insegurança do garoto falou mais alto, ele possuia medo de sentirem o seu peso, odiava quando tinha que ir se pesar em consultas que era obrigado a fazer de mês em mês, todo dia 10.

- Eu lhe aguento, e você parece um pena de tão levinho, suba logo. - O mais velho se abaixou, esperando que o mais novo subisse em suas costas.

- Okay - Mesmo concordando, Byun ficou inseguro, passou os braços pelo o ombro do mais alto e deu um pequeno pulinho para prender suas pernas em volta a barriga de Chanyeol, ficando como um coala.

- Vamos! - Falou Chanyeol animado, segurando o mais velho pelas coxas e andando um pouco mais rápido. Ele podia sentir a respiração calma de Baekhyun contra seu pescoço. Baekhyun sentia novamente o aroma suave de Chanyeol, e aquilo de algum modo acalmava o mais velho.

Chanyeol em sí acalmava Baekhyun

Quando estavam chegando em frente do parque ecológico, Baekhyun pode ver cafeteria. Era bem bonita para ser sincero, possuia tons de marrom e em algumas partes preto e branco, mesinhas estavam do lado de fora, e de longe podiam ver o quão era frequentada o pequeno lugar.

- Como que eu nunca vim aqui? - Falou Baekhyun não esperando nenhuma resposta de Chanyeol, que entendeu muito bem e apenas riu do comentário do mais baixo.

Chanyeol apertou um pouco mais forte as coxas do mais velho quando foram atravessar a rua um pouco movimentado, se algo acontesse com Byun, o mais novo ira se culpar pelo resto da sua medíocre vida. Sem querer, Byun ao sentir o aperto ficou um pouco afetado, mordendo os lábios e sentindo o toque um tanto bruto das grandes mãos em um dos locais mais sensível do garoto.

Assim que chegaram em frente a cafeteira, Chanyeol se abaixou, e com cuidado Baekhyun descem das suas costas, e pegou novamente na mão do mais novo, que o olhou com um pequeno sorriso. Entraram no local, logo sentindo o cheiro de café o invadirem, aquilo para Chanyeol era um paraíso.

- Então, oque vai querer? - Perguntou Chanyeol, já sentando em uma mesa um tanto afastada. Para Byun, aquilo não tinha nenhum tipo de malícia, era apenas para que eles ficassem mais a vontade. Já para Chanyeol era bem diferente.

- Hm, um croissant e um macchiato simples - O pedido humilde de Baekhyun foi feito e Chanyeol pediu o mesmo, com a única diferença que seu macchiato era com um pouco mais de leite, assim como havia pedido.

- Como você reagiria, nesse momento, se eu dissesse que sinto uma grande atração por ti? - Perguntou Chanyeol e logo em seguida viu a reação assustada de Byun, o vendo engasgar um pouco com o croissant.

Logo se recuperando, Byun o respondeu da melhor forma o possível.

- Primeiramente iria dizer o mesmo, e depois iria te abraçar bem forte, já que esperei maior parte da minha vida por isso - Falou Byun o olhando com um pequeno sorriso, o mais novo estava com um bigodinho de espuma sobre os lábios.

- Então, pode fazer isso nesse exato momento...

━━━━━━━༺۵༻━━━━━━━



Notas Finais


Gente, dois milagres acontecerem

Atualizei duas vezes no mesmo dia e ainda postei um capítulo com mais de mil palavras

fiquem felizes

Bom foi só isso mesmo, espero que vocês gostem e talvez amanhã ou terça eu atualizo novamente :)))

bye bye @-@

amo6


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...