1. Spirit Fanfics >
  2. Ten days (NamJin) >
  3. Day one

História Ten days (NamJin) - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


Gente minha primeira fic de NamJin....espero que gostem!

Capítulo 1 - Day one


Fanfic / Fanfiction Ten days (NamJin) - Capítulo 1 - Day one

--------------Day 1------------




Estrada vazia, estilo faroeste. 7 rings tocava no carro do mais velho fazendo o se manter acordado. SeokJin já dirigia a dez horas sem parar, seu carro era lotado de malas rosas e pretas estilo "blackpink" e cacarecos fúteis preenchiam o porta-mala do carro de grande porte do moreno.

Kim SeokJin era rico dono da KSJ entertainment uma das empresas mais bem sucedidas do ramo das artes vísuais. O homem de trinta anos era muito bonito, alto e forte tinha suas costas largas, ombros fortes e braços levemente musculosos que davam um toque a mais nas camisas de marca do rapaz. Seu rosto era perfeito; lábios grossos, olhos marcantes e nariz um pouco gordinho mas muito bonito, sombrancelhas bem feitas e marcadas dando um ar um pouco afeminado ao rapaz de trinta anos.

O celular do moreno tocava frenéticamente, ele sabia que era sua ex-namorada, Yuna , esse era mais um dos objetivos pelo qual Jin estava viajando para a casa dos pais no interior da coreia do sul. SeokJin não tirava férias a uns bons anos, o moreno era muito esforçado e não descansou até sua empresa chegar ao que era hoje, um império crescendo ainda mais.

Ao lado da direção tinha um balde de frango frito ao molho barbecue, a música já era outra; "Empire state of mind broken Down" uma das músicas preferidas de Kim SeokJin. O Lembrava de quando fazia faculdade em Nova York, um garoto sonhador e que queria ser rico por seu próprio mérito.

Kim era filho de um dos Ceo's mais ricos e poderosos da coreia, mas nem por isso virou um mimadinho, como já dito o rapaz de trinta anos era esforçado e nunca quis ser conhecido por ser filho de um ceo e sim por seu próprio mérito.

Gasolina estava acabando e nenhum sinal de um posto de gasolina perto, sua comida também estava perto de acabar e Kim já sentia seu estômago roncar só de pensar em ficar sem comidas.

Ao olhar para a frente bufa alto por não ver nada no horizonte, quer dizer...Ainda não era nada pois após uns dez quilômetros Jin avistou um homem encostado em uma moto Kawazaki ninja fitando o sol enquanto tinha um cigarro em seus lábios levemente grossos, sua pele amorenada reluzia no sol de vinte e nove graus em uma estrada no meio do nada.



Sexy



O moreno extremamente sexy na visão "hetera" de SeokJin acabara de esticar o braço em sinal de pedir carona, o rapaz mesmo com receio não podia deixar o moreno reluzente ali sozinho no meio do nada.


__Esta precisando de carona? - O Kim falou ao amorenado quando abriu a janela de seu carro assim que parou ao lado do homem desconhecido.


__Sim, você vai me dar? - o amorenado se abaixou até a altura da janela lançando um sorriso ladino ainda com o cigarro na boca para o Kim.


__Vou dar até o próximo posto....oque aconteceu com a sua moto? - O moreno tossiu quando a fumaça foi contra seu rosto - dá pra exalar essa fumaça pra fora do meu carro!?


O desconhecido riu deixando aparente as suas covinhas.



fofo



__Minha moto quebrou e por aqui não tem as peças que eu preciso pra consertar e.... - o amorenado sorriu - um moço bonitoe gostoso desse jeito vai seguir viagem sozinho por essas estradas vazias!? Sei que tem muitos roubos por aqui gatinho...



__Gatinho seu rabo, agora sobe logo no carro pervertido - Jin virou para a frente mas antes pode ver a bela visão dos músculos dos braços do rapaz desconhecido serem flexionados ao pegar a moto no colo e a colocar dentro da caçamba da camionete cara 4x4 do Kim.


Assim que entrou no carro o desconhecido colocou seu cinto e fitou os olhos do moreno.



__Qual seu nome? - Kim tentava não devolver o olhar envolvente do desconhecido.


__Kim NamJoon...e o seu princesa? - a voz debochada do agora denominado Kim NamJoon estava encomodando o Kim mais velho.


__Primeiro, não me chame de "princesa", segundo meu nome é Kim SeokJin.


__Ah, ok princesa. Qual sua idade?



SeokJin bufou, o tal Kim NamJoon das covbinhas fofas e corpo sexy era um idiota. Ele teria que o empurrar pra fora dali a qualquer custo no primeiro posto de gasolina que encontrassem.



__Trinta anos e você? - Jin reparou que o amorenado tinha algumas tatuagens no pescoço e nas mãos.


__Vinte e oito, para onde esta indo? Pelo visto gostou das minhas tatuagens neh? - o tal do Kim fez questão de levantar mais a blusa expondo mais de suas tatuagens, assim como seu pescoço seus braços e suas mãos nutriam veias bem aparentes.


Jin sentia um calor estranho subir em seu corpo de forma subita nunca tinha sentido aquilo, seu baixo-ventre queimava em antecipação de algo que segundo Jin nunca aconteceria.


Por que seu corpo estava desejando aquele completo desconhecido? Por que ele sentia aquilo por esse tal de Kim debochado NamJoon? Era normal imaginar um desconhecido te chamando de princesa enquanto te fode?


Com certeza a fome e o sono estavam afetando os miolos do Kim


__Você ainda não me respondeu princesa... - o de cabelos quase loiros passou a mão nos cabelos morenos de SeokJin arrumando uma mecha do mesmo fazendo o mais velho se arrepiar por completo com um simples toque do mais novo entre os dois - para onde esta indo?


__Pra casa dos meus pais no interior - o mais velho só faltou gritar aleluia por sua voz não ter saído trêmula


__Eu estou indo pra casa dos meus avós, na área litorânea - o mais novo se virou afastando se um pouco do Kim mais velho


__Você chegaria mais rápido se fosse pela costa, pelo interior demora mais - Jin argumentou, de fato ir pela costa demorava bem menos do que pelo interior


__Eu sei, mas nunca tinha vindo por aqui e quis conhecer - NamJoon trocou a estação do rádio mudando para uma de heavy metal tirando sua jaqueta de couro preta e seus óculos de sol escuros jogando tudo em cima das malas "blackpink" de Jin hyung.


__Por que esta levando tanta coisa pra casa dos seus pais? - o Kim mais novo analisava a quantidade de malas, bolsas e necessier's que o mais velho levava - Por acaso lá não tem nada?


__Tô levando só o essencial NamJoon - aquele nome ficava tão bonito dito por Jin hyung o mais novo pensou


__Seis malas, dez necessier's e duas bolsas. Você esta levando a sua casa neh Jin! Só pode - Jin...seu apelido ficava ainda mais bonito dito pelo mais novo.


__Fica na sua ta? Já não basta você me afogar com o cheiro de cigarro antes de entrar no meu carro, você trocou de estação sem a minha permissão e agora vem falar da quantidade de coisas que eu estou levando!? Fica quietinho NamJoon


__Aí...princesa agressiva..gostei - Nam Riu mas o outro homem se manteve sério - você não ri SeokJin?


__Eu riu quando a piada tem graça, coisa que a sua não tem.


__Grosso.



[.....]



Depois de algumas horas os dois finalmente acharam um posto de gasolina aonde puderam descer e comer algo.


NamJoon desde que sua moto havia quebrado ainda na madrugada anterior o garoto havia comido pouco pois tinha que economizar, não sabia até quando ficaria ali.


Kim NamJoon, vinte e oito anos era tatuador e estava indo passar uns dias na casa dos avós no litoral coreano. O garoto não queria pagar muito, tinha pouco dinheiro pois tinha gastado tudo no empréstimo da moto que agora estava quebrada, seu segundo emprego de modelo não dava muito dinheiro já que pouco lhe chamavam para fazer fotos ou comerciais, tão pouco para figuração.


O Kim estava na frente de um buffet de comidas altamente animal, sua procedencia era duvidosa por mais que Kim fosse vegano se preocupava pois sabia que Jin comeria daquilo.


__Seok coma só uma salada por agora essa carne é du- O mais novo interrompeu sua fala quando percebeu no quanto Kim se esbaldava nas carnes e petiscos duvidosas do lugar. - Temos que achar um lugar para dormirmos, sei que tem um hotel aqui perto podíamos dormir lá e amanhã cedo continuamos a viagem.


__Uhun pode ser - Kim surpreendentemente falou de boca cheia ignorando oque o Kim mais novo havia dito.


__SeokJin você tem problema mental!? - O amorenado fitou os olhos de Seokjin que ferveram com a pergunta do tatuado fofo e sexy.


__Claro que não! Eu sou completamente normal eu juro - Kim terminou sua fala e também de comer, sua boca envolta era suja de sangue fazendo o estômago de Nam embrulhar e dar voltas.


O mais novo levantou e foi indo para o carro do mais velho.


Na visão do tatuado Kim SeokJin era a visão de um Deus Grego, ou melhor, um Deus Coreano suas linhas eram perfeitas assim como seus braços marcados na camisa que visívelmente era de uma marca cara que NamJoon nunca teria dinheiro para comprar uma, o colete azul por cima da sua camisa e sua gravata também azul dava um ar sério ao Kim SeokJin. Gostaria de saber oque ele fazia para ser tão rico como aparentava ser.


Seria ele um empresário? atleta? não, seu corpo não parecia corpo de atleta...não podia imaginar oque Jin fazia.


Dois, dois cigarros o Kim já havia tragado e nada do Kim mais velho chegar, oque acontecera com ele? NamJoon apostou que o mais velho estaria vomitando no banheiro por tanta carne de procedencia duvidosa devorada pelo outro Kim.


SeokJin saia pleno do restaurante, três sacolas de frango frito em baldinhos, salgadinhos e latas de coca-cola zero levava em suas mãos.


O mais velho seguiu até o carro colocando as sacolas em um espaçinho no banco de trás de sua camionete 4x4.


__Entra aí NamJoon - o mais velho ia entrando no carro mas fora impedido pelo mais novo


__Eu dirijo agora, você deve estar cansado - Kim mais novo pegou a chave do carro da mão do Kim e entrou no carro ligando o mesmo em uma única girada de chave.


Desta posição Seokjin conseguia admirar melhor o garoto tatuado, fofo e sexy.


Três horas de viagem se passaram até que os rapazes encontrassem um hotel, nessas três horas pouco conversaram Jin cortava qualquer tentativa de fala do garoto mais novo.


Os dois rapazes desceram do carro pegando apenas oque precisariam para passar a noite naquele hotelzinho bem mais ou menos de beira de estrada.


NamJoon ja estava acostumado com aquilo mas Seokjin nunca havia dormido num hotel como aquele, estava acostumado com hoteis de alto padrão.


__Eu quero um quarto para duas pessoas, com cama separadas por favor - NamJoon se pronúnciou a recepcionista que apenas entregou a chave do quarto trezentos e vinte e cinco para o Kim mais novo que foi até a escada subindo na mesma em direção ao quarto.


Ao entrar o Kim pegou uma de suas calvin Klein pretas e seguiu para o banheiro começando a tomar banho.


O Kim mais velho porém ficou no quarto aproveitando para testar a cama, de fato ela era boa e macia ou era porque o corpo de SeokJin estava cansado demais para reclamar da cama.


NamJoon saiu do banheiro usando apenas sua cueca seguindo até a cama e se atirando na mesma sentindo os lençois macios o abraçarem.


Jin apenas admirava o corpo bem feito e cheio de tatuagens que o mais novo possuia, suas coxas fortes bem marcadas, seu abdômen definido medida certa, seu piercing no mamilo esquerdo e sua tatuagem no pescoço davam um ar perigoso ao Kim mais novo. Sem contar no tamanho do malote marcado em sua cueca.



Era uma bela visão para se ter antes de dormir



E sem pensar muito o Kim se virou para o lado fechando suas orbes escuras, aquela visão havia o deixado com um belo volume nas calças.


__Boa noite gatinho


__Boa noite NamJoon.


Notas Finais


Então! Meio que eu gostei assim...Espero que tenham gostado!

Beijinhos!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...