1. Spirit Fanfics >
  2. Terceira Guerra Mundial >
  3. França e Alemanha se Envolvem na Guerra

História Terceira Guerra Mundial - Capítulo 3


Escrita por:


Capítulo 3 - França e Alemanha se Envolvem na Guerra


Fanfic / Fanfiction Terceira Guerra Mundial - Capítulo 3 - França e Alemanha se Envolvem na Guerra

 No Capítulo Anterior: A destruição de Shiffield e Chicago. Estoura a Guerra. EUA e Reino Unido vs Irã. Soldados americanos e britânicos tomam o norte e parte do sul de Ardabil. Coréia do Norte entra na guerra ao lado do Irã. 280mil tropas Norte-coreanas são enviadas ao Irã. Uma bomba atômica é enviada para destruir Ardabil, mas falha...

Depois da aeronave bombardeira Norte-Coreana ter pousado no campo aberto de Ardabil, rapidamente vários soldados americanos e britânicos vão para o local no qual a aeronave caiu. Quando os soldados, abordo de veículos blindados, chegam no local, eles percebem que o piloto da aeronave conseguiu escapar do local. Porém, seria apenas uma questão de tempo até ele ser encontra pelos soldados britânicos e americanos. Isso pois ele estava a vários quilômetros de distância da base norte-coreana e Iraniana.

Vários especialistas são enviados para o local da aeronave. Depois de várias horas, a bomba atômica é levada a Base Avançada dos EUA e Reino Unido em Ardabil. A bomba atômica é desmontada. Logo, os EUA e Reino Unido exibem ela como um troféu, um sinal de vitória contra os atos da Coréia do Norte. Depois, os materiais e complementos da bomba são levados para o Reino Unido, desmantelado e o urânio, enriquecido, usado para fins bélicos.

Pouco tempo antes, o piloto norte-coreano do bombardeiro é capturado. O serviço de inteligência dos EUA consegue arrancar boas informações dele. Entre elas, uma muito valiosa. A mesma tratava-se de que a Coréia do Norte pretendia destruir os aviões que enviavam soldados americanos ao Reino Unido, e também que enviavam soldados americanos e britânico à Ardabil. Além de aeronaves com armamentos.

Sabendo disso, Donald Trump e o Primeiro Ministro do Reino Unido, Bores Jonhson, tentam um acordo com França e Alemanha, para que eles ajudem na interceptação das aeronaves de ataques que iriam destruir aviões que transportavam vários militares. Eles dizem que a Alemanha e França estão bem pertos do Reino Unido, em áreas estratégicas. E poderiam reagir rápido ao ataque.

Apesar de tudo, era óbvio que os EUA e Reino Unido poderiam interceptar esses ataques. Mas isso era apenas uma forma dos EUA e Reino Unido tentarem colocar a França e Alemanha na guerra ao lado deles. Pois se França e Alemanha fizessem o ato de destruir caças Norte-coreanos ou iranianos enviados para missões de guerra, as chances da Coréia do Norte e Irã declararem guerra a França e Alemanha eram imensas. E a única saída deles seriam se juntar aos EUA e Reino Unido.

No início, Alemanha e França se desviam, falando que não há motivos para eles fazerem isso. E também que isso poderia causar um desentendimento com Irã e Coréia do Norte, o que os levaria a essa guerra. E eles não queriam isso.

Mas, com um discurso bem dissuassivo, Donald Trump convence Emmanuel Macron, Presidente da França, e Frank-Walter, Presidente da Alemanha, a ajudarem os EUA e Reino Unido a abaterem aeronaves norte-coreanas e/ou iranianas que tentassem derrubar os aviões de transporte com soldados americanos e/ou britânicos.

Então, em 16 de fevereiro de 2023, França e Alemanha fazem um acordo com EUA e Reino Unido de ajudar a impedir os possíveis abates de aviões de transporte militar. Chamado apenas de Pacto de Auto-Defesa contra o Terror.

Porém, pouco tempo depois da informação do acordo se espalhar, vários e vários protestos pacíficos e vandalistas são realizados pela população da Alemanha e França. No intuito de tentar fazer com que o governo de ambos os países saiam desse acordo. Pois a população da Alemanha e França sabia que isso poderia acarretar na entrada de ambos os países na guerra. Algo que com certeza a população não queria.

Mas França e Alemanha ficam firme sobre os protestos. Assim, continuam no acordo.

Entretanto, na França as coisas ficam muito mais tensas. Vários atentados terroristas são cometidos na França em protesto ao acordo. Tais atentados que deixam até pessoas mortas. Entre eles, um que se destacou muito foi a explosão de várias bombas no Museu de Louvre. Que causou várias perdas materiais e de vidas humanas.

A França tinha que fazer algo contra isso. Mas nada adiantava, pois quando pegavam um grupo terrorista, havia vários outros continuando os atentados. Quanto mais grupos eram pegos, muitos outros eram formados.

Então, a França viu que a única coisa que podia acabar com esses atentados era saindo do acordo entre EUA, Reino Unido e Alemanha.

Assim, em 27 de fevereiro, a França deixa o acordo militar de ajuda de defesa. Fazendo com que apenas a Alemanha fique.

Até 8 de março os combates entre EUA e Reino Unido contra Irã e Coréia do Norte estavam bem parados. Mas nem tanto, pois acontecia pequenos conflitos. Tudo indicava que a Coréia do Norte estava mudando todos os seus planos contra os EUA e Reino Unido. Pelo menos todos os que o piloto do bombardeiro sabia. Mas, na Alemanha, as coisas estavam começando a ficar tensa.

Um rapaz alemão, por sinal bem desequilibrado, viu que os atos terroristas deram certo para retirar a França do acordo entre os EUA e Reino Unido. Então, ele decide fazer o mesmo. Durante vários e vários dias ele faz discursos "escondidos" para a população. Dizendo que precisam dar um susto na Alemanha para evitar que eles entrem na guerra. "Algo parecido com o que os franceses fizeram", disse o rapaz alemão.

Assim, pensando que era o certo a se fazer, ele consegue reunir muitas pessoas, formando uma pequena nação... "terrorista" na Alemanha. Porém, em pouco tempo, essa "nação" aumenta drasticamente. Tendo milhares de membros espalhado por toda a Alemanha. Vários atos terroristas desumanos são cometidos. Isso ia muito mais além do que tentar tirar a Alemanha do acordo. Era algo realmente terrorista e desumano.

Então, em 24 de março, em resposta aos atentados terroristas, a Alemanha declara Lei Marcial. Porém, outra coisa inimaginável aconteceu. Um golpe de estado aconteceu na Alemanha. Fazendo com que um político que defendia a soberania militar, tomasse o controle sobre o país. E, com a Lei Marcial, estava bem mais fácil dele controlar todo o país, fazendo do mesmo um governo com uma ditadura militar.

Agora o exército da Alemanha comandava todo o país sob ordem do então presidente, pouco tempo depois considerado ditador, Joseph Schmidt. Protestantes e terroristas eram frequentemente presos e até mortos. A mídia estava sendo controlada. Foi uma mudança drástica em tão pouco tempo. Para a tristeza dos Alemãs, as nações não podiam fazer nada para tentar acalmar o então ditador alemão. Isso devido ao fato da tensão entre os vários países devido a guerra. Assim deixando a ONU desestabilizada.

Com a tensão da guerra, Joseph começa aumentar o orçamento militar da Alemanha. Pouco tempo depois, repentinamente, ele declara aliança militar com EUA e Reino Unido. Fazendo com que a Alemanha entre na guerra. Mas isso era apenas uma estratégia. Pois logo depois, o ditador determina o investimento na indústria nuclear Alemã. Pois assim, os EUA e Reino Unido não ficariam "encima" dele por conta dessa decisão, já que a Alemanha se tornou aliada dos mesmos a pouco tempo.

23/04/2023

Soldados Norte-coreanos percebem um movimento maior no lado de Ardabil dominado pelos americanos e britânicos. Aquilo, na verdade, era a chegada de soldados alemães no local. Vários foram enviados. Mas, Kim Jong Un e Ali Khamenei acham que os americanos, britânicos e alemães estão planejando um ataque contra eles para avançar na batalha e dominar toda Ardabil. Então, por conta disso, eles decidem tomar uma decisão de atacar primeiro.

Assim, eles dão ordens para os soldados se prepararem para o ataque. Os 100mil soldados Norte-coreanos na fronteira estão fortemente armados e preparados para o avanço. Vários caças Iranianos e Norte-coreanos estão prontos para o vôo. Mais e mais tanques e outros veículos blindados de ataques estão sendo enviados para a fronteira. Artilharias fixadas no solo e autopropulsadas estão sendo preparadas. Agora resta vê no que vai dar.


Notas Finais


Co-escritor: Osmar Neto


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...