História Ternura - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias B1A4
Personagens Sandeul
Tags Drabble, Fluffy, Original, Sandeul, Soft
Visualizações 50
Palavras 368
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Drabble, Drabs, Fluffy, Shoujo (Romântico)

Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


era pra ser uma one shot mas acabou virando uma drabble, porque eu irei transformar numa short fic nas férias então isto aqui é como uma prévia. e eu escrevi pra nini e espero que ela goste kjsksjss.
se houver erros me avisem e boa leitura. <3

Capítulo 1 - Único.


Todas as manhãs eu sou acordada com sua voz melodiosa vinda da beirada da cama, e ao abrir os olhos posso ter uma bela visão de você tocando seu ukulele uma canção calma, logo depois você sorri e me deseja bom dia dando um beijinho na minha testa, é assim todos os dias. Desde que eu te conheci, Junghwan, você leva esse instrumento para onde quer que você vá, não importa em que época do ano estejamos ou se está em um dia ruim; lá estão vocês dois, como dois amigos inseparáveis.

Há dias em que eu chego exausta da faculdade e me conforta te observar sentado no sofá dedilhando seu ukulele sorrindo abobado, às vezes você compõe músicas e as canta para mim aos domingos de tarde quando vamos ao parque. Os domingos são muito especiais para nós especialmente porque é um dos poucos momentos em que o mundo ao nosso redor deixa de importar, e só existe apenas eu e você deitados na grama olhando para o céu discutindo o formato das nuvens.

Junghwan, eu poderia te ouvir tocar seu ukulele pelo resto dos meus dias, te observar dormindo ao meu lado todo encolhido entre as cobertas, te observar sorrindo enquanto segura minha mão me guiando pelas ruas movimentadas. E é o que eu mais faço: te observar. Tem vezes em que você ri dessa minha mania de ficar te fotografando a cada momento, mas é que, de certa forma, essa foi a maneira que eu encontrei de te eternizar; em fotografias. No meu aniversário quando você tocou pela primeira vez para mim há quatro anos atrás eu me senti a garota mais especial do mundo, e logo que você terminou tirei uma fotografia sua e colei no meu álbum com muito cuidado, e eu a tenho até hoje.

Hoje você está aí, sentado no meio da sala no tapete tocando seu ukulele distraído enquanto eu estou sentada à mesa escrevendo sobre você. Não importa o quanto eu tente, Junghwan, é impossível descrever todo o amor que eu sinto por você. Espero que algum dia eu consiga expressar ele por completo. E, por favor, Junghwan, continue tocando seu ukulele para mim e cantando com sua ternura.

 

 


Notas Finais


vão ouvir blue das bolbbalgan4 é um amorzinho
é issokkkkkj


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...