1. Spirit Fanfics >
  2. Terra Azul >
  3. Pequeno Sóris

História Terra Azul - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


Realmente não sabia que dava tanto trabalho e se gasta tempo para escrever tão pouco, que os deuses me de mais energia para novas páginas heheh

Capítulo 1 - Pequeno Sóris


Fanfic / Fanfiction Terra Azul - Capítulo 1 - Pequeno Sóris

Reino de Vlag
01 do mês sol amarelo do ano de 1032.

Stefan havia acordado tarde como sempre e tinha perdido o café da manhã
que o seu pai sempre fazia, mas às 8 horas ele desaparecia com o uso de magia, mas Stefan não se importava, mas ele sabia que dessa vez era algo especial já que ele completava 12 anos. O seu pai se chama Sórios o mago preto, que representa o auge dos magos, eles são classificados em cinco níveis, os brancos, azuis, amarelos, vermelhos e os pretos, mas além de cores a também às estrelas, Sóris esta na quarta estrela preta e é muito poderoso, temos diversos conceitos e histórias sobre esse mundo de Terra azul e o reino de Vlag. Primeiramente iremos ver o dia de Stefan que já havia começado com o pé esquerdo.
Com o seu mau-humor logo viu que seu pai já tinha ido para o reino, Stefan se lavou e colocou uma roupa casual e não se importou com sua aparência, seus cabelos até os ombros bagunçados tanto como cacheados e suas sardas em seu rosto de cor vermelhadas,
os seus olhos de cores castanhos se incomodava com tanta luz logo no horário de pico, que já estava lhe dizendo que a havia perdido meio-dia de sol. Então se apressou e pegou seu cavalo o Thorius e seguiu para o castelo de Vlag.
— Mas que droga porque fui dormi tanto assim, Isak deve ter começado o treino de espadas.
Resmungando ele logo chegou, não morava tao longe do reino, Isak é professor de aulas de corpo a corpo com as espadas e já havia começado o treino, ao ver o Stefan chegando lhe disse:
—Hora, hora, pequeno Sóris que surpresas você aqui, veio nos assistir o treinar? Com olhar irritado, pois, Stefan havia chegado atrasado novamente.
— Dessa vez eu não tive como não atrasar professor, a fazenda do Yumi, estava infestada de insetos gigantes e graças as habilidades que adquirir com o senhor foi muito fácil derrota-los. Mentindo novamente.
— Essa história é horrível, você já se esforçou melhor para me contar mentiras. É uma pena Stefan, você sabe as horas e sempre atrasa com frequência, eu lhe disse que se faltasse
mais uma vez você iria perder sua vaga.
O outros garotos davam risadas em silêncio, tanto seus amigos ali e tantos ou inimigos que ele já havia conquistado.
— Me desculpe professor, prometo que essa foi a última vez que chegarei atrasado, estou fazendo 12 anos hoje que tal me deixa treina, seria como um presente de aniversário. Falou dando uma risada sem muita graça.
— Eu sinto muito, você me desapontou tantas vezes e sabe que já usou essa desculpa uma vez, não tem como fazer dois aniversários no mesmo ano Stefan, então nos de licença e vá ver o seu pai ele esta em chamas.
— Eu digo a verdade dessa vez, irei provar quando trazer meu pai aqui. Saiu com rapidez para sala de Sóris. Quando chegou ele viu seu pai lendo e logo disse:
— Pai estou aqui, Isak disse que está em chamas, mas seu livro não esta pegando fogo e sim esta inteiro.
— Stefan que bom que já está aqui, tenho algo para lhe falar. Ele estava muito sério dessa vez.

— Na verdade, seria legal você vir comigo até a sala de treinamento, Isak não quer me deixar treinar, sei que cheguei atrasado, mas hoje não vale não é, pois, é meu aniversário e que notícia é essa? Sem nenhum interesse em sabe e sim estava muito empolgado para ir treinar.

— Pare com isso, porque tem que ser assim sempre, você tem que seguir as regras sabem como funciona, não irei falar com Isak, você deve aprender ter mais disciplina e preste atenção no que vou lhe dizer entendeu. O encarava com dureza.

— Só queria ter treinado hoje. Fez uma cara desanimada.
— Pegue esse livro é um presente. Esticou o braço para lhe dar o livro.

Stefan olhou para o livro antigo e ultrapassado sem interesse algum em querer ler.

— O meu presente será isso, pensei que você iria me dar meu cajado. Olhava com decepção para o presente.

— Esse livro é especial, não sou eu que estou lhe dando.
— Não vejo nada em especial, fala sobre deuses, você sabe que já li vários livros sobre esse assunto, quem é essa pessoa, pai?
— Ela também me mandou uma carta, eu sabia que esse dia iria chegar, mas não queria que chegasse.
— Quem é essa pessoa fale de uma vez e oque tem esse dia?
— Filho desculpe por não ter te falado isso, mas ela disse que iria vir e te levar para casa dela quando completasse essa idade e durante esse tempo você irá decidir com quem ficar comigo ou com ela a sua Mãe.
Por um tempo Stefan não falou, ficou paralisado e nervoso, como assim sua mãe ele não estava preparado para isso, sua mãe o deixou a tanto tempo e agora que vir busca-lo de maneira simples assim. Isso o desanimou por completo.

— Não irei com ela, não sou um objeto ou móvel, essa mulher não é minha mãe, você deve impedi-la.


— Não temos escolha filho, ela ira vir e o mínimo que deve fazer é conversar, sua mãe é uma Deusa, vai saber oque é melhor para você.
— Deuses são falhos e você é o mago mais poderoso da terra.
— Não sou, sua mãe tem seus segredos e deveres e ela ira lhe falar.

— Não quero isso, não preciso vê-la, você não devia deixar, estou confuso.

— Entendo filho, mas fique tranquilo ela é uma boa deusa, ira te dizer o necessário, e tudo vai se explicar os motivos de não ter sabido o paradeiro dela.

— Tem mais alguma coisa para me falar, quero ter um tempo para mim.

— Então vá até o porão, o seu presente está lá, tenha cuidado e manuseie ele com sabedoria, deve se dedicar mais a magia do que a luta de espadas.

— Agora eu não penso nisso e nem quero, irei até o porão e ficarei por la por um tempo, obrigado pai e que surpresa agradável ter a família reunida não é.

Saiu depressa da sala de Sóris e foi se acalmar, estava confuso e triste, não sabia oque fazer, mas sabia que o seu dia não iria acabar tão cedo e gradualmente piora a cada momento.


Notas Finais


Temos muito para falar, mas isso se vai com o tempo.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...