1. Spirit Fanfics >
  2. Terra dos Mortos (Imagine BTS). >
  3. Um adeus??

História Terra dos Mortos (Imagine BTS). - Capítulo 7


Escrita por:


Notas do Autor


♥️

Capítulo 7 - Um adeus??


Fanfic / Fanfiction Terra dos Mortos (Imagine BTS). - Capítulo 7 - Um adeus??

Yezi POV.

Estava sentada no banco do motorista, com a minha atenção direcionada à estrada. O trailer estava parado e os meninos brincando com as crianças do lado de fora. Estava tão vidrada na estrada que não ouvia nada ao meu redor.

— YEZI!! — Yoongi me chama e eu dou um pulo.

— O que é? — perguntei, olhando para o branquelo.

— Você está bem? Parece que está meio estressada. — desta vez, quem pergunta é Jin.

— Foi mal... minha cabeça anda cheia de coisas. — falo, colocando brevemente a cabeça no volante.

— Tudo bem. Se quiser conversar, estamos aqui. — respondeu Jin.

— Certo, irei pensar mais um pouco, tentar me acalmar.

Eles se entreolharam e depois saíram do trailer. Havia se passado quase uma semana desde o encontro com Amber e os outros. 

Começo a bater levemente a cabeça no volante, tentando esquecer o que Mark havia me dito: “Johnny não irá parar até te encontrar”. Eu estava preocupada, porém não queria demonstrar isso.

Amarro meu cabelo em um rabo de cavalo e sorrio ao me lembrar do meu ex-marido. Ele adorava quando eu o amarrava, dizia que eu ficava ainda mais linda. Sinto muita falta dele.

— Mamãe? — Haeun me chama e eu a olho — Venha aqui encima, por favor.

Levantei e fui com ela até a escada do lado do trailer para subir encima dele. Assim que subimos, Tae, Namjoon e Jimin estavam sentados no teto do trailer. Namjoon olhava mais à frente com o binóculo, me aproximo deles e sento. 

— Olhe. — ele me passa o binóculo.

O coloco na frente dos meus olhos e vejo o topo de uma construção. Parecia uma fábrica.

— O quê? Uma fábrica? — perguntei para mim mesma — Parece intacta, sem sinais de qualquer merda que tenha dado.

— Mostrei ao Jin. — respondeu Namjoon — Ele disse que talvez seja seguro. E assim, não precisaremos mais depender de você.

Suspiro triste.

— Eu limpo o local para vocês. — falo cabisbaixa.

— Seria ótimo. — Namjoon me abraça — Nós te ajudaremos. — assenti com a cabeça.

(...)

Eu estava em frente à fábrica, estava armada, eu precisava tirar essa tristeza e raiva de dentro de mim. 

Peguei o taco de beisebol que eu havia achado no depósito e peguei a caixa de arames da minha mochila. Martelo eles no taco e dou um leve sorriso.

Entro na fábrica, havia um monte de zumbis parambulando por ela. Me aproximo lentamente e bato o taco em uma das máquinas, chamando a atenção deles.

Eles começam a vir, pego o taco e enfio na cabeça de um. E depois esparramo os miolos do outro que vinha até mim. Vou me afastando para que os corpos não me atrapalhem. Os outros vêm e eu bato na cabeça do mais próximo, logo acertando os outros. Mais e mais se aproximam e eu os mato, estava ficando cada vez mais difícil. No total, matei uns 20 zumbis. Estava precisando daquilo.

Comecei a subir as escadas e olhei para os lados. Avistei um em minha frente e corri na direção dele, batendo o taco com força em sua cabeça, fazendo o sangue espirrar por todo o lugar. 

Aquilo me aliviou muito.

(...)

Havia passado muito tempos, mais ou menos 4 horas. E eu estava sentada no final do corredor, ao lado do último cadáver que eu havia matado.

Suspirei e me levantei com dificuldade, andei pelos corredores e fui até a sala de energia. Ao chegar, esfaqueei um zumbi que estava do lado de dentro. Vasculhei as coisas e encontrei o lugar aonde eu poderia ligar a energia de tudo. Apertei o botão com vontade.

As luzes ligam e eu caio sentada no chão. Me encolho e abraço os meus joelhos, eu estava completamente suja de sangue.

E então, desabo em lágrima... no final das contas, eu estaria sozinha novamente. 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...