História Terrible Nightmare (interativa) - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Diabolik Lovers
Personagens Ayato Sakamaki, Azusa Mukami, Beatrix, Carla Tsukinami, Christa, Cordelia, Kanato Sakamaki, Kou Mukami, Laito Sakamaki, Personagens Originais, Reiji Sakamaki, Richter, Ruki Mukami, Shin Tsukinami, Shu Sakamaki, Subaru Sakamaki, Tougo Sakamaki "Karlheinz", Yui Komori, Yuma Mukami
Tags Insana
Visualizações 68
Palavras 862
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Bishoujo, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Ecchi, Escolar, Fantasia, Festa, Hentai, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Suspense, Terror e Horror, Violência
Avisos: Adultério, Bissexualidade, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Spoilers, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Finalmente começou!

Capítulo 4 - The beginning of a nightmare


Fanfic / Fanfiction Terrible Nightmare (interativa) - Capítulo 4 - The beginning of a nightmare

Felizmente, os Sakamakis vão aprender o que é sofrer....

O temível, ou apenas abusador rei dos vampiros se dirigia para casa dos seus "amados" filhos, vulgo os Sakamaki e os Mukami e dos seus "primos", os Tsukinami.

Deve,estar um pouco perdida,creio....

Os Sakamaki tinham a Yui,certo?Para acabar com as rivalidades entre as três famílias Karl as juntou, numa casa...Vejamos 12 vampiros e 1 humana nunca na vida ia dar bem.Então, visto que a Yui sofria tanto, porque não fazer os Sakamaki,Mukami e Tsukinami sofrer também?

~~Karlheinz Sakamaki~~

Dirigia-me para a minha antiga mansão, me sinto culpado, por ter de meter os meus filhos a viver com demónios em pessoa e feliz ao mesmo tempo, porque assim os torno independentes....bem,dependentes dos sítios de descanso,mas deixámos para lá.

A minha limousine branca como neve e janelas pretas escuras estacionou à frente da mansão e o motorista veio me abrir a porta.

-Fique aqui à minha espera, que eu já venho.

Motorista:Sim senhor Sakamaki!

Caminhei pelo imenso jardim de rosas brancas, que possuía a minha amada prima...agora propriedade do caçula da família.Quando cheguei à porta nem me dei ao trabalho de bater, entrando logo e avistando meus filhos nas escadas e Yui com a carinha de sonsa dela.

-O que o trás aqui?-começou Reiji ajeitando os óculos.

-Calma meu querido filho.-disse com deboche-Vim conversar.

-Creio que aqui não seja sítio para isso.-continuou sem dar importância ao que disse de início.

Segui-o para a sala de estar, sendo seguido de todos os jovens da família, cada um se sentando em suas respectivas cadeiras,diferenciadas pela cor favorita de cada um.

-Vocês vão se mudar!-disse sem enrolar muito,vendo todos ficarem surpreendidos.

-Como assim?-perguntou o ruivo que tinha os mesmos olhos de Cordélia.

-Sim,sim, isso que ouviu!-respondi.

-E para onde?- interrogou, mas agora o mais velho.

-Para casa de umas garotas.

-Noivas de sacrificio?-Laito.

-Aaaaaa, sim claro!- "O sacrificio vão ser vocês" pensei em silêncio.

-Então vamos!-Reiji.

Cada um saiu para ir fazer as malas incluindo a loira e eu fiquei sozinho.

Saí da mansão,indo para o jardim de rosas.

-Eu devia lhes ter dito que as mães não morreram?-disse em tom baixo para mim mesmo-Afff,devia....

Logo logo eles apareceram e só tivemos de esperar Yui, que apareceu passando 10 minutos, entraram todos na minha limousine e seguimos caminho.

~~Quebra de tempo~~

Parámos à frente da mansão, uma mansão estilo gótico, muito grande, com eras a trepar pelas paredes e uma entrada também grande, com um longo jardim com algumas árvores e a fazer de "rotunda" uma pequena fonte. (capa)

Dentro da mansão, do outro lado tem um imenso jardim,também, com rosas,árvores, bancos, baloiços, campos de jogo e uma piscina enorme.

-Parece um sítio bom!-disse Laito espreitando pela janela.

-*sussurro*Pena que só parece.

-Disse algo?- perguntou Shu.

-Nada, boa sorte!

-Para que?-perguntou Carla

-Acho que elas não vão aguentar nem uma semana.-disse Yuma.

Eles saíram todos,menos os mais velhos de ambas as famílias que me fitaram com desconfiança...mas logo saíram.

~~Carla Tsukinami~~

Aquele homem saiu logo como uma barata fugindo do chinelo.Tenho a certeza que está a tramar algo....

Depois de uma longa caminhada chegamos à porta do edifício que parecia ser muito antigo.

-Tenho a certeza que isto está abandonado e ele nos pregou uma partida!- disse o ruivo chato (Ayato)

-Acho que ele não fazia disso-Kou.

Quando Kou falou, a porta rangeu e abriu sozinha, fazendo nós todos trocar olhares.Entramos com um pouco de receio.Tivemos a certeza de que não era abandonado, estava tudo bem cuidado...as paredes pretas sem rachaduras ,com retratos, móveis incrivelmente belos, com velas acesas em cada um e vários utensílios, armas empoeiradas em molduras, vitrais e acima de cada tinha um retrato, do qual não dava para ver as caras,mas reparava-se que eram ambos de mulheres.

O que nos assustou mais é que ambos os retratos tinham manchas vermelhas,sangue, nos retratos e em ambas as armas que estavam em cima dos móveis.Coisa que os outros não repararam foi nos nomes em ambos, que não me dei ao trabalho de ler e na porta de entrada tinha um quadro com o nome "Watanabe" escrito também manchado.

Sentimos uma grande ventania.

-São eles?- disse uma voz feminina.

-Não sei, pergunte a Leonne.-disse outra

-QUEM ESTÁ AÍ?- gritamos todos e uma luz acendeu nas escadas onde tinham várias garotas,ambas com roupas longas pretas e com manchas vermelhas e cada uma tinha uma arma.

-QUEM SÃO VOCÊS O QUE FAZEM AQUI?-perguntou uma delas, a acastanhada.

-Calma querida Hinata.Eles entraram eles morrem.- disse uma com cabelos pretos.

-Pena que Leonne não está.-disse uma com o cabelo parecido com o meu.

-Tenham calminha, Karlheinz nos enviou para aqui.- disse o poste.

-Ah Karlheinz, carinha chato esse!-disse uma com cabelos curtos.-São?

-Os Sakamaki,os Mukami e os Tsukinami.-disse Reiji.

-Se é assim, somos as Watanabe.-disseram todas e desapareceram.-bem-vindos a um pesadelo.-senti um sopro no meu ouvido e vi que todas elas tinham feito isso nos ouvidos dos outros.

Voltaram a aparecer nas escadas com sorrisos insanos.

-Já acabou?- perguntou uma voz feminina que fez os tri-gémeos arrepiar.

-Cordélia....-bufou uma de cabelos castanhos.

-COMO?- gritaram os dois ruivos e o arroxeado.

-Oh meus queridos!-ouviu-se e logo apareceu nossa prima, Cordélia.

 

CONTINUAAA <3

 

 

 

 

 

 


Notas Finais


Espero que tenham gostado!
Eu não sei se a Christa é irmã ou prima do Karl.

Kissus de chocolate!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...