1. Spirit Fanfics >
  2. Território. - ABO >
  3. Tão metendo o pau em ti

História Território. - ABO - Capítulo 2


Escrita por:


Capítulo 2 - Tão metendo o pau em ti


Shoto dormia de bruços na cama, metade do corpo descoberto e o cabelo totalmente bagunçado. Ele e o irmão tinha virado a noite assistindo vários filmes, sendo eles: Moana, O rei Leão, A princesa e o sapo e Ratatouille. Talvez Shoto estivesse um pouco sensível e tivesse chorado um pouco no primeiro filme, mas relevamos esses detalhes.

Em cima da cadeira do lado da cama, o celular começava a dar sinais de vida, o toque do alarme chato repetitivo forçou o meio-ruivo acordar. Shoto definitivamente gostaria de dar um murro no celular, só que se fizesse isso a tela só iria ficar ainda mais fodida.

– Pirralho. - Dabi chutou a porta do quarto entrando trupicando pra dentro do local. - Se arruma logo, se vai no vende-tudo comigo.

– "Vende-tudo"? Que isso?

– Porra, tu é muito zona sul mesmo. Vem logo que depois 'cê entende. - saiu do quarto, deixando um atordoado meio-a-meio pra trás.

– Ah, caralho. - resmungou levantando da cama

...

– Então é basicamente uma padaria. Uau. - afirmou enquanto o Alfa pegava algumas coisas.

– Seu sarcasmo move montanhas, Shou. 

O sorriso do moreno desapareceu quando da porta da loja, o Alfa que comandava o outro lado do território apareceu. Do seu lado, uma Beta de cabelos marrons, sorria convencida.

– Oh, porra. - Shoto franziu o cenho pro irmão, olhando na mesma direção que o mais velho encarava. 

– Aquele cara de ontem. - Touya puxou o bicolor pra perto de si, indo pra outra ponta do corredor. - Que diabos? Oque foi?

– Shou, escuta. Não chega perto daquela maldita maria-fuzil, entendeu? - o Alfa sussurrava para si. 

– Tá, aqui, porque vocês dois se odeiam tanto? - o lado curioso de Shoto falava mais alto.

– Eu comando o outro lado do território como Alfa mais forte, o problema é que esse arrombado do Deku é ainda mais forte que eu, uma vez um idiota do meu lado foi até lá e bateu de frente com ele no meu nome, como se eu que tivesse mandado ele lá. Eu até pedi desculpa pra esse puto, só que o imbecil não escutou. E depois, ainda por cima, uns maluco começaram a dar em cima da mina dele, - apontou pra garota - e os arrombados moravam do meu lado, aí tu já viu, né?

– Pera, os maluco do teu lado ficam fazendo merda no teu nome? - massageou as têmporas

– É. Vem, vamo logo. - puxou o mais novo saído pra mais fundo na loja. 

Infelizmente, enquanto os dois continuavam conversando, o casal se aproximou dos fundo da loja, os irmão alheios da aproximação continuavam a falar idiotices. O Todoroki mais novo se divertindo com coisa que Touya o contava, abriu o freezer de leites, quando fechou tomou um susto com o reflexo. A garota morena que o Alfa tinha o alertado atrás de si, acompanhada com o esverdeado.

– AAH! Aí caralho, que susto. - pôs a mão no peito, os joelhos trêmulos ainda com medo do "Deku"

– Com licença? - com um tom sínico a Beta pediu, Shoto arqueou uma sombrancelha e saiu da frente do frigobar.

– Oshi, povo estranho. - novamente foi de encontro a Dabi, que olhava alguns preços.

Não ficaram muito tempo alí, alguns minutos depois comprando coisas pra comida do café e do almoço, finalmente foram pro caixa, o estômago do ômega agradecendo por isso.

A fila era relativamente pequena, pelo menos cinco pessoas na sua frente, foi rápido, logo estavam no início, só uma pessoa terminando de passar suas compras. O casal que morava do outro lado do território novamente se aproximou, e a medida que passavam as pessoas davam seus lugares na fila. Quando a garota que guiava o namorado chegou na frente do meio-ruivo, ela parou, olhando confusa pro ômega.

– ... Anh... Da licença? 

– Quê? - ela realmente estava o pedindo pra sair da fila?

– Sai da frente? - olhou com raiva pro bicolor. 

– 'Cê tá pedindo pra eu sair da fila? 

– Exatamente. - se aproximou esperando o garoto dar espaço. - Tá esperando oque?

– Você tomar vergonha nessa cara tua, eu obviamente não vou te dar meu lugar. - bateu de frente, Shoto era um ômega orgulhoso, que raramente se via com medo.

– Quem você pensa que eu sou? - perguntou retóricamente se aproximando do Alfa atrás de si.

Shoto virou pra caixa, educadamente pedindo o microfone que dava aos alto-falantes da loja, o recebendo nas mãos e olhando debochadamente pra Beta.

– Com licença, aqui no caixa temos uma mulher que não sabe a própria identidade, se alguém puder ajudar a identificar... - só teve tempo de devolver o microfone pra mulher atrás do caixa quando o irmão o puxou para fora da loja, o meio-ruivo rindo alto da cara que a Beta fez.

...

– Só eu tenho irmão biruta o suficiente pra desafiar a Uraraka. - Dabi entrou em casa rindo, tendo ajuda do mais novo pra desembalar as compras. 

– E tu achava mesmo que eu ia dar meu lugar na fila pra ela? - sorria guardando algumas coisas na geladeira. 

– Não, por isso eu pedi pra Rosana passar as compras o mais rápido que ela podia, tu deu sorte dela não querer partir pra cima. - adimitiu dando um tapa na boca do outro - Nunca mais faz isso, imbecil.

Shoto só riu enquanto entrava em uma lutinha com Dabi.

...

Do outro lado do morro, Uraraka chagava com raiva na casa do namorado, irritada por ter sido desafiada pelo bicolor.

– Quem aquele ômega pensa que é? - rangia os dentes jogando as compras em cima da mesa 

– Ele chegou ontem, tava mais perdido que cego em tiroteio. - o Alfa explicou, arrumando as compras com indiferença. - O maluco é irmão do Dabi.

– Tinha que ser daquela maldita família mesmo. - A Beta suspirava dramaticamente.

– O cara é playboy, acho que o nome dele é Shoto. - relembrou quando Dabi gritou o nome do mais novo no dia anterior. - Ele tem coragem.

– Não por muito tempo, - Uraraka sorriu cruelmente. - viu ensinar que aquele ômega estúpido não pode agir assim aqui, depois disso ele nunca mais vai dar as caras nesse lugar.

– Se você diz... 

...

Na casa de Dabi, Shoto espirrou algumas vezes.

– Acho que tão falando de mim... - espirrou novemente, derramando um pouco de café.



– Se tiverem devem tar metendo o pau em ti. - Shoto riu da escolha de palavras do irmão.


Notas Finais


Direto alguém mete o pau em mim. Kkkkkkkkk fodah


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...