História Testemunha do amor - Capítulo 61


Escrita por:

Postado
Categorias Supernatural
Tags Padackles, Romance
Visualizações 63
Palavras 1.304
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Ficção, Lemon, Romance e Novela, Slash
Avisos: Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


boa noite gente...mais um capitulo para voces...boa leitura.

Capítulo 61 - Acerto de contas


jensen e os outro se encontraram na delegacia.todos ja sabiam do ocorrido ficaram sem graça pois tambem acusaram jensen de defende jared.

jensen estava tao perdido que nao ouvia mais nada.

-Ei, Jensen. 

- Misha?

- Oi. Eu... eu sinto muito pelo Jared.

Oi, Jensen.Os olhos de Jensen alargaram-se diante da surpresa e por alguns segundos ele ficou sem reação.

- O que diabos você está fazendo aqui? – Jensen sibilou, deixando clara a raiva em sua voz.

- voce esqueceu que o tim me chamou tambem.disse willian.-você não pode me impedir disso.e depois ou ver como estar o jay

-Como você teve a cara de pau de vir aqui depois de tudo que você fez? Você não vai chegar um centímetro perto dele. Só por cima de mim.

- Jensen, não seja tão controlador. Jared não é seu, apesar de você querer que seja. – o cinismo era claro naquela 

-Acho que você deve ir embora agora mesmo se você sabe o que é melhor para você. – os três olharam surpresos e se deparam com justin que entrava na sala. Sua expressão estava fechada e ele tremia de raiva.

-Acho... que é melhor eu ir embora. – disse willian.

-parem!gritou tim.-quero sabe o que diabos deu errado de errado hoje.

-que mesmo sabe tim?entao me começe esplicando porque voce mudou horario do plano e nem se deu o trabalho de me avisa? perguntou irritado

-foi em cima da hora jensen.nao deu tempo.

-mais deu tempo pra voce chamar alona.misha e esse crapula

-eu tinha novas informaçoes.

-que informaçoes?

-jensen!para de gritar.disse tim nervoso olhando pra willian

-quem passou as informaçoes tim?quem?

-jensen!se controla,disse alona

-me controlar!alona uma pessoa inocente morreu.e o meu parceiro ta magoado comigo por culpa de voces e essa desconfiança toda.

-eu e misha nunca desconfiamos dele.

-eu sei!mais tambem nao o ajudaram.agora me diz tim quem informaçoes voce tinha.

-alguem me disse que viu jared e lex juntos.

-e dai!nao era esse o ibjetivo?ficar perto pra ganhar informacoes.disse irritado.

-sim!mais nao precisava ir trepar com ele num beco

-o que?quem foi o desgraçado que mentiu pra voce?

-jensen esquece isso.disse tim.-ja sabemos que jared nao é culpado e..tim de repente sentiu sanguem nos labios,jensen o atingiu em cheio,que o fez cair com tudo no chao.

-esquecer isso!como?ele podia ter morrido desgraçado.

-jensen!gritou misha.-por favor se controla pelo jared.

-é acho que mereci isso.disse tim se levantando do chao.-eu vou me limpar,me acompanhe alona.lincença.disse e saiu da sala.

-sim chefe!disse e saiu com tim da sala

-e o que voce faz aqui justin?

-wilian deixe o cara em paz.disse misha.

-justin voce esteve com o jay?perguntou jensen.-por favor me diz

-o jared estar na pousada.lino foi busca-lo na praia ele estava muito mal.

-eu preciso ir ve-lo.

-nao é uma boa ideia jensen.disse misha

-tambem acho ackles.disse willian.-eu pensei que depois do beco esse seu fetixe pelo moreno iria passar.disse rindo de canto.-ou voce quer outra rodada?

-foi voce?seu cretino!voce sabe o que fez hein?

-jensen se acalme!

-eu vou mata-lo.disse e avançou em cima de willian

-jensen para!disse justin.

mais jensen nao ouvia mais nada,tudo tava errado e tudo culpa do willian.juntando com a sua é claro,socava com vontade.

-voce sabeo que faz !desgraçado.soco.-o jared estar mal por sua mentira. soco.-me diz willian foi tudo por ciumes por que ele te largou.soco.

-chega jensen.disse misha o tirando de cima de willian.

-me larga misha!me deixa acabar com esse filho da puta.

-isso nao vai resolver jensen.disse levando jensen para outra sala.

-jensen fica calmo amigo.

-eu preciso ve-lo misha.

-espera ate amanha

-nao!eu preciso agora.

-jensen ele ta magoado.disse abraçando o amigo.-mesmo que voce fosse hoje ele nao vai querer falar com voce.

quando lino chegou a praia jared estava tremendo,chorando como uma criança.com muito esforço colocou no carro e foram ate a pousada.deram um banho no amigo e colocaram na cama.sabiam que ele nao iria comer nada.depois de um tempo jared começou a narrar o ocorrido .justin sem perder tempo foi delegacia.

jared estava deitado e so chorava por causa da relacao com jensen e por dinna.

A noite foi passando lentamente, entre lagrimas e lembranças para Jared e Jensen.

jensen foi pra casa tinha conversado com misha e ele acho que o amigo tinha razão decidiu espera ate o dia seguinte.mais ao chegar no apartamento começou a chorar,sentiu o cheiro de jared em cada pedacinho do ap.lembrou que foi ali que eles se amaram antes de toda a confusao com muito custo conseguiu dormir.

acordou e queria que estivesse sonhando,mais ao olhar pro lado da cama vazio sentiu uma imensa dor no peito.mais decidiu que iria atrs de jared,contaria que ele nunca deixou de confiar nele.tomou um banho rapido e seguiu pra pousada sem tomar cafe,nao aguentava mais de saudade de jared.

willian foi tomado pelo ciumes,nao queria que uma pessoa inocente morresse e nem que jared ficasse triste saiu dos seus pensamentos quando bateram na porta.

-misha!

-posso entrar?

-claro entre!

-como voce se sentir?

-desculpe?

-ja teve a crise de conciencia?

-misha! se voce veio aqui pra defender seu amigo.

-eu nao vim defender ninguem!ate porque eles nao precisa de defesa.

-entao pra que veio?

-nao faça mais nada que possa ser arrempender.

-do que voce estar falando?

-é so um conselho willian.nao faça isso.disse e saiu do hotel .

jensen chegou ate a pousada,bateu na porta esperou,mais como ninguem respondeu pensou em ir embora.mais ouviu o tinco da porta olhou pra tras e viu jared.ele estava com orelhas e com os olhos meio vermelho de chorar.ficaram se olhando por um tempo.jensen tinha planejado o que iria falar,mais quando o viu perdeu ate a fala e a repiraçao.

-o que faz aqui ackles?

Amar pode doer
Amar pode doer às vezes
Mas é a única coisa que eu sei
Quando fica difícil
Você sabe que pode ficar difícil algumas vezes
É a única coisa que nos faz sentir vivos

-o que faz aqui ackles?

jensen sentiu magoa na voz de jared,o som de como ele pronuncio seu sobrenome.

-Jared, deixa eu...

- Não quero mais ouvir as suas mentiras. 

- Você precisa me ouvir.  Pediu Jensen em desespero

-Não quero te ouvir, não quero olhar para tua cara...sai daqui 

-Eu... Eu ia te contar. Disse Jensen também entre lágrimas.

- Quando o caso fosse resolvido? Você ia chegar e dizer Valeu jared, foi bom o quanto durou! Disse Jared com ironia.

- Não! Gritou Jensen em desespero. – Eu ia contar ontem, quando estavamos no meu apartamento.

-voce iria me contar que estava 

desconfiando de mim? 

- Jared...

-Poupe o seu fôlego. 

-Me ouve, por favor...  Jensen implorava.

- Acabou, vai embora. – Jared agora falava cansado e cheio de dor. – Sai da minha casa, saia da minha vida...

Não! Por favor.  Continuava pedindo Jensen.

- Não se aproxima de mim! Não quero te tocar nem que seja para quebrar a tua cara.  Disse Jared, quando Jensen tentou se aproximar, o loiro recuou diante de tanta raiva que sentiu vindo do moreno

 -Por favor... Eu me entreguei a você. Disse Jensen.

-Claro, fazia parte pra descobrir se eu estivesse com lex. Falou Jared.-me lembro muito bem do dia.nos fomos atras do braço direito do lex.

-Você não pode...

-Vai embora! Gritou o moreno 

- Por favor, me escuta.

-chega ackles!por favor vai embora.disse apontando pra porta. 

-ok!mais eu nao vou desistir.disse saindo

assim que fechou a porta jared deasabou no chão e chorou.

Amar pode doer
Amar pode doer às vezes
Mas é a única coisa que eu sei
Quando fica difícil
Você sabe que pode ficar difícil algumas vezes
É a única coisa que nos faz sentir vivos Nós mantemos este amor numa fotografia
Nós fizemos estas memórias para nós mesmos
Onde nossos olhos nunca se fecham
Nossos corações nunca estiveram partidos
E o tempo está congelado para sempre

 

 

 

 

 

 

 

 

 


Notas Finais


musica desse capitulo.Photograph Ed Sheeran


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...