História Teu olhar - Capítulo 13


Escrita por:

Postado
Categorias Banda Fly (Fly Br)
Personagens Paulo Castagnoli, Personagens Originais
Visualizações 11
Palavras 1.538
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Esporte, Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção, Ficção Adolescente, Literatura Feminina, Luta, Musical (Songfic), Poesias, Policial, Romance e Novela, Terror e Horror
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Estupro, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


por hj é só amores

Capítulo 13 - A viagem


Sophia P.O.V

 

Os dias passaram bem rápidos, eu praticamente não tenho tempo pra nada, a faculdade já está na reta final, e eu estava acumulada de trabalhos pra fazer e já que eu ia faltar de aula dois dias, tive que adiantar a maioria.  Eu estou bem próxima do Paulo, a gente troca mensagens ou ele me liga todos os dias, mesmo não tendo muito tempo, sempre conversamos. 

Desde segunda que eu não durmo direito, sempre virava as noites com o Gui fazendo trabalhos, desenhos e quando terminávamos já eram 5 horas da manhã e 6 horas tínhamos que acordar, então tomo energético o dia todo. E hoje é quinta, eu poderia estar dormindo mas eu estou arrumando minhas malas, em plena madrugada, íamos sair 4 horas manhã e já eram 1h30min da madrugada, as meninas estavam dormindo e o apartamento estava completamente em silêncio.

Terminei de arrumar minha mala e coloquei no chão, peguei minha roupa que eu tinha separado, um short jeans desfiado e um cropped cinza que mostrava um pouco da barriga e tinha alguns desenhos, e minhas peças íntimas e entrei no banheiro. Tomei um banho um pouco demorado, sai, me enxuguei e vesti a roupa, me olhei no espelho e eu estava horrível, com olheiras e uma expressão cansada, estava morrendo de preguiça de passar maquiagem então só arrumei meu cabelo e prendi em um coque. Peguei meu celular e fui na cozinha, peguei um pedaço da pizza que as meninas tinham pedido mais cedo e peguei refrigerante, terminei de comer, arrumei tudo e fui pra sala e me joguei no sofá, liguei a tv e coloquei em um filme qualquer, não tinha nada pra fazer então entrei no twitter. Fiquei falando com algumas fãs dos meninos, tinham algumas que até gostavam de mim.

@l0vesfly : Você e o Paulo estão juntos? " - Uma menina perguntou.

" @SophiaCampos : Não hahaha " - Respondi e cinco minutos depois minhas menções viraram uma bagunça, fui olhar o que era e só podia ser o Paulo.

" @l0vesfly @SophiaCampos Não, ainda! " Ele tinha respondido com alguns emojis e vieram várias pessoas falando, as que me xingavam eram poucas agora.

" Vai dormir! O Nathan já ta aqui dormindo bonitinho. @pcastagnoli " Tweetei pra ele, o Nathan estava dormindo aqui, com a Mel lá no quarto dela. E várias pessoas vieram me perguntar porque o Nathan estava dormindo aqui e eu não respondi.

" Pra que dormir? Caíque já ta acordando, pra terminar de arrumar as coisas @SophiaCampos. "

" Caíque sempre, enrolado hahahaha @pcastagnoli. "

@EuEscolhiVooar : Vocês vão viajar? "  Ela me perguntou e eu respondi com alguns emojis de silêncio. 

Sai do twitter e fui acordar as meninas, já eram 3h30min, daqui a pouco já iríamos, fui no quarto da Mel primeiro e ela e o Nathan dormiam abraçadinhos, eles se amavam, mas o Nathan é lentinho, nem pediu ela em namoro ainda. Sacudi eles até eles acordarem e mandei eles se arrumarem, fui no quarto da Manu e ela já estava pronta, fui no meu quarto e escovei os dentes, guardei mais algumas coisas na mala, peguei meu óculos escuros, calcei meu vans e fui pra sala levando minha mala. Peguei um energético na geladeira e sai do apartamento indo pro apê do Léo e do Gui, toquei a campainha e logo o Léo abriu.

- Tão prontos? - Falei enquanto o Léo me abraçava.

- Sim. - Ele disse com a carinha fofa. - Nossa você tá péssima em? Tem que dormir. - Ele falou rindo e eu dei um tapa no seu braço. 

- Mais energético? - Gui chegou na sala e apontou pra latinha na minha mão.

- Sim né, se não eu não consigo parar em pé. - Falei dando um gole na bebida.

Recebi uma mensagem do Paulo dizendo que já estava lá em baixo com o Caíque, os meninos ficaram esperando a gente com as malas no corredor e eu entrei no meu apê, peguei minha mala e coloquei meus óculos escuros, o Nathan já estava saindo com a mala dele e da Mel e logo as meninas apareceram, trancamos tudo e descemos, o Gui desceu pra garagem pra pegar o meu carro e nós saímos pela portaria mesmo e o Paulo e o caíque estavam encostado no carro.

- Oi caíque. - Disse abraçando ele e ele me abraçou forte. - Oi branquelo. - Disse abraçando o Paulo e ele me abraçou forte também, ele foi me dar um beijo na bochecha mas eu virei o rosto e acabou sendo um beijo no canto da boca, sorri sem graça pra ele e me afastei, as meninas cumprimentaram eles e a gente decidiu quem ia com quem.

Ia eu o Paulo, a Mel e o Nathan no carro do Paulo, e o Gui, o Léo e a Manu, no meu carro, guardamos tudo no porta malas e entramos no carro e o Paulo tirou uma foto que apareceu o Nathan deitado no colo da Mel no banco de trás, eu sorrindo e o Paulo sorrindo, essa foto ia dar o que falar. Ele postou com a legenda " Partiu " no insta. 

Fomos a viagem inteira cantando e conversando, quando foi 6 horas da manhã, já estávamos entrando no condomínio que os pais da Mel moravam, era um pouco distante da cidade, mas era tudo lindo, a casa dela ficava no final da segunda rua, estacionamos o carro em frente a casa e descemos, logo os pais dela vieram nos cumprimentar e entramos, a casa era muito grande e ela foi mostrar a casa pros meninos, no andar de cima ficava os quartos, tinham 5 quartos, 3 de hóspedes e 1 da Mel e o outro dos pais dela, no andar de baixo ficava uma sala de visitas, sala de jantar, cozinha e tinha um porão que não era bem um porão, era uma sala super confortável onde tinha tv, essas coisas. Do lado de fora, no quintal, tinha uma área coberta, com alguns jogos, tipo, mesa de sinuca, de ping pong, alguns jogos e do outro lado tinha uma piscina e algumas espreguiçadeiras, tinha um churrasqueira com algumas mesinhas e cadeiras. 

Os pais dela disseram que estavam muito cedo e que a gente precisava dormir pra aproveitar muito depois, Mel disse que ficaria no no quarto dela com o Nathan, Manu ficaria em um quarto de hóspedes que tinham duas camas de solteiro com o Caíque, o Gui e o Léo ficariam em outro com o Gui que tinham duas camas de solteiro também, e eu teria que dividir o quarto com o Paulo. Fomos cada um pro seu quarto e me joguei na cama tirando o vans e o Paulo fez o mesmo e se deitou do meu lado, a nossa cama era de casal.

- Os pais da Mel são muito simpáticos. - Paulo disse.

- São mesmo, eles são um amor. - Falei sorrindo e me virei pro lado oposto. - Boa noite. - Ele riu e eu fechei meus olhos, logo senti ele me abraçando pela cintura e me puxando mais pra perto, estava extremamente confortável e bom, então nem afastei dele. Dormimos de conchinha e algumas horas depois eu acordei com o Paulo se levantando.

- Desculpa, não queria te acordar. - Ele falou.

- Sem problemas, já dormi demais. - Falei rindo. - Que horas são? - Falei e percebi que já tinham colocado nossa mala aqui.

- Já são 13h30. - Ele falou, peguei meu chinelo dentro da mala e calcei, arrumei meu cabelo e fomos ver onde eles estavam, e quando chegamos na cozinha estavam todos lá rindo e almoçando. Nos servimos e sentamos na mesa pra comer.

- Sabe onde a gente pode levar os meninos? - Mel disse depois de um tempo e fez uma cara de suspense e eu já entendi onde era.

- Eu topo. - Falei e comecei a rir.

- Mas ela nem falou o lugar. - Caíque disse.

- Mas eu sei onde é né. - Falei piscando.

- Ah naquele lugar não, leva os meninos, eu to fora! - Léo disse e começamos a rir.

- Eu também to fora! - Gui disse.

- Ah gente, que lugar é esse? - Paulo falou.

- Você só vai saber depois. - Falei.

Terminamos de comer e ficamos mais um tempo conversando, até que resolvemos ir pra esse lugar, fomos em uma moto, não era bem uma moto, cabia 4 pessoas, então a Manu e o Caíque foram em uma sozinhos e foi eu o Paulo, o Nathan e a Mel dirigindo. Estava indo muito rápido e os meninos estavam com medo, saímos do condomínio mas saímos pelos fundos, que dava em uma estradinha de terra, ficamos mais uns 5 minutos e paramos num lugar todo gramado, tinha uma igrejinha abandonada ta em cima e uma casa mais pra baixo.

- É aqui? - Caíque falou e nos assentimos. Mel explicou tudo pra eles, que aqui era amaldiçoado e quem entrasse poderia pegar a maldição e tal, os meninos não acreditaram e subimos apé mesmo até a igrejinha, resolvemos entrar o que não foi uma boa ideia.


Notas Finais


boa noitinhaaa


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...