História Teu olhar - Capítulo 5


Escrita por:

Postado
Categorias Banda Fly (Fly Br)
Personagens Paulo Castagnoli, Personagens Originais
Visualizações 15
Palavras 815
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Esporte, Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção, Ficção Adolescente, Literatura Feminina, Luta, Musical (Songfic), Poesias, Policial, Romance e Novela, Terror e Horror
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Estupro, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


boa leitura

Capítulo 5 - Pq vc mexe comigo?


Me virei e dei de cara com o Leonardo.

- Léo. - disse o abraçando.

- Oi morena. - Ele disse me abraçando.

Ficamos conversando um tempo e depois ele foi falar com a Mel e a Manu. Desisti de ficar esperando por Paulo e fui curtir a festa da Manu, pelo jeito ele não iria mesmo vir.

Fui pra pista de dançar e dancei muito com a Manu e com o Gui nem vi as horas passar. Já era quatro horas da manhã, e tinham poucas pessoas. Fui até o bar e pedi uma água e me sentei pra esperar as meninas. As poucas pessoas que tinham na festa se despediram restando só eu, o Gui o Léo a Manu e a Mel.

- Nossa, Emanuelle sua festa estava ótima. - Mel disse rindo, com certeza ela bebeu de mais.

- Estava muito bom, mas eu estou cansada e pretendo ir pra casa agora. - Falei.

- Então vamos né? - Manu disse tirando o salto alto e andando pra porta. Gui foi com a mel e o Léo passou os braços por meu ombro me guiando pra fora. 

Fomos embora e não demoramos muito pra chegar. Despedimos dos meninos e entramos no nosso apartamento. Mandei a Mel ir pro chuveiro porque realmente ela não estava bem. Ela sempre ficava alegre de mais quando bebia e me arrancava boas gargalhadas por causa disso.

Manu foi pro seu quarto e eu fui pro meu, tomei um banho e coloquei meu pijama. Fui até o quarto da Mel pra ver se ela já tinha saído do banheiro e ela já estava de pijama e dormindo. Fui pro meu quarto e me deitei na cama e dormi rapidamente.

 

Emanuelle P.O.V

Acordei, peguei meu celular e já eram uma hora da tarde. O apê estava no maior silêncio, estranhei, porque a Sophia sempre é a primeira a acordar e acorda todo mundo. Sophia sempre foi a mais responsável e certinha, não gostava muito de sair, se ela pudesse ficava o dia todo dentro de casa lendo e também amava andar de skate e correr.

A Mel sempre foi a mais baladeira da gente, pra ela, sempre foi balada de segunda a sexta, mais de um tempo pra cá ela vem criando juízo por que a Sophia já brigou várias vezes com ela.

E eu sempre saio com o Gui e com o Léo, eu gosto de sair mais saio só as vezes e tal. O Gui e o Léo também sempre adoram uma balada e vivem saindo. As vezes o léo fica em casa com a Sophia ou vai andar de skate com ela, porque ele ama ela, só que a Sô só o enxerga com um melhor amigo. Ela é meio lerda as vezes.

Resolvi levantar, tomar um banho e coloquei uma roupa fresquinha porque estava calor e desci pra cozinha e eu era a única que estava acordada, preparei um lanche e fui pra sala comer e ver tv.

Sophia P.O.V 

Acordei e peguei meu celular e já eram seis horas da tarde, me assustei com as horas, como assim eu dormi o dia inteiro? Levantei, e arrumei minha cama, fui pro banheiro, fiz minha higiene matinal, escovei os dentes e tomei um banho. Saí me enxuguei e coloquei um short jeans e uma camiseta azul clara de alcinha. 

Fui pra sala e o Gui estava deitado em um sofá, a Mel e a Ju sentadas no outro e o Léo sentado no chão.

- Boa noite. - Disse pulando em cima do Gui.

- Sai de cima de mim sua gorda. - Ele reclamou.

- Sophia, você dormiu o dia inteiro. - Mel disse enquanto eu me sentava do lado do Léo.

- e por que vocês não me acordaram? - Perguntei.

- Porque você merece dormir muito. - Manu disse.

- Ah eu tô com fome.

- Eu também. - Mel reclamou

- Vamos no MC? - Gui sugeriu se levantando? 

- Vamos. - todos disseram juntos.

As meninas se arrumaram e fomos pro MC, chegamos lá e sentamos em uma mesa meio afastada e o Gui e o Léo foram fazer nossos pedidos. Ficamos rindo e conversando e os meninos estavam demorando. Olhei pro balcão e vi o Paulo? Paulo? Meu coração disparou ele estava de costas perto dos meninos e quando ele se virou pra trás eu desviei o olhar, e fingi que não vi ele.

Porque ele faz isso comigo, se eu troquei apenas algumas palavras com ele? Nem o conhecia direto e nem foi na festa e nem me deu explicações nem nada. Acho que ele até deveria ter se esquecido de mim. 

Tinha algumas mesas na nossa frente e vi Caíque e Nathan sentadas nela. E o Nathan que estava de frente olhou pra mim e eu não consegui desviar o olhar. Ele sorriu e eu sorri de volta.....


Notas Finais


......


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...