1. Spirit Fanfics >
  2. Textos: Diário de uma adolescente >
  3. Texto: Descrição de um ansioso

História Textos: Diário de uma adolescente - Capítulo 6


Escrita por:


Capítulo 6 - Texto: Descrição de um ansioso


Têm noites que me torno uma coruja e a passo toda acordada, não é porque eu adoro ficar acordada aumentando minhas olheiras e para passar o dia morrendo de sono, mas porquê não consigo evitar.

Nessas noites minha cama parece tão pequena. A Sra. Ansiedade se senta a beira da cama e diz: Vou te contar umas historinhas hoje - e sorri de suas palavras.

Então ela me relembra de todos os meus erros e diz que é para meu bem que é uma forma de eu não fazer de novo, mas ela está mentindo.

Enquanto tudo isso dura, é como um ritual obsessivo, eu começo a pentear o cabelo diversas e diversas vezes, meu coro cabeludo já está machucado, mas é uma forma de pensar menos.

Sinto meus pés e mãos gelados, meus olhos doem de sono, mas eu não posso dormir, fico com medo de ter pesadelos de novo, medo de pensar algo errado.

Isso é uma tortura.

1,2,3 suspiro 4,5,6 suspiro.

O segundo round começa.

- Que tal começarmos a pensar no seu futuro, querida? - Ela pergunta e nem espera resposta. - O que será que você fará daqui 2 anos? Acho que você não será uma boa profissional quando se formar, só acho. 

Não digo nada.

- Você sabe que ninguém vai gostar de você de verdade, né? Aqueles meninos só acham você bonitinha e legal. Você não presta para namorar.

Não digo nada.

- Sabia que as coisas que você escreve não prestam? Essas músicas que você faz são péssimas, e esses desenhos, nossa, teu traço tá pior, você não me ouviu quando disse para parar.

E chega o Perfeccionismo o amante da Ansiedade.

- Quantas vezes vou ter que dizer que você tem que fazer as coisas certas? Você não se esforça o suficiente, vai decepcionar sua mãe desse jeito.

- Verdade. - Concorda a Ansiedade.

Como eu queria pegar um taco de beisebol com arame farpado nele - como o do Negan de TWD - para espancar a Ansiedade.

Depois de cansada, eles dizem:

- Voltamos outro dia, durma bem. 

Foram embora.

Eu queria que isso acabasse para mim, para todos.


Notas Finais


:")
Eu nunca sei o que dizer para ajudar alguém, eu não sei a intensidade da sua dor, eu não tenho boas palavras, mas sinta-se abraçado e isso não é besteira, não é drama seu.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...