História Textos Sheila Soares - Capítulo 4


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Visualizações 2
Palavras 527
Terminada Não
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Poesias
Avisos: Suicídio
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Pra falar de amor não é preciso amar.

Capítulo 4 - Platão ja dizia


"O amor é uma perigosa doença mental". Bom a mtos anos atrás Platão disse isso.

Vamos começar analisando. As pessoas que " amam " tem a mania sentimental de dizer frases do tipo "vc vai ficar pra sempre em meu coração" "nunca vou deixar de te amar, enquando meu coração bater" e outras frases românticas que citam o amor presente no corações delas. Primeiro é impossível o amor habitar no coração, única função do coração é bombear o sangue para que sobrevivemos, outra prova disso é que se as pessoas amadas vivessem no tal, os transplantados desse órgão não teriam mais tais sentimentos.

Particularmente, acho que seria mais lindo dizer: "Eu vou te amar até meu cérebro parar, fazendo meu mecanismo todo morrer, e te guardarei na minha mente ate nenhuma memórias mais existir. Pq de fato os sentimentos ficam no cérebro, ele é responsável pelo " amor " ele controla tudo, e é na mente que guardamos as memórias, e mesmo quem tem alzheimer, em algum momento da doença, ate em um nível mas avançado ela vai lembrar das pessoas queridas.

Não acredito que na vida exista apenas um amor verdadeiro, pelo contrário. Vivemos cerca de 50 a 100 anos, como amar apenas uma? Se formos pensar qual nossa referência sobre amor ? Como saber se é mesmo amor ? Nosso primeira referência sempre foi o amor de mae. Alguns dizem que o único amor de verdade é o materno, n discordo. Porque é o único com grandeza eterna, é difícil saber que o que sentimentos é amor, não tem como definir oque é amor. As pessoas tem uma necessidade de dar nomes a td, pra ter o controle, pensa que horrível sentir algo que n sabemos o nome? Talvez fosse ruim mesmo. Mas nem um amor é igual, são circunstância, pessoas, histórias, momentos diferentes, não poderia ser igual, cada um tem um jeito diferente de "amar" tem uns que não acreditam no amor e morreram sem amar. Mas o que é o amor? Que enigma, para Platão é uma doença mental, concordo. Veja alguns dos sintomas: Saudade, ciúmes, dor, obsessão de pensamentos, abstinência etc. Pra definir o amor é o que você dizer que é, o que você quiser que seja. Sem rótulos e sem regras. Penso nós casais que vivem anos juntos ate a morte, 60,70 anos juntos ou mais. Acredito no quanto se amavam, o quanto eram doentes. Isso me faz pensar que o amor é também uma junção de sentimentos, você já ouviu falar que o amor n acontece do dia pra noite. Você conhece alguém e começa a confiar, ser amigo, cuidar e ser cuidado e todas essas coisas que geram o amor. Já podemos ter um significado mas perto do que é o amor. Ele é tudo que você quiser que ele seja, porque ele é uma junção de sentimentos normalmente positivos. Algumas mentes amam até isso fazer bem, mas tem algumas mentes característica a amar até quando faz mal, no caso esse tipo de mente está de alguma forma traumatizada e doente. Mas já disse o amor é um enigma e cada pessoas tem uma solução pra o tal.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...