História Text's for Tom - Capítulo 13


Postado
Categorias Eddsworld
Personagens Tom, Tord
Tags Tomtord
Visualizações 112
Palavras 349
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Ecchi, Ficção Adolescente, Fluffy, Lemon, LGBT, Romance e Novela, Shonen-Ai, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Cross-dresser, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 13 - Edd, vc tá legal?


  Edd anda estranho desde que Matt morreu, tenho notado que ele está passando mais tempo sozinho que o normal, e sempre que eu toco no assunto ele muda de repente ou inventa algum compromisso, acho que ele ainda está triste por causa disso então vou apenas respeitar seu espaço pessoal e dar um tempo para ele. 

Tord também anda estranho, demorando mais que o normal para responder, eu já estou ficando preocupado, "como ele diz que me ama e depois se distancia do nada." Estranhamente isso parece a vara dele, sumir do nada e me deixar para trás. 

— EDD, VOU SAIR. — Depois de trancar a porta do  meu atual apartamento, dou algumas batidas na porta do apartamente dele.

— CERTO! — Ele nem se deu o trabalho de abrir a porta.

— EU SEI QUE VOCÊ ESTÁ CHATEADO PELO MATT, MAS SAIA UM POUCO, CONHEÇA OUTRAS PESSOAS, SEI LÁ. — "Olha só quem está falando" — EDD! Desculpa... — Digo isso e depois saio, vou andando sem pressa e descendo a escada com bastante lentidão, acho que não estou realmente disposto a sair, mesmo assim continuo meu caminho. 

 ++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++

Chego um pouco tarde, com um cachorro quente na boca e levando algumas sacolas de super-mercado nos braços, paro na frente do meu apartamento e com certa dificuldade pego a chave no bolso, me sinto um capeão por não deixar nada cair. Guardo as coisas que eu comprei e me estico um pouco, acho que hoje vai ser só mais um dia norma- PAM

— EDD? — Acho que esse som veio do apartamento dele, vou lá para forá ver o que aconteceu, e me deparo com vidros nos chão e alguns tubos de ensaio, sem pensar duas vezes entro no apartamento de Edd, cuja porta estava semi aberta.

Edd estava no meio da sala de joelhos e aparentemente chorando, não dava para mim ver seu rosto naquela escuridão, e um filme estava passando na tv, tubos de ensaio no chão, e alguns liquídos estrnhos pelo tapete, eu não me emportei em indentificar nada em especifíco meu único foco é em Edd e no que ele esta segurando. 


Notas Finais


Vocês acham que eu deveria escrever uma fic com o monster!Tom?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...