História Text's for Tom - Capítulo 15


Postado
Categorias Eddsworld
Personagens Tom, Tord
Tags Tomtord
Visualizações 47
Palavras 417
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Ecchi, Ficção Adolescente, Fluffy, Lemon, LGBT, Romance e Novela, Shonen-Ai, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Cross-dresser, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Se não tinha nada escrito no cap anterior, atualize a página :3

(Eu enviei a imagem primeiro e escrevi depois, dicupa :'3 )

Capítulo 15 - Titulo original


Edd ficou louco. Eu não consigo pensar em outra hipótese para isso, e ele não só está louco como sua aparência está diferente seu casaco está sujo de diversas coisas que não sei oque são, cabelos bagunçados, e olheiras. Tento ver o que ele está segurando, mas estou com um certo medo de me aproximar de mais dele, mantenho minhas mãos na masaneta da porta, eu que ele não é tão inofensivo quanto parece...

— O que foi Tom? Está tudo bem Tomee? Você realmente parece nervoso — Ele diz tranquilamente, me chamando pelo apelido que Tord me deu no Jardim de infância. Como ele se virou em frente para mim, a luz da tv finalmente ilumina o objeto no colo de Edd, que é um vidro enorme de vidro com coisas pequenas que se movimentam rapidamente, e o zumbido que achei ser da televisão na verdade vem do que quer que esteja dentro desse vidro.

— E- Edd, eu ... 

— TOM! Fique por aqui.... Um pouquinho mais.... — Ele se levantou rapidamente e me agarrou pelo braço. 

— Tomee, você está se dando bem com o Tord? — Ele encara um objeto por um momento e o acarricia como se fosse a um animal doméstico — Vocês sempre brigaram muito, mas eu sei que vocês se amam de mais... sabe, um dia vocês ainda vão se matar brigando desse jeito. — Engulo seco com esse comentário falado de forma tão calma porém ameaçadora, Edd realmente está meio doido, vou falar com Tord, e ele vai ter que me ajudar!

— Vou aqui rapidi- 

— TOM! Fique por aqui.... Um pouquinho mais.... —  Vamos assistir....  —  Ele aponta para a televisão passando um filme qualquer, ainda nervoso respiro fundo e vou com ele, que parece ter ficado animado com minha decisão.  —  Vem, senta aqui....  —   Ele se senta no chão em frente ao sofá, e indica com a mão um lugar ao lado dele.

Apenas me sento ao lado dele, e ficamos vendo o filme até mais tarde, meu nervossimos vai passando aos poucos, apesar de tudo é o Edd...

 —   Eu e o Matt adoravamos esse filme...  —   Ele se aproxima mais de mim, e pega uma almofada para colocar no meu colo, e resolve se deitar nela, e põe o vidro de antes em cima dele.  —  Eu vou sentir sua falta se você virar um zumbi, tudo bem Tom? 

Gelo, e prefiro não dizer nada. Edd logo pega no sono na almofada, me levanto tomando cuidado para não acorda-lo e saio dela, eu preciso falar com o bendito do comunista.


Notas Finais


Imagens em breve >:)

Eu disse que as coisas ia ficar doidas.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...