1. Spirit Fanfics >
  2. Thanks for all >
  3. Esperança

História Thanks for all - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


Fala seus cachorro, beleza? Eu sou o Pedro!

Trazendo mais uma fanfic de um ship que não é muito popular, Mas que eu achei muito interessante(DeathShipping), então resolvi trazer uma história sobre ele. Toda ela será contada em primeira pessoa, portanto, espero que vocês gostem dela.

É a minha segunda história que eu escrevo, e torço pra que fique tão boa quanto a primeira, e se você não leu ainda, te convido a ir dar uma olhada nela, tá muito legal, te garanto como você vai gostar.

Ah, tenho um recado pra vocês nas notas finais, especialmente pra quem pretende começar uma nova história.

E sem mais enrolação, vamos ao capítulo. Tenham uma boa leitura meu faraó. Enjoy :D

Capítulo 1 - Esperança



Já faz um longo tempo desde o dia que ele apareceu por aqui, acho que pra ser mais exata, uns 7 anos desde a sua última aparição... e pensar que ele só veio me desafiar pra uma batalha, pegar a insígnia e seguir a jornada... Mas ele fez mais do que isso, ele mudou a minha vida.

Eu sou Sabrina, líder do ginásio de Saffron, tenho atualmente 18 anos. Poucos treinadores conseguem me derrotar de primeira, a maioria consegue na segunda ou na terceira tentativa, e isso me faz ter um certo orgulho disso, afinal, ser forte é o desejo de todo mundo, certo?! Bom, eu mudei muito de uns anos pra cá. 

Meu cabelo, que era longo e verde-escuro, diminuiu e ficou verde mais puxado pro cinza, com as pontas viradas tanto para esquerda, como para a direita; Confesso que tenho saudades do meu cabelo antigo, mas essa nova forma que adquiri me deixa mais charmosa. 

Minhas orbes ganharam uma tonalidade vermelha mais forte e chamativa, e ganhei um corpinho até que invejável, talvez ninguém demonstre interesse por mim por conta do meu jeito um pouco frio, digamos assim, ou porque eu pareça não demostrar interesse em ninguém, e, é basicamente as duas coisas, mas não é por conta que eu seja feia ou algo do tipo, pelo contrário, sou muito bonita e possuo belos atributos... Eu sei, nessa questão de aparência eu sou muito convencida, e também me orgulho disso. 

Eu ainda moro com os meus pais, afinal, meu ginásio fica na casa deles, então não tem pra onde correr, todavia, não posso ficar toda a minha vida morando com eles, então pretendo mudar o local do meu ginásio, mesmo que seja em uma cidade na qual não tenha um oficial, mas eu gostaria de viver a minha vida, sem precisar depender de alguém... pelo menos, se não almejar o que procuro.


Eu não lembro direito o que aconteceu comigo ou, o porque de ter acontecido, mas quando eu era criança, adquiri alguns poderes psiquicos como o de Teletransporte, Telepatia, Psicocinese e transmutação, e isso na mão de uma criança é muito perigoso, hoje em dia controlo isso com maestria. 

Pois bem, fiquei um tanto quanto obcecada por esse poder ao longo dos anos, e consegui aumentar isso, me tornando uma pessoa má e um tanto cruel, mesmo com meus 10 anos de idade. 

Mas um dia, chegou um garoto moreno que possuía um Pikachu, com cabelos bagunçados e marcas de raio em suas bochechas, usando um boné branco com vermelho que tinha um símbolo verde no meio, uma jaqueta azul e um olhar bem determinado. 

A sua finalidade era uma só: Me derrotar e ganhar a insígnia do pântano, e até aí estava tudo certo, mas até o momento em que ele resolveu, de forma indireta, me libertar. 

Confesso que aquele Haunter dele foi um tanto medroso, mas serviu para ajudar na minha "libertação" me fazendo rir, uma coisa que até então eu não fazia, E foi aí que tudo começou. Passei a ficar com aquele Haunter, pois o mesmo decidiu permanecer comigo, e assim o deixei bastante forte, o que o fez evoluir para Gengar, se tornando um Pokémon quase imbatível e, tenho um grande afeto por ele, pois assim nunca me esquecerei daquele garoto chamado Ash. 

Espero que um dia eu o encontre, quero mostrar a ele o quanto me fortaleci e como eu cuidei bem do seu Pokémon, mas, acima de tudo, gostaria de agradecer por ter feito aquilo tudo por mim, e se possível, viver ao lado dele, pois eu o amo.

Apesar de não manter contato com ele, sempre o acompanho nas ligas ou na internet, ele é bem famoso e bem forte pelo que vejo, não entendo como ele fracassa nas ligas. 

Vocês acreditam que uma vez ele perdeu pra um treinador que tinha um Darkrai e um Latios? Parece que alguma força maior o impede de vencer, e isso é estranho, E em outra oportunidade, ele foi vice para um treinador que possuía um Mega Charizard X, onde a vantagem era toda do Greninja que ele tinha, porém ele acabou não vencendo... Mas pelo menos ele conquistou a liga das ilhas laranja e a batalha da fronteira aqui de Kanto, então não se pode dizer que ele não ganhou nada né.


------------------------------------------------------------------------------

- Sabrina, a final vai começar! - A minha mãe me avisa e eu me dirijo até a sala para assistir a final da Liga de Alola, onde o Ash está duelando contra um emo loiro chamado Gladion. 

Foi uma batalha até que interessante de se assistir, sendo que no último duelo estavam dois Lycanrocks, um em sua forma noturna e outro em uma forma distinta, acho que era uma versão shiny alternativa, mas isso era possível? Bom, de qualquer forma o Ash venceu a batalha... 

É isso mesmo, ele finalmente venceu uma liga Pokémon, fiquei bastante feliz com isso, já que ele tentava, tentava e não conseguia.

- A final teve uma reviravolta, não acha?! - Pergunta a minha mãe.

- Sim. Achava que o Ash ia perder novamente... - Eu digo e a minha mãe dá um sorriso. Sim, ela sabe.

- Ele sempre volta pra casa depois da liga. Você ainda tem esperança de encontrá-lo? - Ela me questiona, queria ouvir minha resposta, e pra ser sincera, não sei o motivo dela me fazer essa indagação novamente.

- A Senhora me pergunta isso sempre... Eu tenho sim, algo me diz que um dia irei vê-lo de novo... Mas, porque sempre me faz essa pergunta?

- Só quero ver se a sua resposta se mantém a mesma... - Ela me responde e logo percebo o motivo de sempre ela me fazer a mesma indagação sempre. - Se estivesse mentindo, você me responderia de formas diferentes sempre que eu perguntasse.

- Tem razão... - Eu digo e ela me abraça, e logo retribuo. 

De fato, faz sentido o que ela disse, talvez eu poderia ter outras motivações a respeito dele ou, poderia até mesmo desistir desse sentimento, mas, alguma coisa me motiva a continuar.

Você pode estar se perguntando "Ah Sabrina, mas talvez ele nem lembre mais de você", e realmente, faz sentido isso, mas pelo que sei, ele tem a incrível capacidade de lembrar de todas as pessoas que já passaram em sua jornada, especialmente os líderes de ginásio, então, teoricamente, ele não esqueceu de mim, e isso me deixa mais esperançosa ainda; 

Você pode se perguntar também "Ah, Sabrina, mas ele pode estar em um relacionamento com outra garota", Eu já pensei nisso, mas pelo que vi na TV e na internet, ele não dá sorte com as mulheres, coitado... Elas sempre estão o rejeitando(É, eu confesso que Assisto o Pokéfofocas na TV e vejo o site deles na Internet), então isso não me impede de sonhar que eu possa, num futuro não tão distante, ter um relacionamento com ele.

Eu nunca me atentei a essa questão de amor, ou ter algo com alguém. Eu na verdade não me importava com isso, achava que era bobagem, e eu não queria me prender a ninguém, queria ser independente, vivendo por minha conta, sem ninguém do meu lado. Mas, as coisas mudam né... e desde os meus 14 anos eu percebi que a vida que eu desejava não seria do jeito que eu planejei. 

Eu pude ver que, o amor é algo essencial na vida de todas as pessoas, seja ele dos pais ou de alguém especial, e comigo não é diferente. Nessa época, pude ver que não teria os meus pais sempre comigo, precisava de alguém ao meu lado para me apoiar nas minhas decisões, que me amparasse e me fizesse feliz, e em Ash Ketchum, vi que ele seria a pessoa que me daria tudo isso. 

Já faz 4 anos que venho pensando nele, uma vez que pude saber de toda a história e de como ele teve participação nisso tudo, e como eu já disse, sou grata a ele e o amo demais. Nesse tempo, fiz amizades com os líderes de ginásio de Kanto, e dentre eles, pude saber mais a respeito dele com Misty e Brock, já que os dois partiram em jornada com ele, e isso me deixou satisfeita, saber que meus amigos possuem vínculo com ele.


------------------------------------------------------------------------------

Lá estava eu, treinando estratégias de batalha com os meus Pokémons, senti que precisava fazer isso, afinal de contas, não posso facilitar as coisas por aqui, uma vez que possuo Pokémons que podem mega evoluir. 

Coloquei eles pra fazer alguns exercícios, e depois colocaria em prática as estratégias que criei, que por sinal, estão bem armadas e bem difíceis de se vencer, mas gostaria de ver algum desafiante a minha altura para por em prática. Confesso que de um tempo pra cá, o nível dos novos treinadores aumentou muito se comparar ao tempo que comecei a ser líder de ginásio, e acaba que venho perdendo muitas batalhas, por isso resolvi traçar planos para que os desafiantes não tenham colher de chá. 

Pois bem, eu estava colocando a comida do Alakazam, ele treina duro e, se alimenta na mesma proporção, e enquanto estava fazendo isso, escuto alguém me chamando para um desafio, mas, aquela voz, por algum motivo, fez meu coração acelerar, mas logo tratei de esquecer isso, pois é só mais um desafiante atrás de sua insígnia. Assim que chego ao local de batalha, descubro quem era o dono da voz.

- Olá Sabrina, vim te desafiar novamente. - o desafiante diz com um sorriso no rosto e um olhar determinado.

Sim, era ele, Ash Ketchum.


Notas Finais


Espero que tenham gostado desse primeiro capítulo. É, ficou curto, mas eu vou tentar fazer mais longos nos próximos, esse foi mais uma apresentação.

Ah, queria deixar um recado pra quem pretende escrever histórias:

Se você pretende ou, está escrevendo uma história, aborde outros ships.

Existem uma grande infinidade de casais distintos em Pokémon, e seria bacana se eles obtivessem mais espaços nas fanfics. Mas porque estou escrevendo isso? Porque existe muitas histórias, a maioria inclusive, que só tratam de um ship, que é o AmourShipping, e os outros acabam sendo esquecidos.

"Ah, Pedrin, Mas você está dizendo que não gosta?"

Eu gosto sim, inclusive, eu leio muitas histórias desse casal, mas o que eu tô dizendo é pra não deixar os outros morrerem. Eu me lembro que, quando comecei a ler fanfics de Pokémon, existiam muitas histórias de Advanceshipping, PokeShipping, Pearlshipping e por aí vai, mas de uns tempos pra cá, passaram a ter menos histórias desses casais, dando lugar a apenas um.

Isso é só uma sugestão que eu tô dando, e eu digo isso porque fico triste que a galera tenha esquecido desses ships e, gostaria de ver mais histórias sobre eles por aqui. Existem ships de todo jeito, de todo estilo e toda forma, basta dar uma pesquisada e ver qual vocês acham legal de escrever, e além disso, deixa a história de vocês mais interessante e Diferenciada. Bom, não levem isso como hate, mas como uma sugestão pra incrementar nas futuras fanfics que vocês pretenderem escrever.


No mais é isso, deixem seu comentário e até a próxima meu amiguinho :)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...