História That damn look (Kim taehyung) - Capítulo 10


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Visualizações 25
Palavras 1.122
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Hentai, Literatura Feminina, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sadomasoquismo, Sexo
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Espero que gosteeeem....
Desculpem os erros ortográficos...
Boa leitura...

Capítulo 10 - Jungkook


Fanfic / Fanfiction That damn look (Kim taehyung) - Capítulo 10 - Jungkook

Entrei em casa e fui direto para meu quarto,quando estava passando pelo corredor ouço uma discussão vindo do quarto dos meus pais,vou delicadamente sem fazer nenhum barulho e fico ouvindo a conversa atrás da porta...

Omma- Ah claro como se ela fosse mais importante que EU....eu SUA mulher 

Omma fala e logo ouço um baque como se ela tivesse batido a mão na mesa

Appa- pare com isso! Eu estou com dor de cabeça 

Omma- É SEMPRE A MESMA COISA,EU CHEGO NESSE ASSUNTO E VOCÊ JA QUER DESVIAR

eu realmente estava preocupada com minha omma,pelo tom de voz dela parecia que ia explodir,antes deles perceberem que estavam sendo espionados eu saio dali e vou direto para meu quarto...

Omma está tudo bem? Quer um ombro amigo? Estou aqui para o que você precisar,mesmo você não falando muito comigo e meu pai também eu sei que vocês me amam, então falem a verdade....por favor... não foi só essa vez que eu ouvi vocês brigando,o que houve com aquele casamento lindo,aquela história de amor linda que vocês sempre adoraram me contar...por favor não mintam para mim.

Então eu começo chorar fortemente,a dor de ouvir meus pais brigando era muito grande,eu sei que é normal um casal brigar,mas, sempre? Isso não é normal,eu sempre acho eles brigando,isso já está demais.ME CONTEM A VERDADE!!! 

durante tantos pensamentos acabo adormecendo,acordo com batidas na porta,antes de atender vou correndo para o banheiro ver se dava para perceber que eu tinha chorado e realmente dava para ver,lavo meu rosto correndo e antes de sair do banheiro ouço a porta do quarto abrir,vou indo para o quarto e vejo minha omma fechando a porta e vindo até mim

Omma- oiê me amor achei que estava dormindo não ouviu eu bater na porta? "Ela fala se sentando na cama"

Eu- desculpe omma eu não ouvi "falei deitando na cama e a fitando" já vai ? "Falei meio triste"

Omma- infelizmente sim minha querida"ela fala fazendo carinho em minha cabeça" tenho uma notícia não muito boa "fala fitando alguma coisa"

Eu- pode falar eu aguento "fiz menção para ela continuar"

Omma- "respira fundo" terei que ficar mais do que o esperado fora a empresa me ligou e disse que precisarei ficar no mínimo três semanas ou até mais fora "fala triste"

Eu- não se preocupe eu ficarei bem não será tão ruim ficar sozinha eu já me acostumei "falei cabisbaixo eu não me acostumei a ficar sozinha eu ODEIO ficar sozinha"

Omma- você é a melhor filha que eu já pude ter "fala sorrindo" 

Eu- como assim a melhor filha que você já pode ter? Você já teve outro filho? "Falei levantando sem entender nada"

Omma- que bobagem claro que eu não tenho outro filho é só modo de dizer "fala meio estranha" bom vou indo meu vôo sai daqui a pouco "fala indo até mim e me dando um abraço apertado"

Eu- okay omma sentirei Saudades volte logo "a abracei forte" 

Omma- quando eu estiver fora pode convidar suas amigas para virem aqui  e também comprar o que quiser para comer "quando ela falou isso eu fiquei surpresa" mas é claro sem sair de dentro de casa e sem nenhum garoto "ata okay minha omma voltou ao normal" 

Eu- claro omma "falei sorrindo saindo com ela indo em direção as escadas"

Eu me despedi de meu Appa e omma então eles seguiram seu caminho,esperei eles sumirem no final da rua e entrei para dentro já dentro de casa vejo que ainda não tirei o uniforme da escola vou para o meu quarto e coloco uma camiseta masculina que ia até minhas coxas eu nunca entendi muito bem essa minha fissura por roupa masculina 

Resolvi deixar de lado aquela história de meus pais brigando a conversa estranha que tive com minha omma e também o fato deles ficarem mais tempo viajando,tantas perguntas e todas sem resposta,resolvo ir comer alguns doces e ouvir música estava dançando igual uma lagartixa com cãibra na sala quando ouço a campainha tocar,vou correndo achando ser as meninas quando abro a porto fico surpresa 

Eu- jungkook? "Falo ainda muito surpresa"

Jungkook me olha da cabeças aos pés como se estivesse analisando parte por parte tenho certeza que nessa hora virei um pimentão 

Jungkook- aigoo (s/n) queria te pedir um favor "faz um bico fofo que me fez sorrir"

Eu- que séria o que ? "Falo levantando uma sombrancelha"

Jungkook- posso ficar aqui com você? "Ele fala fitando os seus pés"

Eu- mas Kook tão derrepente algum problema? "Falo sem perceber o apelido que acabo de dar para ele"

Jungkook- Kook? "Ele fala rindo"

Eu- sim agora vai ser seu apelido "falo colocando as mãos na cintura afirmando"

Jungkook- gostei "ele sorri" eu queria ficar aqui porque....aish...como posso falar isso em um modo menos escroto "ele fala coçando a nuca"

Eu- jungkook você tem medo de ficar sozinho ? "Falei curiosa"

Jungkook- como sabe? "Ele fala levantando a cabeça me olhando com os olhos um pouco arregalados"

Eu- porque eu também tenho "falo e dou passagem para ele entrar" 

Jungkook- Obrigada prometo que não encomodo "falou batendo continência me fazendo dar uma gargalhada"

Eu- que bom mesmo ao contrário terei que te expulsar "falo batendo a ponto do dedo no nariz dele e indo para cozinha com ele indo logo atrás"

Jungkook- Aigoo como você é má "ele fala sentando na bancada"

Eu- sou mesmo... então quer algo para comer eu estou com vontade de comer algo doce "falei olhando os armários"

Jungkook- eu não gosto muito de doces "ele falou enquanto brincava com um vaso de planta que estava por ali"

Eu- primeiro, você não é normal quem não gosta de doces e segundo, não encoste na Jurema "falei tirando o vaso de planta de perto dele e ele deu uma gargalhada alta"

Jungkook- você é estranha "ele fala parando de rir um pouco"

Eu- AH JA SEI BRIGADEIRO "falei sem dar muita importância para o que ele disse"

Jungkook- o que é brigadeiro? "Falou apoiando seu queixo na palma da mão"

Eu- é um doce brasileiro é apenas muito bom você vai gostar "falo pegando as coisas para fazer o brigadeiro"

Quando eu estava no fogão concentrada em fazer o brigadeiro jungkook vem por trás e abraça minha cintura colocando seu queixo em meu ombro 

Eu- que atrevido "falo ainda mexendo o brigadeiro"

Jungkook- você não recuo "fala Perto do meu ouvido fazendo com que eu me arrepie"

Eu- não seja por isso "no mesmo instante me solto dos meus braços dele ele faz um bico engraçado e volta para a bancada"

A campainha toca e vou atender quando abro a porta vejo Yumi e panda, a duas estavam de pijama Yumi carregava um balde de doces e panda carregava alguns filmes 

Yumi/panda/eu- AAAAAAAAAAAH "começamos a gritar e nos abraçar rindo"

Jungkook- está tudo bem ? "Fala saindo da cozinho com cara de preocupado"

Yumi- "derruba o balde de doces" o que ele faz aqui ? 

Contínua......






Notas Finais


Aaaaaah....
Quê estranho essas brigas entre os pais da (s/n)
E essa conversa sobre um suposto filho da mãe da (s/n)? Isso tá muito estranho ,aaaaah jungkook é tão fofo
A bolinhos espero que tenham gostado
Desculpe algum erro ortográfico e beijos de luz da Taeyon <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...