1. Spirit Fanfics >
  2. That woman >
  3. A visita

História That woman - Capítulo 25


Escrita por:


Notas do Autor


Olá, tudo bom com vcs? Cmg nem tanto, mas eu não quis deixar de postar hoje. Boa leitura!

Capítulo 25 - A visita


Algumas horas se passam e a hora do intervalo chega. Antes de eu descer para o pátio, eu passo na sala da Emilly para podermos descer juntas. Quando ela vem até mim, eu percebo que ela estava com as mãos para trás.

_que fofa! Você me esperou _ela diz e sorri.

_é _eu digo e desvio o olhar para o chão.

_está curiosa para saber o que está nas minhas mãos?

_eu vou admitir que estou um pouco...!

Ela então me mostra o que estava escondendo e era o pote de beijinhos que ela havia comprado mais cedo.

_eu queria comer com você no intervalo _ela diz.

_não precisava _eu digo e coro um pouco.

_mas eu quis! _ela diz e pega a minha mão.

Nós descemos para o pátio e nos sentamos em um banco. Ela abre o pote e pega um beijinho. Antes que eu pegasse um, ela segura a minha mão e coloca o beijinho que ela havia pegado, na minha boca. Eu então pego um beijinho com a minha outra mão e coloco na boca dela. Ela sorri para mim e deita a cabeça no meu ombro. Enquanto comíamos, a Emilly diz de repente:

_eu estava aqui pensando e lembrei de uma coisa...

_de que?

_no dia que nos conhecemos, depois de você ter ido para o seu quarto e pouco tempo depois a minha tia ter ido para o banheiro, o batom dela estava borrado... aconteceu algo entre vocês? _ela pergunta e tira a cabeça do meu ombro.

_... não! _eu afirmo corando.

_mesmo?

_mesmo! Ela deve ter mexido no batom dela no banheiro, sei lá... _eu minto para ela e desvio o olhar.

_tudo bem então, eu acredito em você! Eu havia ficado com um pouco de ciúmes por pensar naquilo...

Eu beijo a testa dela e ela fica sorrindo para mim.

_me desculpa atrapalhar as duas pombinhas, a propósito, você é rápida Tayla! _o Henry diz nos interrompendo.

_aonde você estava? _eu pergunto para ele.

_eu tenho outros amigos, ok?

_quer um beijinho? _a Emilly pergunta para o Henry.

_apenas um _o Henry diz e pega um beijinho _ Emilly, eu queria te perguntar sobre a sua relação com a sua tia.

_pode perguntar! _ela diz sorrindo.

_você conhece ela pessoalmente desde que era criança?

_conheço sim, eu conheci ela com 5 anos quando ela foi passar um mês na casa da minha avó, por quê?

Eu desvio o olhar para as minhas mãos, começo a suar um pouco e me encolho por já saber aonde aquela conversa chegaria.

_vocês tem uma relação boa desde aquela época?

_temos sim... bom, ela me diz que eu sou teimosa, mas apenas isso.

_ela nunca te fez nada de ruim, não é? Te tocou sem a sua permissão em lugares... meio...

_pelo que eu me lembre, não. Por que está perguntando isso?

_por nada. Até depois! _o Henry diz e vai embora.

Eu suspiro e olho para a Emilly. Ela me olha de volta e pergunta:

_você sabe porquê ele me fez aquelas perguntas?

_eu não sei, foi uma surpresa para mim também.

O sinal do intervalo toca para nós irmos para a sala. Eu e a Emilly nos levantamos e vamos para a sala.

Horas se passam e a hora de ir embora chega. Eu passo na sala da Emilly e nós vamos embora juntas. Enquanto andávamos na rua, eu percebo que a Emilly estava tremendo um pouco.

_está com frio? _eu pergunto para ela.

_estou um pouco _ela responde.

Eu tiro a jaqueta esportiva que eu estava usando e entrego para ela.

_mas você ficará com frio _ela diz.

_eu não estou com tanto frio, pode ficar _eu digo.

_hm, então vejo que você é bastante quente! _ela diz e sorri de uma forma maliciosa.

_e eu que você é bastante tarada _eu respondo para ela brincando.

_talvez eu seja um pouco _ela diz e veste a minha jaqueta.

Nós chegamos na casa da Helena e a Emilly abre a porta.

_tia, nós chegamos.

A Helena aparece rapidamente e sorri para mim.

_bem vindas de volta! _a Helena diz.

_obrigada, tia! _a Emilly diz.

_podem ficar na sala, eu trarei um lanche para vocês!

Eu me sento no sofá e a Emilly diz:

_eu já volto, irei deixar a minha mochila no meu quarto.

Ela vai para o quarto dela e eu fico mexendo no meu celular enquanto esperava ela. Logo eu sinto alguém tocar os meus ombros e eu digo imaginando ser a Emilly:

_você voltou rápido!

_estava com saudades de mim? _eu ouço a voz da Helena.

_ah... é você... _eu tiro as mãos dela do meu ombro.

Ela dá a volta no sofá e coloca o prato com os lanches em cima da mesa de centro. Ela senta ao meu lado e coloca a mão dela por cima da minha.

_eu estou bonita? Me arrumei só para você! _ela me diz.

Antes que eu pudesse a responder de uma forma grossa, a Emilly volta do quarto dela. Eu tiro a minha mão de baixo da mão da Helena e pego um dos lanches que a Helena havia trazido. A Emilly se senta ao meu lado e ela diz:

_me desculpe por demorar.

_você não demorou _eu digo.

_se você acha. Já que você está aqui, quer assistir alguma coisa? Ou podemos ficar no meu quarto! _a Emilly diz e toca a minha mão gentilmente.

Eu coro e olho para as nossas mãos.

_não finjam que eu não estou aqui! _a Helena diz.

_deixe de ser chata, tia! _a Emilly diz.

_e você deixe de querer toda a atenção só para você! Eu convidei a Tayla para ME visitar!

_mas eu estou aqui também, e ela parece ficar mais confortável ao meu lado!

_mas eu conheço ela a mais tempo!

_vocês podem até se conhecer a mais tempo, mas até parece que ela vai preferir ficar ao lado de um velha chata e careta! _a Emilly diz e se levanta do sofá.

_velha? Careta? Você acha que eu sou velha e careta, Tayla?

_eu prefiro não me envolver na discussão _eu digo.

_tudo bem. Emilly, eu posso ser... velha... e careta, mas eu tenho muito mais experiência que você! _a Helena se levanta também e cruza os braços.

_e quem vai querer uma velha rodada?! _a Emilly diz.

_eu não sou rodada! Meu coração já tem dona, não quero me envolver com mais ninguém que não seja ela _a Helena diz e olha para mim.

Eu olho rapidamente para ela e logo volto a olhar para a Emilly.

_eu duvido que ela goste de você! _a Emilly diz.

_pois ela gosta...!

Eu dou uma tosse falsa ao ouvir o que a Helena havia dito.

_ela ainda só não sabe... ou não quer admitir.

_tudo bem, já chega dessa discussão inútil que não levará vocês há lugar algum!

As duas voltam a se sentar e começam a comer os lanches. A Helena coloca em um filme de comédia romântica lésbica e nós começamos a assistir. Minutos se passam e uma cena de sexo começa, mas não estava mostrando nada obsceno. De repente a Helena e a Emilly tocam as minhas mãos e eu cruzo os braços.

Após um tempo, o filme termina e eu vou para a minha casa. Quando eu entro em casa, eu percebo que eu esqueci a minha jaqueta esportiva com a Emilly. Eu então pego o meu celular e mando uma mensagem para ela falando:

"Ei, eu esqueci a minha jaqueta com você. Amanhã você me entrega, ok?"

"Não"

A Emilly responde.

"Está brincando, não é?"

Eu pergunto por estar desacreditada.

"Não, não estou. Agora ela é minha!😉❤"

A Emilly diz.

_Tayla, como foi na casa da Helena? _a minha mãe me pergunta.

Eu guardo o meu celular e digo para a minha mãe:

_foi bem tranquilo... tirando o fato de que a Helena e a Emilly começaram a discutir. Mas depois disso nós assistimos um filme.

_viu só, não foi tão ruim você ter ido na casa da Helena! _minha mãe me diz.

_é...

Eu vou para o meu quarto guardar a minha mochila e depois janto com a minha mãe.

Continua...


Notas Finais


Obrigada por ter lido!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...