História That's illogical, sir - Uma jornada nas estrelas - Capítulo 21


Escrita por: ~

Postado
Categorias Star Trek
Personagens Hikaru Sulu, James T. Kirk, Pavel Chekov, Spock
Tags Bonesxkirk, Mckirk, Mckirk, Mcspirk, Spirk, Spockxbones, Spockxkirk, Spones, Startrek, Yaoi
Visualizações 73
Palavras 1.349
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Shoujo (Romântico), Yaoi (Gay)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo, Spoilers
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 21 - Parte Vinte


Fanfic / Fanfiction That's illogical, sir - Uma jornada nas estrelas - Capítulo 21 - Parte Vinte

Uma Jornada Nas Estrelas – Parte vinte

Spock foi o primeiro a acordar, como de costume. Kirk estava dormindo de bruços, quase babando no travesseiro. Leonard havia rolado para a beirada da cama, levando o cobertor com ele, estava parecendo um rocambole. Spock se impulsionou e se levantou

Depois de um pequeno trato de higiene, Spock vestiu um agasalho e foi andando até uma padaria que não ficava muito longe, onde comprou pão de forma, café, leite e mais alguns complementos, tais como manteiga de amendoim e pasta de chocolate. Spock retornou á casa, encontrando Kirk na cozinha, com um moletom largo, um sweater e o cabelo bagunçado. Kirk estremeceu ao Spock abrir a porta

-Bom dia  - Kirk sorriu

-Bom dia – Spock se aproximou e beijou a testa de Kirk

Kirk se sentou em uma das cadeiras da mesa, onde ficou brincando com os copos para viagem de café. Spock colocou algumas fatias do pão na torradeira, depois voltou e se sentou na cadeira de frente para a de Kirk

Depois que o café da manhã estava pronto, Spock ajeitou tudo em uma bandeja e foi junto com Kirk até o andar de cima

-Acorda, Bones – Kirk se sentou na beirada da cama e sacudiu levemente o ombro de Leonard

Leonard levantou o corpo devagar, bocejando, e por fim, arregalando os olhos ao ver a bandeja que era mais bonita que ele mesmo

-O que é isso? – Leonard perguntou com um divertimento na voz

-Seu café da manhã – Spock deu um sorriso curto, e se sentou do outro lado de Leonard

Leonard ruborizou, mantendo um silêncio momentâneo

-Vocês estão se preocupando demais – Leonard disse – Eu só estou doente, não vou morrer amanhã

-Isso não importa – Kirk sorriu

-Fazemos isso para retribuir todas as vezes que você nos ajudou, Leonard – Spock completou

-E porque te amamos – Kirk se aproximou de Leonard e o beijou na face

Leonard permaneceu imóvel por um tempo, depois pegou uma das torradas que estava com manteiga de amendoim, e se serviu

O dia passou bastante rápido, mas não foi problema, afinal, tudo o que fizeram o dia todo foi ficar abraçados perto da lareira e dialogando sobre assuntos aleatórios e divertidos

-Sua temperatura diminuiu bastante – Kirk disse, olhando para o termômetro – Você está quase normal

-Bom saber – Leonard suspirou – Mal posso esperar para voltar á rotina

-Que rotina? – Kirk riu, com um pouco de deboche

-Você fala como se tivesse algo pra fazer – Leonard sorriu

Spock entrou no quarto

-Do que estão rindo? – Spock perguntou

-De como não temos nada mais para fazer de nossas vidas – Kirk riu

Spock arqueou as sobrancelhas

-Pelo que lembro, vocês dois gostam bastante de se envolverem com álcool – Spock disse, em um tom meio constrangido

-É verdade – Kirk respondeu

Um silêncio se instalou no quarto. Kirk e Spock olharam para Leonard

-Por que está tão quieto? – Kirk perguntou

Leonard limpou a garganta

-Não é nada – Leonard ruborizou, desviando o olhar

Kirk segurou as mãos de Leonard

-Bones, se tiver algum problema, pode nos contar – Kirk deu um sorriso

Leonard permaneceu em silêncio, mas logo suspirou

-Desde que chegamos em Iowa, vocês tem agido diferente comigo. Vocês se aproximaram mais de mim e me fizeram sentir acolhido, algo que eu não sentia desde que fui proibido de ver Joanna – Leonard desviou o olhar – Não é que eu não seja grato por tudo o que fizeram nos últimos dias, mas é que depois do que houve com T’pring, eu me sinto cada vez mais entre vocês dois. Eu não quero ficar longe de vocês, mas eu quero muito menos ver vocês dois longe um do outro

-Bones, você não é um incomodo – Kirk acariciou seu ombro – Nós amamos você e te queremos por perto

-Devo concordar – Spock se pronunciou, depois de bastante tempo em silêncio – Minhas ações recentes, por mais que impulsivas, são reflexos de minha afeição por você, Leonard

Kirk ergueu o olhar e sorriu para Spock, agradecendo com os olhos. Um silêncio novamente preencheu o quarto. Kirk retornou o olhar para Leonard, que agora estava com o rosto por trás de uma nuvem avermelhada

-Você fica uma graça quando cora – Kirk riu, enroscando os braços em volta do corpo de Leonard

-Não tem graça nenhuma – Leonard lacrimejou

-Discordo – Spock se sentou na cama, ao lado de Leonard, e puxou seu rosto, dando um beijo em sua face

-O que está fazendo? – Leonard perguntou, em um tom alto

Kirk, do outro lado, o beijou mais uma vez

-Parem com isso! – Leonard sentiu seu rosto esquentar ainda mais, como se fosse explodir a qualquer momento

Spock deixou o rosto de Leonard e foi para o pescoço, onde alternou entre beijos e mordidas

-S-Spock – Leonard gaguejou, com a voz baixa e abafada – Jim

Kirk fez um ‘shhh’ para Leonard, depois se levantou da cama e ficou em pé, curvado, na frente de Leonard, selando mais uma vez seus lábios. Spock se ajoelhou atrás de Leonard, pressionando seus ombros enquanto marcava toda a extensão da face direita e o pescoço de Leonard. Spock deslizou uma das mãos até o membro de Leonard, que já empurrava o tecido da calça. Spock desabotoou a calça de Leonard, tocando seu membro com a ponta dos dedos, os movimentando delicadamente, que apesar de serem toques simples, eram o suficiente para fazer Leonard se contorcer. Logo os toques mudaram para uma masturbação, que arrancavam cada vez mais gemidos de Leonard, que eram abafados pelos beijos de Kirk. Leonard sentiu um ar quente e úmido correndo por seu pescoço, indo em direção á sua orelha

-Por quanto tempo mais irá se segurar? – Spock sussurrou, com uma voz séria e sedutora

Aquela frase vinda de Spock, diretamente para seus ouvidos, foram o suficiente para Leonard, que imediatamente teve um pre-gozo na mão de Spock. Kirk separou seus rostos, se ajoelhando no chão. Leonard deu mais alguns suspiros, depois sentiu seu corpo amolecer e cair em cima de Spock, que o segurou . Leonard teve um espasmo quando sentiu outro toque em seu membro

-Você ainda não está satisfeito, Bones? – Kirk brincou com o membro de Leonard

-Jim, o que—

Kirk interrompeu Leonard, se aproximando mais. Kirk retirou a calça e se posicionou sob o colo de Leonard, fazendo seu membro preencher a entrada de Kirk. Leonard deu um gemido continuo e abafado, enquanto mal conseguia manter os olhos abertos. Kirk puxou o corpo de Leonard, ficando submisso á ele, enquanto deitado na cama. Leonard começou a se movimentar dentro de Kirk, enquanto pressionava e beijava a extensão de seu tórax. Depois de algumas estacadas, Leonard sentiu uma mão lhe apalpar em uma das nádegas, o que fez seu coração saltar com o susto. Havia se esquecido da presença de Spock e se lembrava bem das inúmeras vezes que Spock demonstrara ciúmes para com Kirk. Leonard teria continuado os pensamentos em qual seria a reclamação que Spock daria, mas foi interrompido ao sentir sua entrada sendo penetrada por dois dedos, que imediatamente esvaziou sua mente. Leonard tentou olhar para Spock, mas o mesmo estava em seu ponto-cego. Por um momento, Leonard se viu com medo de ser penetrado, mas assim que sentiu a rigidez de Spock o tocar, Leonard se arrepiou e suspirou tentando se acalmar. Spock deslizou as mãos pela extensão das costas de Leonard, por baixo do tecido da camisa, com as mãos gélidas, que provocavam arrepios em Leonard, que também o fazia ter espasmos de se apertar contra o membro de Spock. Quando Spock finalmente penetrou Leonard por completo, começou a se movimentar, acompanhando o mesmo ritmo das estacadas de Leonard em Kirk. Kirk foi o primeiro a se desfazer, sujando a sí próprio, em seguida, Spock preencheu a entrada de Leonard, que provocou um ultimo gemido. Leonard saiu de dentro de Kirk, da mesma forma que havia penetrado, mas agora estava bem mais esgotado, mal se mantinha apoiado sob os braços. Kirk bufou, com uma expressão séria, depois se aproximou de Leonard e abocanhou seu membro, dando lambidas diferenciadas conforme masturbava os centímetros restantes com uma das mãos, e o fez até que Leonard finalmente se desfez


Notas Finais


Eis que você vai transar com a pessoa e descobre que ela precisa de 3 rodadas para de desfazer #KirkEstaDecepcionado #LeonardNaoEFacil #LeonardOCaraDurao #QueAgonizanteNaoPoderColocarAcentoEmHashtag

Spock: 2
Leonard: 6 (8 se contar as vezes que ele não se satisfez)
Kirk: 9

Acho que Kirk não vale porque é profissional

Boa madrugada, meus amores


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...