História The 100 - Capítulo 13


Escrita por:

Postado
Categorias The 100, Vikings
Personagens Anya, Bellamy Blake, Clarke Griffin, Dra. Abigail "Abby" Griffin, Echo, Emori, Floki, Indra, Ivar, Jasper Jordan, John Murphy, Lagertha, Lexa, Lincoln, Marcus Kane, Maya Vie, Octavia Blake, Personagens Originais, Raven Reyes, Roan
Tags Abby, Aspen, Bellamy, Bellamy Blake, Clarke, Clarke Griffen, Clexa, Finn, Finn Collins, Hada, Indra, Ivar, Jasper, Kane, Lexa, Madiosn Collins, Madison, Monty, Natblida, Night Blood, Octavia, Octavia Blake, Raven, Raven Rayes, The 100
Visualizações 79
Palavras 617
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Ficção, Ficção Adolescente, Ficção Científica, LGBT, Sci-Fi, Violência
Avisos: Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Sexo, Spoilers, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 13 - Capítulo 13 (Octavia)


Octavia

Nyko ainda estava um pouco fraco por causa da pancada, eu pego a espada e coloco em seu pescoço, fazendo com que ele ande a minha frente, servindo como um escudo para qualquer tipo de ataque, ele me guiava até os portões da vila. Nós andamos por alguns minutos, até que chegamos em um pequeno barranco, para chegar a porta tínhamos que passar por dentro dele, ao nosso redor havia terráqueos apontando flechas para nós.

Octavia: Ai laik Okteivia kom Skai Kru, e vocês tem algo que eu quero. - quando termino uma mulher vestida com roupas militares sai do portão.

- Ai laik Indra kom trigeda, chit yu gaf? - a mulher fala olhando para mim, Nyko suspira a entender que eu não sabia o que ela estava falando, a mulher desce o barranco ficando alguns metros distante. - Eu perguntei, o que você quer Octavia das Pessoas do Céu.

Octavia: Lincoln e Aspen.

Indra: Não. - chuto a perna de Nyko fazendo com que ele caia no chão, e os arqueiros se prepararem para atirar. - Pare, Nyko é o nosso único curandeiro.

Octavia: Bom, então você fará o que eu disser. - eu puxo a cabeça de Nyko para trás deixando a espada em posição de corte. - Traga Lincoln  e Aspen para o lugar onde eu os vi pela última vez, eles sabem onde é. Somente você e eles, ninguém mais. Se eu ver mais alguém! - eu falo alto o suficiente para que todos escutem. - Eu mato seu curandeiro. Você tem até anoitecer. - eu faço com que Nyko se levante e cuidadosamente eu saio da visão das flechas indo até a floresta onde eles não conseguiam me ver.

_________________________________________

Quando a noite chegou, eles não vieram, eu apenas encarava Nyko que estava no chão acorrentado a uma árvore, a cada barulho que escutava eu levanta e empunhava a espada, não podia brincar com a vida deles dois.

Nyko: Parece que você vai precisar me matar. - ele fala olhando para mim, quando ele fala isso eu escuto um barulho vindo de trás, então eu desamarro Nyko as árvores e coloco a espada em seu pescoço indo em direção a árvore. A primeira coisa que vejo é Lincoln, todo ensanguentado e atrás Indra, ele o seguia com uma espada, ele não estava amarrado, ela tinha certeza que ele estava muito fraco para fugir, eu olha para os lados e não vejo Aspen.

Octavia: Onde está Aspen?

Indra: Natblida, não está mais com a gente, ele foi levado a comandante.

Octavia: Não, o trato era os dois ou nada. - falo pressionando a faca na garganta de Nyko, eu olho para Lincoln mais uma vez e vejo a quantidade de sangue que sai de seu corpo e começo a me preocupar. - ele está machucado

Indra: Ele deveria estar morto. -eu tiro a faca da garganta de Nyko.

Octavia: Me desculpa. - eu sussurro antes de deixá-lo ir, eu sabia que Madison provavelmente me mataria por deixar Aspen aqui, mas se o que Lincoln me disse é verdade ele não seria machucado. Lincoln começa a andar vagarosamente em minha direção e Nyko vai em direção a Indra, eles olham um para o outro em sinal de respeito e então Lincoln vem em minha direção, quando ele está na minha frente ele dá um sorriso que é rapidamente substituído po um olhar de preocupação

Lincoln: Ceifadores! - ele grita se jogando em cima de mim, eu caio no chão e bato a cabeça fazendo com que eu fique tonta, a última coisa que vejo antes que desmaie é Lincoln sendo acertado na cabeça, eu não aguento e fecho os olhos deixando que a escuridão me envolva.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...