1. Spirit Fanfics >
  2. The 100. Uma Nova Aventura >
  3. Capítulo 2 - ViVi (Wong Kahei)

História The 100. Uma Nova Aventura - Capítulo 2


Escrita por:


Notas do Autor


Espero que estejam gostando!

Capítulo 2 - Capítulo 2 - ViVi (Wong Kahei)


Fanfic / Fanfiction The 100. Uma Nova Aventura - Capítulo 2 - Capítulo 2 - ViVi (Wong Kahei)

Capitulo 2: ViVi (Wong Kahei)

 

Vivi já sabia que seu aniversário de dezoito anos aconteceria no dia seguinte, e que, somente talvez, fosse perdoada no seu re-julgamento, mesmo que fosse algo completamente improvável, já que nenhum dos outros prisioneiros tivessem sido perdoados. Quando o primeiro guarda entrou pela porta, já estava esperando que fosse levada para a plataforma de execução, quando na verdade, o guarda mais novo a ordenou que se sentasse na cama. Assim que Vivi se sentou, ele colocou uma pulseira em seu pulso, que a machucou levemente, a fazendo saltar por um milésimo de segundo. - O que está acontecendo? - Pergunta Vivi, olhando para os olhos castanhos escuros, preocupada. - Nada demais, você só vai ser enviada para a Terra. - Vivi pensou ter ouvido errado quando ouviu a frase do mais novo. - Pera, o que? Vamos para onde? - Pergunta ela novamente, conforme o guarda se levantava.

 

    - Cem de vocês, prisioneiros da Arca, vão ser enviados para a Terra para saber se ela ainda é habitável. Espero que você não seja como o último detento e vai me dar um soco no queixo. - Disse ele de maneira irônica, enquanto Vivi se preocupava. - Só vão ser enviados detentos? Por que não vão enviar uma equipe mais bem qualificada do que nós? - Pergunta se levantando, e notando o quão aquele guarda era mais alto do que ela. - Eu não sei te responder essas perguntas, mas sei dizer que você tem que vir comigo. - Vivi o obedeceu, e começou a segui-lo. Assim que saíram da cela, ela viu muitos prisioneiros sendo tirados de suas celas, alguns a força. Imaginou quem seria o detento que lhe deu um soco. Enquanto estavam descendo, o guarda entregou Vivi para outro guarda, e ele foi em direção a enfermaria das celas, e o outro guarda a levou para seu assento no módulo de transporte velho e acabado.

    Se sentou na ponta, bem próximo a porta, enquanto mais guardas vinham e traziam cada vez mais detentos. Porém, somente uma pessoa passava pela mente de Vivi, Mingi, seu namorado, ou melhor, ex-namorado. Ela teve que terminar com ele pois não queria dizer a verdade sobre o por que foi presa. Vários guardas começaram a cercar o módulo, enquanto o chanceler começava a fazer um discurso para todos ali na frente. Por estar bem próxima da entrada, Vivi conseguiu ouviu um pouco do discurso, mas nada era relevante para ela, que só tinha os pensamentos em Mingi, e em como ela foi cruel no dia em que foi presa. De repente, começou uma discussão no meio do discurso. Vivi virou a cabeça para conseguir ver, e conseguiu, bem de longe, avistar Mingi, com o rosto perplexo olhando para o chanceler, que Vivi infelizmente não conseguia enxergar. Foi então que o furdunço se aumentou, e ela perdeu a visão de Mingi, e então ouviu o primeiro disparo.

    A idéia de que Mingi poderia ter sofrido daquele disparo, fez com que Vivi saltasse de sua cadeira e correu em direção a porta, como se fosse se sua vida dependesse daquilo. Toda a sua mente só conseguia pensar em uma palavra. “Mingi”. Correu o mais rápido que pode, os guardas nem deram ideia para ela, todos estavam tentando ajudar o  homem baleado no chão, era o chanceler. Olha em volta, e acaba sendo empurrada por outra pessoa, uma pessoa que ela conhecia bem, Kim Taehyung. Ele havia sido a pessoa que a denunciou para a guarda e a fez ser presa, e agora, estava lá, em seu lugar no módulo. Ela dá uma última olhada para dentro do módulo, reconhecendo rostos familiares, como JungKook,, Mia, Jiwoon, entre outros. Quando volta sua atenção para frente, observa que já haviam guardas olhando diretamente para ela, o que a fez começar a correr em disparada para longe dali.  Os guardas começaram a segui-la, mas ela conhecia a arca como ninguem, então acabou entrando em um duto de ventilação, se escondendo dos guardas ali.

    Seus cabelos cor de rosa estavam com alguns fios grudados em sua testa, pelo suor que começou a aparecer. Vivi olhou para baixo, para tentar se localizar, então com seus conhecimentos geográficos sobre a Arca, vai até a área mais “pobre” da mesa, chamada de Walden, onde Mingi vivia. Desceu e notou que não havia nenhum guarda na região, então ela se dirige a porta do apartamento dele, passando pelo corredor com luzes avermelhadas, pela falta de manutenção no local, e, rezando para que desse certo, coloca seu dedo na fechadura digital, que, alguns meses antes, tinha sido equipada com sua digital também. Por um lapso de segundo, Vivi pensou que ele tinha retirado sua digital, mas então a porta se abriu e ela entrou, se encostando na porta após a mesma fechar. Nesse momento Mingi já sabia que ela havia entrado lá, pelo seu implante de córnea, que dizia tudo que acontecia na sua residência, que ganhou após entrar para a guarda da Arca.

 

    Vivi ficou sentada no seu sofá, esperando que ele aparecesse, e, muito tempo depois, ela ouviu a porta se abrindo e olhou para Mingi, que estava com os olhos cheios de lágrimas. Sem dizer palavra alguma, ele correu até o sofá e a abraçou, em prantos. - Vivi!  Eu não consigo acreditar nisso, por favor, me diz que isso realmente está acontecendo! - Disse ele, a abraçando cada vez mais forte, até mesmo quase a deixando sem ar. - Mingi! Eu estou… - Disse ela sem fôlego, e então ele a soltou, e lhe deu um beijo, e depois, parou em sua frente. - Vivi… por que você não me contou a verdade? Eu descobri depois, por outra pessoa… você poderia ter me contado, eu teria te ajudado… você não precisava ter feito aquilo sozinha… - Disse olhando para baixo, não por reprovação, mas sim por tristeza de ela não ter confiado nele. - Eu confiava e ainda confio em você Mingi, mas eu não podia arriscar que você fosse preso junto comigo… Eu não poderia aceitar esse fardo. Você já tinha mais de dezoito anos, eles iriam te executar!  Você tem noção disso?

    -Mas eu estaria com você, e morreria feliz se fosse esse o caso. - Disse segurando suas mãos, e então se sentando no sofá, colocando ela em seu colo, com o rosto virado para si. - Você não tem idéia de como foi difícil para mim quando você me disse todas aquelas coisas cruéis, me fazendo acreditar que eu havia acabado com a sua vida… - Disse com algumas lágrimas descendo pelo seu rosto. - Isso não importa mais Mingi. A única coisa importante agora, é que estamos juntos, e que eu nunca mais vou fazer você se sentir daquele jeito, e também que… bem, eu estou sendo procurada.

 


Notas Finais


Qual será o segredo da Vivi? Será que o chanceler vai sobreviver? Será que os prisioneiros vão chegar todos vivios na Terra? Por que Taehyung denunciou ViVi?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...