História The 13 survivors - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias A 5ª Onda, Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais
Tags 5° Onda, Amor, Aventura, Bangtan Boys (BTS), Ficção, Mistério, Mundo Diferente, Pecados, Perseguição, Pós-apocalipse, Possessivo, Sucidio, Traição
Visualizações 5
Palavras 604
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Ficção, Mistério, Romance e Novela, Sobrenatural, Suspense, Terror e Horror, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Olá espero que gostem do meu trabalho,estou muito ansiosa para escrever. Tenho muitas ideias para essa fanfic.
Tenham uma boa leitura
S/n éo nome da protagonista
Okay!

Capítulo 1 - Normalidade


Fanfic / Fanfiction The 13 survivors - Capítulo 1 - Normalidade

Abrir meus olhos lentamente tento um visão da janela aberta,isso significa que sou desleixada, não fechei a janela ontem. Boa S/n não tem nada na vida e quer perder o que tem... Olhei para o despertador que marcava 7:00 nossa isso era um recorde. Levantei sonolenta fui até o banheiro me olhei naquele espelho

- estou parecendo "It a coisa" - acabo sorrindo do meu comentário, volta para o quarto,me direciono ao meu armário abro o mesmo, tirando meu uniforme da escola, coloquei sobre a cama e peguei minha toalha me dirigindo ao banheiro novamente.

Tomei um banho de 15 minutos e sair... Coloquei o uniforme fiz uma Make leve e deixei meus cabelos soltos. 

Desso até a cozinha indo até a geladeira abrir mesma me deparando com o oceano Só água! Preciso ir no mercado e logo ou irei morrer de fome

Fiz algo rápido para o café nada exagerado,voltei para sala já saciada e coloquei os materiais da escola na minha mochila Peguei meu celular do carregador e meus fones.

Eu estava com bastante tempo, mais ainda assim era difícil. Meus pais morreram num acidente de carro há quatro anos. 

O mesmo tinham indo trabalhar como qualquer dia da semana e então aconteceu... Quando recebi a notícia eu queria morrer "é e sempre será uma dor ensuportável". Não consegui me controlar e quase tirei minha própria. Faz tempo que não tenho com quem conversar não tenho amigos e os poucos que eu tinha se afastaram de mim,sem qualquer motivo que eu tenha dado.

Nesse momento que percebemos quem realmente se importa conosco 

Conto com a ajuda dos meus avós, as vezes ele vem me ver para saber como eu estou? Ou se preciso de algo! Os amos muito e daria minha vida por eles! E por eles que continuo lutando e esperando não cair. Morar sozinha não foi uma opção não quero que as pessoas que eu amo se preocupem comigo, então quando fiz desseis comecei a trabalhar numa cafeteira no centro da cidade, juntei dinheiro e cá estou no meu amado apê.

Faltava apenas algumas semanas para eu me formar no ensino médio,o meu Deus o inferno acaba logo,não queria voltar a estudar tão cedo, gostaria dar uma pausa se possível.

faz um tempo que fiz um cursinho pela internet para estudar fora do país,não e que não goste do meu Brasil mais o novo também pode ser interessante. 

Sair de casa, me certificando que dessa vez não tinha sido desleixada e deixando algo aberto, Desso pelo elevador dou um "OI" ao porteiro que e um senhor de idade muito simpático. E me direcionei ao ponto de ônibus. 

Não ficava muito distantes apenas algumas quadras da minha casa, Vejo que meu ônibus estava preste a sair,e começo a correr até o veículo. Adentro mesmo sem fôlego. Pago e me sento no fundo pego meu celular eos fones e escolho uma música aleatória.

Caminho foi tranquilo,poderia dizer até agradável logo o ônibus para em meu ponto desso e caminho mais um pouco pelas ruas, finalmente havia chagado na escola ou no meu INFERNO contínuo. ( Foto do cap)

Me direcionei até minha sala,que ficava no segundo andar, Coloquei minhas coisas no lugar e sentei,não tenho amigos aqui! Na verdade acho que as pessoas não gostam de me mim ou eu que não gosto das pessoas. Realmente não me encaixo nesse lugar.

A aula passou normalmente e após algumas aulas finalmente fui liberada, Hoje quero descansar antes de sair para o trabalho,como eu disse trabalho numa cafeteira no centro. Não e muitas cansativo mais e exige muito de mim.

Será apenas outro dia comum,assim como amanhã.






Notas Finais


Obrigada por ler,e por ter se interessado,apenas o começo de tudo,estão estamos nos preparando.
Obrigada denovo
🖤🖤🖤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...