1. Spirit Fanfics >
  2. The Age of Jakkalsen Interativa >
  3. Prólogo

História The Age of Jakkalsen Interativa - Capítulo 1


Escrita por: e shoujomagi


Capítulo 1 - Prólogo


Fanfic / Fanfiction The Age of Jakkalsen Interativa - Capítulo 1 - Prólogo

Ciésnina, 12 de Outubro

Finalmente — Viktor dissera ao ouvir de seu servo mais fiel que o rei e a rainha haviam sido assassinados e que agora só restava o jovem príncipe, e como numa perfeita peça de teatro em que era o diretor e o ator principal, caminhou até os aposentos da irmã, fingindo o choro ao ver os corpos desfalecidos e as gargantas cortadas, e o homem que contratara morto pelos soldados do castelo. Contudo, sua felicidade interna fora interrompida ao ouvir Geneviève, a governanta dizer que seu sobrinho havia fugido, não se sabia como e muito menos tinham sequer ideia de para onde teria ido.

Gritos. A única coisa que Lukas ouvira antes de ser arrancado de sua cama e levado de seu castelo trajando apenas suas vestes de dormir junto ao cordão de ouro que nunca tirava do pescoço.

Eles estão mortos —  ela dissera — assassinados a sangue frio e você não pode fazer nada, então apenas corra, corra rápido, idiota, ou terá o mesmo destino.

Instantes antes daquele momento, o mesmo príncipe estava se divertindo com alguns convidados de seu pai, só queria suprir seu desejo carnal como se o mundo fosse acabar a qualquer momento e seus outros quatro companheiros não estavam diferentes de si, cobrindo cada parte do corpo imaculado de marcas com beijos sedentos. Quem passasse naquele corredor, poderia ouvir claramente os sons luxuriosos que saíam por entre os lábios de cada um no cômodo, e Mikhail não se importava, sentia-se ainda mais em puro êxtase só de imaginar os outros ouvindo o que acontecia ali. Era, de fato, um viciado em sensações lascivas,  e sua mente se deliciava profundamente com aquilo.

Ao fim, mandou que seus servos limpassem a cama, indo banhar-se para tirar os fluídos e os vestígios de vinho que derramaram em si, e sob comentários inteiramente sexuais ao criado, fora vestido com as costumeiras vestes de seda e colocado para dormir. Sequer pensando que o último momento em que veria seus pais com vida seria com ambos em seus tronos, sendo venerados e festejados pelos outros nobres dentro do castelo.

Maldito. Pensou, sentindo o choro entalar em sua garganta ao perceber a gravidade do que havia ocorrido. Desde que fugira do castelo, o único momento em que pode parar para raciocinar foi ao chegar na casa da curandeira Zara, que os recebera como se já estivesse esperando por sua vinda. 

Ele precisa de um tempo — ditara a mulher para Alika, enquanto entrava-lhe uma tigela de barro com algo que não conseguia reconhecer, mas que o cheiro parecia ser de algo com louro e salsa. Um tempo, repetiu em sua mente, eu precisava só de um tempo para impedir isso tudo. — vamos garoto, beba, vai te ajudar a... hm... melhor você só beber.

Encarou o líquido verde e pastoso, não tinha uma aparência boa, mas o cheiro era, efetivamente, atrativo. Por um segundo, desejou que tivesse morrido ali mesmo no castelo, em outro, que tivesse sido largado na floresta por Alika e no final, apenas sentiu que deveria ficar vivo e, num gole único, seus pensamentos focaram uma única palavra: vingança.

"I'm taking back the crown
I'm all dressed up and naked
I see what's mine and take it "


Notas Finais


A música do final é Emperor's New Clothes da banda Panic at The Disco, sendo uma das músicas temas da história,
O jornal contendo todas as informações é este: http://fics.me/18685782.
E as reservas estarão sendo realizadas nos comentários.
Obrigada por nos dar esta chance e Boa Sorte.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...