História The Anchor - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bastille
Personagens Chris "Woody" Wood, Daniel "Dan" Smith, Kyle Simmons, Personagens Originais, William Farquarson
Tags Bastille, Comedia, Dan Smith, Romance, The Anchor, Will Farquarson
Visualizações 8
Palavras 1.300
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Comédia, Romance e Novela
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 5 - 5


Fanfic / Fanfiction The Anchor - Capítulo 5 - 5

- Olá! - Dan e Will estavam sentados no meu colchão olhando minha coleção de pôsteres.

- Noiva Cadáver? Sério? - Will.

- Deixa meus pôsteres em paz.

- Antes que pergunte, eu chamei Dan para nos ajudar.

- Sério? Nós dois conseguimos montar isso aqui de boas.

- Não, com o seu painel.

- Meu painel?

- Relaxa, Dan que montou a dele que é de 48'.

- Até hoje ela não caiu. - Dan falou com uma pose confiante.

- Ok. Você devia ao menos ter me avisado que ia trazer o Dan. Alice é louca pela banda, não sei como ela não está nos espionando.

- Relaxa, autografamos um poster dela em troca de silêncio.

- Certo, trouxeram uma furadeira né? Ainda vou comprar a minha.

- Sim.

Tiramos tudo de dentro das caixas e separamos pra não confundirmos nada, o quarto era pequeno demais para os 3 fazerem tudo ao mesmo tempo, então primeiro montamos a cama, assim que terminamos Will se jogou na cama. Eu o chutei pra sair e fui pegar lençol, travesseiro, almofada que estava em outras duas caixas, tinham muitas caixas naquele quarto, nunca me senti tão agoniada com a falta de espaço, botei um lençol branco e um edredom xadrez por cima, coloquei os travesseiros um do lado do outro e botei as almofadas coloridas, Will pulou novamente na cama que por 5 segundos estava a coisa mais linda do mundo, é claro que eu o enchi de tapas para ao menos tirar os sapatos e não sujar meu edredom.

- Onde você quer que fique o painel? - Dan perguntou, me levantei e mostrei a ele, que pegou o painel. - Ok, preciso que pegue um lapis e marque aqui para mim.

- Certo.

- Eu só acho que como forma de pagamento, Lizzie devia pedir uma pizza. - Will.

- Não pagarei sozinha. - Marquei quatro "x" na parede, Dan botou o painel no chão, pegou a furadeira e começou a furar a parede.

- Ok, nós dividimos as pizzas. - Will.

- Beleza. - Tampei os ouvidos, logo ele parou. - Onde aprendeu a fazer isso?

- Meu tio me ensinou.

- Nem sei como te agradecer Dan, vocês devem estar cansados de passar o dia inteiro no estúdio.

- Nada, não me importo.

- Obrigada mesmo assim. - Queria abraça-lo, mas ainda não tinha tanta intimidade assim então apenas dei um sorriso. - Quantas pizzas vamos pedir?

- Duas. - Dan.

- Três. - Eu e Dan olhamos para Will. - O que?

- Vai comprar pra Alice e Dominique também?

- Deveria?

-Acho que sim. - Dan.

- Ok! - Peguei meu celular. - Qual eu ligo?

- Homeslice. - Dan

- E as pizzas, metade Pepperoni e metade Marguerita. 

- Certo. - Will tirou o celular do bolso e parecia já ter o numero da Homeslice salvo nos contatos porque ele ligou em dois segundos e me passou.

Enquanto Dan terminava de instalar o painel e a TV, pedi três pizzas de Marguerita e Pepperoni e uma garrafa de dois litros de Coca-Cola, desliguei o telefone e voltei para o quarto, estava tudo instalado, minha TV linda lá na parede:

- Ai que linda! Nossa, muito obrigada Dan.

- De nada, só precisa conectar no wi-fi.

- Ah só um minuto. - Liguei a TV e conectei ela ao Wi-fi.

- Vamos assistir alguma coisa no netflix?

- Eu não tenho conta na netflix.

- Como assim? O HD+Ultra HD custa 15 libras!

- É que minha internet em casa era muito ruim, nem valia a pena ter netflix.

- Concordo. - Will

- Ok, eu te dou uma conta.

- O que??? Não precisa!!

- Dan, você precisa parar de sair distribuindo conta por aí, tem dias que eu não consigo assistir Unbreakable Kimmy Schmdit porque tem mais dois idiotas assistindo alguma coisa.

- Mais dois idiotas? Eu só dei a conta pra você e Kyle.

- Exatamente. - Dan revirou os olhos. - Parece combinado que meia noite os três vão assistir algo no netflix, só que você e Kyle vão as 00hrs e eu enrolo um pouco escolhendo o que quero assistir.

- Culpa sua que é enrolado demais. - Dan piscou pra mim, comecei a rir. - Eu vou entrar aqui na minha conta e crio pra você.

- Não precisa.

- Eu insisto

- Ok. - Enquanto ele criava uma conta, fui pegar vassoura e pá pra limpar a poeira do chão, após varrer tudo bonitinho, levei a pá com a poeira para a cozinha onde derramei no lixeiro, coloquei tudo de volta na lavanderia e voltei para o quarto. 

- Vamos assistir o que?

- Qualquer coisa menos filme de terror.

- Procura um de terror aí Dan.

- Will!!!!

- Estamos aqui contigo, nenhum monstro vai puxar seu pé enquanto estivermos aqui, depois que sairmos eu não posso garantir.

- Você vai ver só, se for pra assistirmos um filme de terror, você dorme aqui comigo. - Ele revirou os olhos.

- Vamos assistir algum filme de comédia.

- Ah Dan, só olhar pra cara de tarado do Will que é comédia garantida. - Will me deu o dedo.

- Comédia? Você quis dizer terror! - Dan

- Ei, o que são esses ataques de repente? O que eu fiz?

- O que acha de assistirmos "When Harry Met Sally?" - Dan.

- Pode ser. - Dan deu play e nos ajeitamos na minha cama, Will continuou deitado, folgado do jeito que ele é, eu e Dan ficamos sentados, eu encostada na cama e Dan na parede. Logo chegou a pizza, nos pagamos e Will se sentou para comer depois de eu gritar com ele que se ele derrubasse pizza na minha cama ele ia ser castrado.

Depois de um tempo o filme acabou, os caras foram embora, acompanhei os dois até a porta, agradeci Will por ter me ajudado e principalmente Dan, ele montou um fucking painel de graça! Eu teria gastado uns 70 libras contratando um cara pra fazer isso. Sobraram umas 7 fatias de pizza e eu deixei pra Alice, voltei para o quarto e fiz uma pequena dança comemorando que finalmente minha vida estava entrando nos trilhos, agora eu só teria que comprar uma prateleira para pôr os meus livros. Liguei meu computador, me sentei na cama e fiquei com ele no colo enquanto olhava algumas prateleiras no Google e ouvia algumas músicas aleatórias no Spotify. Lá para umas 21hrs eu fui dormir por não ter nada pra fazer, prestem atenção: Eu estou em Londres, onde tem inúmeros lugares para ir e eu decidi ficar em casa e dormir, a que ponto eu cheguei.

Acordei no dia seguinte umas 10 horas, fui tomar café e encontrei Alice sentada sobre o balcão e Dom entre suas pernas, eles estavam se beijando, eu levei um susto porque nem ouvi ele chegando ontem, dei uma pequena tosse chamando a atenção deles, Alice desceu do balcão. Preparei umas torradas, fritei algumas salsichas e ovos, enchi um copo de suco de laranja e me mandei para meu quarto, mandei meu currículo por e-mail para mais alguns jornais, algum teria que me aceitar, não é possível, eu tenho até carta de recomendação do meu antigo patrão! Depois de um tempo recebi um e-mail do Daily Mail, quase derramei suco na cama, abri e eles tinham me chamado para fazer uma entrevista pra daqui a três dias, confirmei que estava livre.

- Alice, Daily Mail me chamou para uma entrevista.

- Sério? Que demais! - Ela me abraçou. - Quando vai ser?

- Daqui a 3 dias.

- Ok, relaxa. Vai dar tudo certo, você é capaz de tudo linda!

- Obrigada. - Sorri para ela e voltei para meu quarto.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...