1. Spirit Fanfics >
  2. The Angel and The Lover >
  3. Despertar

História The Angel and The Lover - Capítulo 12


Escrita por:


Notas do Autor


Mil Anos Mais Tarde..... kkkkk

Capítulo 12 - Despertar


 

Capítulo 12- Despertar

 

-JungKook, se demorares mais um pouquinho somos capazes de fazer-te assistir a última aula! - Hoseok disse irritado.

Yoongi olhou-o de lado e riu. - Ele quer estar bonito no primeiro dia aqui. Deixa o rapaz.

-Acho que não vão ficar com boa impressão dele se ele chegar atrasado, amor. - Hoseok deixou um beijo nos lábios de Yoongi.

A mudança da família Jung tinha sido rápida. Mudaram-se para um apartamento perto do hospital onde Hoseok e Yoongi trabalhariam, e também perto da escola que JungKook passaria a frequentar.

Yoongi teve de deixar de lado o seu sonho. Não teve oportunidade de o realizar depois que JungKook nasceu. As coisas não foram fáceis no início, e logo depois apenas se concentrou em dar uma vida boa a JungKook esquecendo-se de qualquer sonho que tivera. Hoseok era um bom companheiro e um bom marido e isso era suficiente para parte do sonho estar realizada. Era feliz.

-Já cheguei! - JungKook disse ao se sentar à mesa.

Os pais pararam no tempo para o observar e riram em conjunto.

-Uau! - Yoongi disse - Onde vai ser o desfile

-Pai! - JungKook cruzou os braços.

O mais novo tinha mesmo abusado um pouco do perfume. O uniforme escolar bem passado e a gravata perfeitamente colocada deixavam-no bonito.

Yoongi sentiu orgulho do filho. Estava tão crescido. E tinha-se tornado num homem bonito. Os olhos escuros de JungKook pareciam mais escuros e o cabelo preto ainda mais preto. Yoongi tinha conseguido uma obra de arte.

-O que foi? Não posso elogiar? - Yoongi bufou

-Eu sou naturalmente lindo - JungKook disse fazendo Hoseok rir.

-Sim. Já sabemos. - Hoseok disse - Agora despacha-te lá porque eu tenho de te levar à escola e não quero chegar atrasado ao meu primeiro dia!

Yoongi sorriu e deixou que os dois continuassem a conversa desnecessária durante o tempo em que durou o pequeno-almoço. Ninguém diria que não são pai e filho, pois agem de uma forma única. Jungkook parecia ter herdado alguns traço de Hoseok, talvez pela convivência.

-Se eu conseguir tempo, eu passo pela escola para te ir buscar - Yoongi disse - Se não, é bom que te comeces a habituar ao autocarro.

-Pai. - JungKook resmungou. Odiava autocarros. Achava-os sujos e sufocantes, especialmente no verão com todas aquelas pessoas suadas e eww.

Jungkook teve de se conformar com o que lhe foi sugerido. Iria com Hoseok e voltaria de autocarro no pior dos cenários. Depois do pequeno-almoço, lavou os dentes e pegou a mochila.

-Podemos ir. - JungKook disse a Hoseok que já o esperava parado perto da porta.

Despediram-se de Yoongi e logo entraram no carro. Hoseok conduziu com o GPS ligado pois não queria perder-se no primeiro dia. Ainda não conhecia a cidade, então teria de seguir aquele plano por algo tempo.

Hoseok parou o carro em frente do portão e olhou para JungKook. - Fighting! - sorriu

-Boa sorte pai! - JungKook saiu do carro e caminhou para receção, pois foi o que lhe mandaram fazer no e-mail que recebeu..

Um homem de meia idade veio ao encontro de JungKook, entregou-lhe o horário e depois de lhe explicar algumas coisa, encaminhou-o para a sala onde teria a primeira aula.

JungKook esperou que o senhor, provavelmente o responsável pela turma, falasse com a professora que estava na sala, para entrar. Não demorou para ser chamado e apressou o passo para dentro.

-Turma, este é o Jung JungKook. - disse - Ele vai fazer parte da turma a partir de hoje. - sorriu - JungKook, queres apresentar-te?

Jungkook odiava aquela parte. Encarou a turma e fez uma reverência.

-Olá, o meu nome é JungKook. Sou novo na cidade. Espero que possamos dar-nos bem.

A professora olhou para JungKook e negou. A fala dele tinha a enganado, tinha achado de primeira que ele seria um bad boy mas, até a voz era fofa.

-Bom JungKook, podes sentar acolá do lado do YeonJun. - a professora disse e logo o aluno levantou o braço para sinalizar onde era.

Jungkook sorriu e seguiu para o seu lugar. Sentou-se, deixou a mochila de lado e tirou um caderno.

-Oi - sorriu para o tal de YeonJun.

-Hey

A aula continuou e JungKook tentou situar-se. Ele não estava a compreender nada daquilo que estava a acontecer, pois na outra escola, eles não estavam naquela parte da matéria. Jungkook esfregou as bochechas frustrado só querendo que aquilo acabasse.

O sinal tocou e a professora deixou a sala. JungKook encostou na cadeira e suspirou.

-Difícil? - ouviu a voz próxima de si e olhou vendo YeonJun.

-Bastante. Acho que vou precisar de estudar bastante. Ainda não tinha chegado a esta parte do livro. - riu

YeonJun sorriu e concordou. - Eu posso tentar ajudar. Não sou muito bom aluno mas, é melhor que nada, não?

-Obrigado!

 

(...)

O horário de almoço tinha chegado. Jungkook viu toda a turma caminhar para o exterior da sala e suspirou. Sentia-se mesmo mal por não conhecer ninguém.

-Ficas? - YeonJun perguntou

Jungkook encarou-o e antes de responder alguma coisa, decidiu segui-lo. Ele parecia simpático.

-Trouxeste almoço? - YeonJun perguntou

-O meu pai não teve tempo de cozinhar. - respondeu-lhe

-Ok. Podemos ir até à cantina. Eu também não tenho. - YeonJun colocou as mãos no bolso enquanto caminhavam.

O percurso até à cantina da escola não foi longo. Jungkook e o novo amigo ficaram na fila poucos minutos, e logo depois procuraram uma mesa para se sentar. JungKook ainda encarava o prato com uma espécie de arroz pegajoso de cenoura. Teria de lembrar o pai que precisava mesmo de trazer almoço, nem que fosse uma simples sandes.

JungKook encarou o “amigo” e riu ao vê-lo fazer uma careta para a comida.

-É sempre assim? - perguntou-lhe

YeonJun negou e suspirou - Nem sempre mas, foi logo hoje que eu me esqueci da sandes, no carro do meu pai, e que tu não tinhas almoço..- riu.

Jungkook fez um esforço para comer a sopa e a fruta pelo menos. Não queria ter a barriga a fazer barulho o dia todo. Já YeonJun apenas movia a comida no prato de um lado para o outro.

-De onde vieste? - Yeonjun perguntou

-GwangJu.

-Ohhh - riu e concordou - Tenho família lá. Eu nasci aqui -

O raciocínio de Yeonjun foi interrompido quando dois rapazes se sentaram na mesa deles. JungKook levantou o rosto e observou os dois rapazes. Estava bem confuso. Prestou atenção ao moreno e entrou em pane. Nunca esqueceria aqueles olhos escuros e aquele sorriso.

-Aish! - Yeonjun bufou frustrado

-Quem é esse? - o rapaz loiro perguntou a Yeonjun que logo revirou os olhos e abanou a cabeça.

-JungKook. - YeonJun começou - JungKook, este é o meu irmão mal educado, o Beomgyu. - encolheu os ombros - E o namorado dele, o Jimin.

JungKook limpou a garganta e sorriu um pouco. - Prazer... - disse a Beomgyu e logo olhou para Jimin novamente.

JungKook sentiu o interior revirar. Não estava enganado, com certeza era aquele Jimin. O Jimin que lhe contava histórias. Estava diferente como é óbvio mas, nunca se iria esquecer daquela expressão ou do sorriso bonito.

Jimin remexeu-se na cadeira, muito pouco confortável. Com certeza aquilo era apenas um delírio da sua cabeça. Respirou fundo e negou o seu sentimento. Encarou Beomgyu e tocou-lhe o rosto.

-Eu tenho de ir à biblioteca. Vemo-nos depois. - Jimin disse e deixou um selinho nos lábios do outro antes de se levantar e sair dali. Precisava de se acalmar. Precisava de pensar no namorado. Que raio de pensamentos eram aqueles que vinham do nada?

Jimin saiu deixando JungKook completamente eufórico. Era ele. Estava ali e ele precisava saber o porquê de Jimin não ter cumprido a promessa. Precisava descobrir a razão pela qual sofreu daquela forma quando o outro só desapareceu sem dizer nada.

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...