História The annoying boy I even like - Taekook - Capítulo 21


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Blackpink
Personagens Jennie, Jeon Jungkook (Jungkook), Jisoo, Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Lisa, Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Rosé
Tags Taehyung!bottom, Taekook, Vkook
Visualizações 120
Palavras 2.418
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Fluffy, Hentai, Lemon, LGBT, Literatura Feminina, Romance e Novela, Universo Alternativo, Violência, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Gravidez Masculina (MPreg), Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Eai, meu povo, tudo ok? Beleza. Sorry por ter sumido, é q sou louca e esqueci de atualizar aqui kkk

Boa leitura para vocêss 💜

Capítulo 21 - Capítulo Vinte e Um


... 


- Eu acho que... Você... - Me olhou - Deve estar com algum problema né, porque pra escrever meu nome na mesa... Vai fazer macumba? - Falou rindo enquanto devolvia um olhar desacreditado. 

- Nossa, deixa de ser retardado....E primeiramente, macumba é um instrumento musical. Vai se informar antes de falar...

- Agora você pareceu decepcionado, esperou que eu dissese o que? Que  eu achava que você tinha começado a gostar de mim? 

- Tchau Jeon - Sai de perto dele e comecei a andar na direção oposta.

Eu ainda nem acredito que sou tão idiota para achar que ele ia dizer algo sério...Aiai...

Caminhei até o pátio, sentei em um dos bancos e observei um pessoal que estava formando um "bolo" de gente.

Por extinto, levantei rápido e fui ver o que estava acontecendo. Cheguei perto de um dos garotos que estavam ali e perguntei sobre.

- É... Oi, você pode me dizer o que tá acontecendo?

- É que um muleque' tá brigando ali com outro - Deu risada - Vem ver, eu te dou espaço.

- Não obrigado, eu nã-

Foi tarde demais, o menino veio e me puxou pelo braço, me colocando ao lado dele e me dando visão para a pancadaria. Havia dois garotos, um deles estava em cima do outro, socando seu rosto.

- Caramba... Você sabem por que eles estão brigando?

- Sei lá, mas eles começaram agora.

- Não tem ninguém pra separar não?

- Quem disse que tem que separar? Tá muito legal assistir. Fica aí e observe cada soco na cara. 

- Tá bom né... Mas isso é super estranho para assistir...

- É daora... Nossa, cadê o Jungkook pra ver isso em?

- Quem é Jungkook? - Perguntei, querendo confirmar se realmente era o Jungkook que eu estava pensando.

- Um amigo meu. Jeon Jungkook o nome dele. Vou mandar mensagem para ele, ele realmente precisa ver isso! 

- Ata... Vish, esqueci meu celular na minha sala, que pena! Tenho que ir lá ver, tchau! 

 Sai do meio da "multidão" e fui caminhando rápido em direção a escada para as salas, mas assim que percebi que o garoto que falava comigo tirou sua atenção em mim, mudei de caminho e fui para a cantina. 

Lá, comprei um lanche e comi calmamente. 

Na hora do sinal, como qualquer aluno normal, subi para a minha sala e sentei no meu lugar. O professor logo chegou e entrou na sala...


ᴘᴏɴᴛᴏ ᴅᴇ ᴠɪsᴛᴀ ᴅᴏ ᴊᴜɴɢᴋᴏᴏᴋ


 - Como assim teve uma briga? - Perguntei curioso para Yoongi, enquanto nós dois subiamos a escada. 

- Tendo ué, Jungkook. Eu te mandei mensagem para você ir ver, mas você não viu. Foi legal, rolou mó pancadaria - Deu risada - E aliás, até bati um papo rápido com um menino que eu conheci lá. 

- Lá? - Voltei a realidade, já que estava pensando em algumas coisas - Aonde? 

- Nossa, Jungkook... Aonde? Claro que foi na multidão em volta de briga né - Respondeu meio grosso. 

- Ata... E você perguntou o nome dele? 

- É... Não - Deu risada - Mas sei lá, é só um garoto aleatório. 

- Ah, beleza.

- Vamos, nossa sala já está ali.

Terminei de subir as escadas e entrei na minha sala, logo ficando aliviado de ver que o professor não chegou ainda.

Sentei no meu lugar e Yoongi no dele, e logo já abrimos nosso caderno.


- Ô porra... Yoongi, peguei a merda do caderno errado! 

- Caramba, Jungkook - Falou em quanto abria seu caderno - Você é muito bur-

- O que? - Perguntei, já que ele parou de falar logo após abrir o caderno. 

- Peguei o caderno errado também... 

- E ainda quer falar de mim esse filho da puta... 


 ᴘᴏɴᴛᴏ ᴅᴇ ᴠɪsᴛᴀ ᴅᴏ ᴛᴀᴇʜʏᴜɴɢ 


Estava fazendo a lição que o professor passou direitinho e terminei rápido, já que, se você termina todos seus afazeres nessa faculdade, você pode mexer no celular. Peguei meu celular e assim que o segurei, lembra que ele estava com carga baixa. 10% para ser expecifico. 

Revirei a mochila inteira atrás do carregador e não achei, já que provavelmente eu devia ter deixado ele em casa. 

Olhei para os lados rápido e vi uma garota mexendo em seu celular. 

- É... Oi... Você... Trouxe seu carregador? - A menina acentiu - Você poderia... Emprestá-lo para mim? Por favor, o meu celular está com pouquíssimo de bateria. 

-... - Ela ficou me encarando -... Posso! Tome! - Me entregou o carregador juntamente com um fio para conectá-lo. 

- Seria inconveniente eu perguntar o por que de você ter ficado me... Encarando? 

- Não seria não. Bem, é que sempre que alguém estranho fala comigo, eu gosto de olhar no fundo dos olhos da pessoa. É que eu consigo perceber se ela não tem intenções boas - Sorriu. 

- Entendi... 

- Ah, e eu vi que você tem intenções muito envergonhadas viu - Disse em um tom de brincadeira e sorriu de novo - Pode ficar tranquilo. Meu nome é Jisoo, e o seu? 

- Taehyung. 

- Bonito nome... Mas o que significa? 

- Eu não sei - Dei risada, e ela me encarou séria. 

- Como assim você não sabe? Você deveria saber. O significado do nosso nome é importante. Vai que o seu significa algo ruim? Em? 

Ai, fui pedir um carregador justo para essa menina meio estranha... Qual o seu problema, Kim Taehyung? 

- Acho que não significaria algo ruim... Minha mãe escolheu por causa de um amigo muito importante. 

- E dai? Vai procurar do mesmo jeito, e depois me conta. Toma o carregador e o fio - Me entregou. 

- Por que você quer tanto saber? 

- Porque eu quero saber ué. 

- Tá... Bom.

Peguei meu celular e conectei no fio junto ao carregador. Coloquei na tomada que havia atrás de mim e o deixei em cima da minha mochila, já que a coloquei no chão para que ninguém pisasse. 

- Por enquanto não tenho nada a fazer... - Pensei alto. 

- Você pode conversar comigo, Taeyang! - Respondeu ao meu pensamento animada, me dando um leve susto. 

- Taeyang? 

- Ué, esse não é seu nome? 

Além de estranha, é esquecida... Mas bem, não posso falar nada né... Do jeito que sou, seria pior que ela. 

- Não, é Taehyung - Sorri. 

- Ata, me desculpe!

- Sem problemas... 

- Você quer conversar sobre o que? - Perguntou. 

- Ah, não sei. Sobre o que você quer conversar? 

- Sei lá. S-

- Ei, vocês! Estão falando muito alto aí atrás! Não me façam passar mais lição ou tirar vocês da sala, vocês não são nenhum ensino fundamental.

- Me desculpe professor. - Falei. 

- Vai te catar! 

Dei uma pequena risada, mas fiquei sério quando percebi que quem falou aquilo era Jisoo. 

- O que, senhorita Kim? 

- Você é surdo por acaso? Não ouviu o que eu disse? Ah, se não ouviu digo mais alto. Vai te catar! 

- Já chega, vocês dois para fora! 

Os... Dois???

- Tá bom então... Vem, Taehyung, vamos! - Se levantou da cadeira e estendeu a mão para mim. 

- Não, não. Professor, eu não fiz n-

- Fora, vamos! Agora! 

- Vem, Taehyung - Me puxou da cadeira e eu levantei. 

Caminhamos até a porta e Jisoo a abriu. Saímos de lá e fechamos a porta. 

- Aí meu Deus! O meu celular! - Voltei para trás para abrir a porta, mas Jisoo me segurou - O que? 

- Uma vez que sai da sala, fica fora. Não dá para voltar mais. 

- E se, sei lá, pegarem meu celular? 

- Não vão pegar não, Taehyung. Deixa de ser maluco. Vem, vamos zoar por essa faculdade de merda! 

- Ei, fala baixo. 

- FACULDADE DE MERDA! - Gritou e me olhou sorrindo. 

- Você não tem jeito... 



ᴘᴏɴᴛᴏ ᴅᴇ ᴠɪsᴛᴀ ᴅᴏ ᴊᴜɴɢᴋᴏᴏᴋ



Aula chata, sim!...


- E então, depois de toda a minha explicação, vocês escreveram pelo menos os pontos mais importantes, não? Pois espero que sim, já que agora quero que vocês façam um pequeno artigo de opinião sobre o que eu expliquei no caderno. - O professor disse, já apagando desenhos que ele tinha feito para explicar - E não esqueçam de colocar o porquê de não concordar ou concordar. Quero fazer um debate entre vocês, mas por enquanto vocês não precisam se preocupar com isso, apenas com o artigo mesmo. Boa sorte na escrita! - Sentou em seu lugar. 


- Filho da puta... - Ouvi Yoongi dizer. 


- Né mano. Pra que? Só pra que... Queria saber - Falei num tom mais elevado. 


- Para vocês entenderem a matéria e no futuro serem arquitetos de muito sucesso, Jeon Jungkook. - Virei para o professor e percebi que o mesmo estava me encarando - se tiver algum problema com isso, você poderia trancar a faculdade. 

- Não, professor, não tenho problema nenhum. Me desculpe. 

- Tudo bem, mas vá fazer a sua lição. Você já tem atividades acumuladas demais. 

- Tá, vou começar agora... 

Virei para Yoongi e o vi apenas rindo. 

- Levou uma baita de uma bronca do professor, Jungkook - Continuou a rir. 

- Isso, ri da minha desgraça mesmo, arrombado - Olhei irritado para Yoongi, que apenas continuou a rir - Aí, 'bora fazer a lição vai. 

- Beleza... 


Quebra de tempo O:-)



- E então, jovens, todos já terminaram seus artigos? Já faltam dez minutos para acabar a aula. Vou passar vistando os artigos. 


- E aí - Falei olhando para Yoongi, que me devolvia um olhar cansado - Conseguiu? 

- Eu escrevi isso - Me entregou a folha solta e encarou o outro lado da sala. 

Abaixei meu olhar para a folha e comecei a ler. Estava escrito o seguinte:


'O tempo foi muito bom para a arte, e agora para as aulas de arquitetura' 


- Só isso? 

- Eu não prestei atenção na aula, o caralho, como que eu vou escrever? 

- Sei lá, inventava alguma coisa idiota. Agora você se fudeu - Dei risada - O professor vai ler isso e vai ficar puto, tu sabe. 

- Sei... Agora me dá o seu, vai. - Dei minha folha a ele. 

- Caralho... Como que você, Jeon Jungkook, conseguiu escrever tudo isso aqui? 

- Lembrei de umas coisas aí que o professor passou. 

- Sorte viu, sorte... 

- Alunos, não vai dar tempo de ver o de todos, então vou deixar para a próxima aula. Podem guardando seus materias que já vai dar a hora da aula livre de vocês. - Falou o professor, voltando para a sua mesa e indo arrumar suas coisas. 

- Finalmente, não aguentava mais. 

- Também não... 

Coloquei meus cadernos e estojo normalmente na mochila e a fechei. Levantei do meu lugar e assim que o professor saiu da sala, vi todo mundo correr para a porta. 

- Tu vai querer entrar no meio? 

- Se eu quiser morrer um dia, eu entro. 

Esperamos todos sair da sala e então eu e Yoongi caminhamos até a porta. 

- Falou, Jk. Vou falar com os meninos. Eles falaram em arrumar um rolê hoje a noite, e como você deve saber, eu quero ir. 

- Tá beleza. Falou!

Tá, Yoongi foi para outro lado. Vou ir na sala do Taehyung, pra ver o que ele tá fazendo né. Sempre é bom. E aliás, aquela resposta que dei pra ele foi legalzinha, mas não tão boa. Queria ver a reação dele se eu dissese que achei que ele tinha começado a gostar de mim... 

Segui para a sala de Taehyung e abri a porta; a sala estava vazia, mas eu fui no lugar do Taehyung, pois tinha algo ali atrás da sua cadeira que fazia luz. Olhei e vi que era um celular carregando... Espera... Será que é o do Taehyung...? 

Dei dois toques na tela. A mesma acendeu e percebi logo uma notificação ali. 


"jiminie ♡: 6 novas mensagens" 


Olhei para trás rápido, checando que realmente não tinha ninguém atrás de mim. 

Eu estava com muita curiosidade e decidi que iria olhar as mensagens. Estou sendo intrometido, estou, mas tô muito curioso para deixar essa oportunidade passar. 

Peguei o celular em minhas mãos e desbloqueei a tela; Sim, não tinha senha, o que me fez ficar muito feliz. Cliquei na notificação e logo abriu a conversa. 


Jiminie ♡

Éh... Oi, Tae. 

Eu sei que sou meio idiota mandando isso, mas eu percebi que ficou um clima muito ruim quando eu te contei aquilo

Sim,eu sei que você deve estar confuso com tudo, eu também estou muito e muito.

Você deve estar na faculdade agora, não? Então, na hora da saída, já que terminamos a faculdade na mesma hora, podemos nos encontrar na portão da sua?

Assim vamos para algum lugar conversar, não sei, mas para deixarmos o clima melhor entre nós dois. 

Quando poder me responde se você quer ou não. Até lá, Tae. 


Mas que retardado... Se declarou para o Taehyung e quer "deixar o clima melhor... Ai ai... Quer saber? Eu vou responder ele agora. 



Eu

Não vou se encontrar com você, e nem me espere no portão. Vai fazer algo que preste e não me encher o saco. ✓


Ok, acho que tá bom... Mas tô sentindo que fiz merda, vai que o Taehyung abre a conversa e vê que ele não digitou aquilo? Ah, mas ele nem vai saber que sou eu mesmo, foda-se, e além do mais, aquele garoto merecia.

Fechei o WhatsApp e apaguei a tela do celular, deixando ele como eu o encontrei. Olhei para trás e não tinha ninguém, então sai da sala e fui atrás de alguns amigos tranquilamente... 



 ᴘᴏɴᴛᴏ ᴅᴇ ᴠɪsᴛᴀ ᴅᴏ ᴛᴀᴇʜʏᴜɴɢ 



Estava esperando Jisoo voltar da sala para ir pegar meu celular. Eu mesmo continuava encostado na parede que tinha perto de algumas salas anteriores a minha. 

Ficamos o tempo inteiro de aula trancados em um banheiro vendo alguns vídeos e zoando pelo celular da Jisoo, já que se ficássemos andando, alguns funcionários da faculdade iam ver e desconfiar.

Logo, vi Jisoo voltando rapidamente com meu celular em suas mãos.

- Taehyung! - Chegou perto de mim - Olha seu celular aí, vê se tudo tá certo, rápido! - Me entregou. 

- Por que? O que aconteceu? - Perguntei assustado. 

- Eu tava indo pra sala lá e tinha um garoto mexendo no seu celular. Parece que ele tava digitando algo no WhatsApp. Vê aí, vai! 



"Logo, veio na cabeça a única pessoa que conheço que poderia ter pego meu celular... Jeon Jungkook" 

















Notas Finais


Jungkook mexendo nas coisas dos outros... Que feio kk


Até o próximo capítulo, anjos <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...