1. Spirit Fanfics >
  2. The Auction - Kim Taehyung >
  3. Chapter: Nive

História The Auction - Kim Taehyung - Capítulo 9


Escrita por:


Notas do Autor


Oie, meus anjos 👼😇

Desculpa a demora pra postar e que minhas aulas voltaram e tá sendo uma correria danada, então me perdoe pela demora

Boa leitura 💖

Capítulo 9 - Chapter: Nive


Fanfic / Fanfiction The Auction - Kim Taehyung - Capítulo 9 - Chapter: Nive

Eu não posso assistir isso ... Isso é um pesadelo. Clico para reproduzir o vídeo que Cornelius me enviou, minhas mãos tremendo


Eu me vejo deitada na cama, completamente nua, enquanto meu ex está se movendo em cima de mim  


- Como Cornelius conseguiu isso ?! - suspiro - Eu poderia jurar que Jimin disse que deletou


Por mais que eu queira fechar meu laptop e jogá-lo pela janela mais próxima, reli o e-mail de Cornelius com os olhos marejados. E, no final, vejo um número de telefone  o de Cornelius. Meu estômago se revira quando fecho meus olhos, tentando manter a calma


Mas me sinto com tanto nojo, posso imaginar como ele saiu assistindo meu vídeo


Mensagem On 


Cornelius: Essa é minha pequena estrela pornô


 Cornelius: ___, você gostou de assistir aquele vídeo tanto quanto eu?!


Cornelius Pena que tudo que eu pude fazer foi assistir


 Cornelius: As coisas que você fez naquele vídeo me deixaram tão excitado


___: Isso deveria ser excluído. Como você conseguiu isso? 


 Cornelius: Oh, querida. Eu te disse, tenho muitos ases na manga


 Cornelius: Um deles inclui acessar registros policiais antigos de certos ex-namorados


 Cornelius: Eu não queria ter que usar a fita contra você 


Cornelius: Mas você realmente não me deu escolha.  


___: O que você vai fazer com isso? 


 Cornelius: Nada. A menos que você se recuse a sair comigo


___: Então, você está me chantageando.


Cornélios: Isso é um acordo, apago o vídeo e, em troca, você sai comigo.  Agora, isso não parece tão ruim, não é?


___: Você é um nojento, eu vou te denunciar


Cornélios: Você pode querer falar com o chefe de polícia, Adam ele o mesmo homem com quem jogo golfe todas as sextas-feiras, é muito simples


Cornélios: Tudo que eu quero é o que você fique longe de Kim Taehyung


Mensagem Off


Eu jogo meu telefone no sofá e solto um grito de raiva


- Eu não posso deixar ele arruinar minha vida!


Depois de respirar fundo algumas vezes, ligo para Luna e peço que ela venha. Quando ela chega aqui, eu já comecei a soluçar intensamente


- Ah não!  O que foi amor?


- Jimin - falo já chorando


- Oh ... seu primeiro namorado, aquele de quem você nunca gosta de falar? Oque aconteceu?


- Ele era um mentiroso manipulador, sempre conseguindo me obrigar a fazer coisas que eu não queria. Um dia, ele me pediu para gravar enquanto - eu respiro fundo, Luna segura minha mão - Enquanto fazíamos sexo. Ele continuou me dizendo que, se eu recusasse, não o amava ou confiava nele o suficiente. Acabei dizendo que sim, embora não me sentisse confortável fazendo isso


- Aquele desgraçado - ela me abraça - É por isso que você estava chorando? Ele ligou para você ou algo assim?


- Pior! Ele deu o vídeo ao Cornelius, que está me chantageando para que eu saia com ele


- Vou chutar a bunda velha dele daqui até a África na próxima vez que o vir!


- Não sei como consertar isso, Luna, e estou pirando - eu bufo - Jimin me disse que deletou depois que terminamos. Eu fui ingênua e estúpida


- O que está feito está feito, querida. - ela passa a a mão no meus ombros


- Eu sabia que ele não iria deletar o vídeo.  Eu simplesmente sabia disso.- eu suspiro - Mas eu confie em suas palavras


- S/N, o amor faz nós ficarmos cegos para quase tudo em nossas volta - Luna sorri - Você era apenas uma garota apaixonada


- Sim, acho que você está certo. Não posso acreditar que alguma vez pensei que ele era o cara certo para mim. E agora não tenho escolha


- Você está louca? Eu me recuso a deixar você sair com aquela aberração


- O que eu faço então? - eu cruzo os braços - Esperar até que meu vídeo de sexo vaze para todos os cantos da internet?


- Encontraremos uma solução - ela me abraça - Eu prometo, não vamos deixar aquele nojento impune 


- Obrigado.  Não sei o que faria sem você.


Sentindo-me um pouco mais calma após a visita de Luna, lembro-me de minha entrevista amanhã


- Mas, primeiro, eu só preciso tirar a entrevista do caminho - falo num suspiro


- O que?! Uma entrevista? - Luna levanta a sombrancelha


- Oh, eu acho que nunca tive tempo de te dizer  


- Então me conta! - Luna fala seria mas logo da risada

- Agora que terminei contrato Olivia, Taehyung me ofereceu um trabalho como recepcionista dele


- Essas são boas notícias! - Luna sorri - Então tá tarde eu vou dormir aqui 


- Ok - sorrio - Vai querer dormir comigo ou no sofá?


[...]


Eu acordo na manhã seguinte, de alguma forma me sentindo pior do que na noite anterior. Mas então Luna irrompe, tendo entrado no quarto, e começa a sacudir os braços


- Vamos S/N? - eu gemo e rolo.


- Eu não quero sair da cama - resgungo 


- Amor, você tem  entrevista com Taehyung hoje. - ela me puxa - Você não pode deixar esse negócio atrapalhar a obtenção desse emprego.


Eu me levanto e vejo Luna vasculhar meu armário, procurando por uma roupa de aparência profissional.


- Talvez você não queira chamar muita atenção para si mesmo. - Luna olha pra mim - Cadê as roupas sexy


- Luna eu vou para uma entrevista de emprego não um show de estripper 


- Então - ela pega minha mão - Que tal essa te deixa poderosa?


[...]


- Srt. ____, que bom você!  - Taehyung fala em um tom sério, eu aceno, olhando ao redor para o luxo dos escritórios.


- Então, este é o Kim Enterprises. - eu sussuro só pra mim ouvir, ele me conduz por corredores com vidros brilhantes e o profissionalismo entre nós me impressiona


Taehyung para em frente a uma porta e me mostra dentro de uma sala de reuniões escura, rica e privada.


- Sente-se e começaremos a entrevista.


- Oque ele tem?!


Gesticulo para um jovem que, de repente, percebo que está sentado no canto da sala.


- É apenas um estagiário que está me seguindo. Ele participará da entrevista.


- Você está me entrevistando pessoalmente? - fazendo uma cara de surpresa, levanto uma sombrancelha


- Sim.  Isso é um problema? - eu nego e diversas vezes, e consigo ver no canto do lábio Taehyung tentado segurar um sorriso, mas então ele me olha sério - Eu faço todas as entrevistas, minha empresa, meus funcionários


Achei que a entrevista seria apenas uma formalidade, mas agora acho que me fará trabalhar para isso.  A entrevista começa tão profissional quanto parece


- Então,____ qual você acha que é o seu melhor ativo? O que você pode trazer para minha empresa?


- Eu não seria quem eu sou sem meus valores ... incluindo lealdade e humildade - sorrio - E é importante para mim aplicar esses valores na minha vida pessoal e profissional.


Eu pego o olhar de Taehyung sobre mim, e ele inclina a cabeça levemente como se processasse a insinuação ... mas ele segue em frente para fazer a próxima pergunta.


A entrevista dura pouco mais de uma hora, e Taehyung age como se nunca tivéssemos nos encontrado antes, demonstrando seu profissionalismo impecável.  Eu jogo junto. Termino de responder a mais uma pergunta e Taehyung parece satisfeito.


- Antes de contratá-la, quero saber se você entende perfeitamente o que eu espero de você. Eu disse que as funções não são como você já teve em um emprego antes - embaixo da mesa, a mão de Taehyung começa a subir pela minha coxa - E para fazer o trabalho, você precisa saber como seguir ordens.


Minha pele começa a formigar sob seu toque, e a compreensão do que ele está planejando me deixa agarrada a cada movimento seu.


Ele está me contratando para transar?Para poder continuar me dominando?


- Portanto, tenho apenas mais algumas perguntas para você - fazendo uma pausa, ele se vira para o estagiário - Você não precisa ficar aqui para o resto disso. Tenho certeza de que existem outras coisas que você pode fazer que são mais produtivas.


Eu vejo o estagiário, sem dizer uma palavra, recolher seus papéis e sair correndo da sala.


- Então, como você está sob pressão? - Taehyung aperta minha coxa. Eu tremo e tento manter uma respiração estável.


- Se a pressão for aplicada da maneira certa, eu adoro - eu pisco pro mesmo, Taehyung ainda está me tocando e começa a acariciar os meus dedos.


- Amor, o trabalho é seu ... contanto que você passe no último teste - eu levanto uma sombrancelha e Taehyung da risada - O trabalho já era seu em qualquer caso, mas ficaria muito mais feliz sabendo que estou contratando uma funcionária leal, e que obedece minhas ordens.


- Eu quero passar no seu teste - dou risada - O que você quer?


- Quero ter certeza de que posso confiar em você. Portanto, este teste é composto por um conjunto final de questões que são mais reveladoras por natureza - uma mão de Taehyung está circulando minha coxa - É minha responsabilidade garantir que todos saibam e se sintam confortáveis ​​com suas funções.


- Uhm! Continue


- Mas muitas vezes acontece que  indiscrições acontecem no escritório - eu gesticulo para o mesmo continuar - Digamos que alguém não consegue tirar as mãos de você. O que você faria em um ambiente de trabalho hostil?


- Eu iria direto para meu chefe. - digo séria e o mesmo sorri 


- Você percebe que seria eu - eu dou risada e concordo - Bem, a resposta não está errada, mas você ouviria tudo o que eu digo?


- É claro! Afinal, você é o chefe - sorrio - Mas isso não quer disser que vou sempre concordar 


Taehyung faz uma pausa para se ajustar em seu assento.


-  Agora,as coisas privadas em seu passado que eu tenho que ser esclarecidas - eu engulo seco, ele não pode saber sobre o vídeo de sexo ?! - Coisas que me permitirão saber como desenvolver o relacionamento apropriado com você.


- Terei todo o gosto em responder a quaisquer questões sobre o meu comportamento e desempenho. - tento me manter firme


- Você já dormiu com alguém para progredir? - Taehyung sorri mas fala num tom superior, que me deixa arrepiada


- Vamos apenas dizer ... Estou disposto a fazer o que me é pedido. Estou sob você por uma razão. - Taehyung olha rapidamente para mim.


- Você faria bem em se lembrar disso. - Taehyung se inclina e rosna - Você já teve a fantasia de transar com seu chefe?


- Não, não tenho... Ainda não - sorrio e mordo meu lábio lábios - Eu nunca tive um chefe tão atraente, charmoso e gostoso - eu me inclino pra mais perto - Que me deixasse de pernas bambas apenas com um olhar


- Quieta - o tom de Taehyung me avisa de brincadeira que estou sendo muito ansiosa - Esse tipo de linguagem não é tolerado por funcionários.


-  "Funcionários"? - sorrio e me sento direto na cadeira, taehu me olha supreso por ter me afastando de repente - Então, eu tenho o trabalho?


Ele de repente fica sério, muito sério.


- Eu já disse que sim .. Mas o que eu quero saber é se você concorda ou não com o que acabamos de discutir ser parte de sua função aqui.


Taehyung se levanta e eu o sigo com o olhar


- Sim 


As palavras mal saem da minha boca quando Taehyung me levanta da cadeira, me prensa na parede colocando minhas mãos a acima da minha cabeça. 


- Se alguém entrar?! - eu olho pra porta e Taehyung pega no meu rosto 


- Você sabe que eu mando em  todo esse lugar, certo? Eles não ousariam contar oque viram 


Eu sinto seu membro duro contra meu íntimo, enquanto sua mão levanta habilmente minha saia e abaixa minha calcinha ele coloca um dedo 


Meu coração começa a acelerar, enquanto seus dedos brincam com meu íntimo, e isso está me deixando muito excitada, então ele me beija


Ele está me balançando vigorosamente contra a parede, e as batidas estão ficando mais altas e mais fortes.


Tento não gemer, mas não consigo mais me conter quando Taehyung coloca mas um dedo e seu dedo está no meu clitóris


- Taehyung - ele me olha, então eu aproveito essa pequena desgraça do mesmo e o emburro para a cadeira mas próxima - Eu quero você senhor Kim


Eu me sento em seu colo e minha mão vão para o cós da sua calça ele na ajuda abaixar junto com sua cueca 


- Vem amor, senta em mim 


[...]


- Estou tão animada que vou trabalhar para você. - Taehyung me beija 


Saindo da sala da diretoria, Taehyung me leva até minha mesa. Depois que ele repassa minha lista de funções e quais são as expectativas de mim, eu oficialmente começo meu primeiro dia na Kim Enterprises.


Três longas horas atendendo o telefone se passam e eu decido fazer uma pausa. A caminho da sala de descanso, quando viro uma corredor, bato em um homem mais velho que está falando ao telefone.


- Veja para onde você está indo! - ele diz irritado


- Eu sinto muito - falo nervosa -  Acabei de começar a trabalhar aqui


- Você disse que começou a trabalhar aqui - eu concordo ele me olha olha dá cabeça aos pés - Você deve ser _____ então.


- S-sim - eu me xingo por não conseguir falar firme e acabar gaguejando - Nós conhecemos por acaso?


- Não, mas eu sei quem você é - ele me olha vim nojo - Meu filho deve ter enlouquecido quando decidiu dar um emprego ao sua amante na empresa!




Notas Finais


AAAA, O WUE COMENTAR SOBRE ESSE CAPÍTULO? DEUS QUANTA COISA E TADINHA ___

⚠️ Desculpem os erros ortográficos ⚠️


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...